Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/19792
Tipo do documento: Dissertação
Título: Motivação e desempenho acadêmico entre alunos do primeiro ciclo de educação de jovens e adultos
Autor: Nepomuceno, Marcia de Souza Leite
Primeiro orientador: Paula, Cristiane Silvestre de
Primeiro membro da banca: Capovilla, Alessandra Gotuzo Seabra
Segundo membro da banca: Dias, Natália Martins
Resumo: O tema da motivação para a aprendizagem tem recebido grande notoriedade entre os estudos acadêmicos recentes. Entretanto, são praticamente inexistentes pesquisas sobre motivação na população de alunos da Educação de Jovens e Adultos. Nesta perspectiva, este estudo apresentou três objetivos: 1- Descrever o perfil escolar e de motivação dos estudantes da escola AEJA Mackenzie, 2- Verificar se o histórico e o perfil escolar atual desses alunos têm associação com seu desempenho acadêmico, e 3 - Verificar se a motivação para o estudo dos alunos do EJA tem relação com seu desempenho acadêmico, este último considerado para a pesquisa como fator de maior relevância. Por meio de uma abordagem que segue o desenho de estudo transversal descritivo quantitativo, avaliamos 87 alunos dos Ensinos Fundamental I e II da Escola AEJA Mackenzie de Educação de Jovens e Adultos. Como instrumentos de coleta de dados utilizou-se quatro questionários estruturados: (1) a Escala de Avaliação da Motivação para Aprender para Universitários (EMA-U) com a função de caracterizar o tipo de motivação dos estudantes da EJA diante da aprendizagem; (2) Questionário Social com dados sobre o perfil socioeconômico e questões ligadas à experiência escolar pregressa e atual dos alunos do EJA; (3) A 3ª versão da Escala Wechsler Abreviada de Inteligência (WASI III) para medida do quociente de inteligência; e (4) Dados fornecidos pelo AEJA Mackenzie sobre desempenho acadêmico e evasão. Os resultados, revelam que os motivos para abandonar a escola não estão relacionados à falta de interesse nos estudos, visto que 64,4% deixaram de estudar por necessidade de trabalhar. Quanto aos motivos para retomar os estudos na EJA, houve o predomínio da categoria “desejo em aprender a ler e escrever” apresentando o resultado 47,1% dos entrevistados. Dois aspectos avaliados referente ao histórico escolar na infância se mostraram associados ao melhor desempenho acadêmico atual dos adultos do EJA: ter aprendido a ler e escrever quando criança (RC: 3,57; IC 95%: 1,47 – 8,68) e ter pais que haviam incentivado os estudos durante a infância (RC: 3,24; IC 95%:1,33 -7,90). A hipótese principal do estudo não foi comprovada, pois não foram observadas associações estatisticamente significantes entre a motivação como consequência do desempenho acadêmico (computado em 2016; p=0,79) nem como preditor deste desempenho (analisado em 2017; p=0,37). Algumas limitações surgiram na realização desta pesquisa, o que pode ter comprometido os resultados, quais sejam: o pequeno tamanho da amostra, pouco tempo de procedimento na coleta e aplicação dos instrumentos e utilização da Escala EMA-U pela 1ª vez com público da EJA. Espera-se que o presente trabalho inspire novas investigações com a recomendação de que as novas pesquisas sejam conduzidas em amostras mais extensas a fim de mensurar resultados para uma maior compreensão dos efeitos da motivação sobre o desempenho acadêmico na EJA.
Abstract: The motivation proposition for learning has received great notoriety in several academic studies in the last years. On the other hand, there is practically no research on motivation in the population of youth and adult education students. In this perspective, this study presented three objectives: 1 - To describe the school and motivation profile of the AEJA Mackenzie School students, 2 - To verify if the history and the current school profile of these students have association with their academic performance, and 3 - To verify if the motivation for the study of EJA students is related to their academic performance. For the research, this last item is considered as a factor of greater relevance. Through an approach that follows the design of a quantitative descriptive cross-sectional study, we evaluated 87 students from Elementary Education I and II of the AEJA Mackenzie School of Youth and Adult Education. As data collection instruments, four structured questionnaires were used: (1) the Assessment Scale of Motivation to Learn for University Students (EMA-U) with the function of characterizing the type of motivation of the EJA students before learning; (2) Social Questionnaire with data on the socioeconomic profile and issues related to the previous and current school experience of the EJA students; (3) The 3rd version of the Wechsler Abbreviated Intelligence Scale (WASI III) for intelligence quotient measurement; and (4) Data provided by AEJA Mackenzie on academic performance and avoidance. After analyzing the results, in characterizing the students profile, it was verified that the reasons for leaving school are not related to the lack of interest in the studies, since 64.4% stopped studying because they needed to work. As to the reasons for resuming studies at the EJA, there was a predominance of the category "desire to learn to read and write", with the result 47.1% of respondents. Two aspects evaluated regarding childhood school history were associated with the better current performance of adults in EJA: those who learned to read and write as a child (CR: 3.57, 95% CI: 1.47-8, 68) and those whose parents encouraged studies during childhood (CR: 3.24; 95% CI: 1.33 -7.90). The main hypothesis of the study was not proven, since there were no statistically significant associations between motivation as a consequence of academic performance (computed in 2016, p = 0.79) nor as a predictor of performance (analyzed in 2017, p = 0.37 ). Some limitations arose in the accomplishment of this research, which could have compromised the results, namely: the small sample size, short procedure time in the collection and application of the instruments and the use of the EMA-U Scale for the first time with the public of the EJA. It is hoped that this material inspires further research with the recommendation that new research be conducted on larger samples to measure results for a better understanding of the motivation effects on academic performance in the EJA
Palavras-chave: EJA;  motivação;  desempenho acadêmico
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::ENSINO-APRENDIZAGEM::AVALIACAO DA APRENDIZAGEM
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS)
Programa: Distúrbios do Desenvolvimento
Citação: NEPUCEMO, Marcia de Souza Leite. Motivação e desempenho acadêmico entre alunos do primeiro ciclo de educação de jovens e adultos. 2018. 75 f. Dissertação (Distúrbios do Desenvolvimento) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/3646
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/19792
Data de defesa: 19-Jun-2018
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/3646/5/Marcia%20de%20Souza%20Leite%20Nepomuceno.pdf
Aparece nas coleções:Distúrbios do Desenvolvimento - Dissertações - CCBS Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons