Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/19787
Tipo do documento: Dissertação
Título: Efeito de um programa voltado para o desenvolvimento de habilidades socioemocionais em crianças pré-escolares: intervenção na comunidade
Autor: Gomes, Thaylla Carvalho Cavalcante
Primeiro orientador: Rocha, Marina Monzani da
Primeiro membro da banca: Teixeira, Maria Cristina Triguero Veloz
Segundo membro da banca: Geraldo, Deisy Emerich
Resumo: A prevenção em saúde mental tem como foco o desenvolvimento saudável do sujeito em suas diversas fases da vida, além de buscar, por meio de ações antecipadas, reduzir os riscos e problemas que impedem o desenvolvimento saudável. Tais programas buscam fortalecer as habilidades socioemocionais e minimizar os efeitos dos fatores de risco (ambientais e individuais). O método Friends – Fun Friends – é um programa preventivo voltado crianças de 4 a 7 anos com evidencias de efetividade no desenvolvimento de habilidades socioemocionais e na redução da ansiedade. Apesar de ser o único programa interventivo com esse objetivo desenvolvido para essa faixa etária, apenas um estudo foi realizado na América Latina com esse programa. Assim, o objetivo do presente estudo foi verificar o efeito do método Friends - Fun Friends – na redução dos problemas emocionais/comportamentais de crianças de uma comunidade com alto índice de vulnerabilidade social. O estudo contou com 40 participantes, sendo 17 crianças com idades entre 4 a 5 anos que frequentam uma única escola municipal de ensino infantil de uma cidade da grande São Paulo, 17 pais/responsáveis das crianças e 6 professoras. As crianças foram indicadas para participar do projeto pelo corpo docente da instituição que identificou aquelas que estavam em situação de risco para o desenvolvimento de problemas de comportamento. Foram realizados 10 encontros grupais consecutivos (semanais) com atividades infantis e 2 encontros de reforço das habilidades desenvolvidas, com intervalo de um mês entre os encontros. A intervenção foi realizada nas dependências da escola. Os pais e professores avaliaram os comportamentos das crianças antes e depois da intervenção. Os resultados evidenciam que, na visão dos pais/responsáveis, não houve diferença estatística no que se refere aos sintomas de ansiedade avaliados pela escala PAS (p=0,139) e na escala total de problemas emocionais/comportamentais do CBCL/1,5-5 (p=0,508). Na perspectiva das professoras, houve redução estatisticamente significativas dos sintomas de ansiedade na escala PAS-TR (p=0,004) e na escala total de problemas emocionais/comportamentais no C-TRF (p=0,008). Diversas crianças deixaram de apresentar problemas com intensidade/frequência indicativos da faixa clínica em diversas escalas do C-TRF, o que significa uma diminuição significativa dos problemas emocionais/comportamentais. Dessa forma, o presente estudo evidenciou que a aplicação do método Friends – Fun Friends – com crianças pré-escolares obteve efeito positivo sobre a ansiedade e problemas de comportamento na perspectiva das professoras, mesmo quando aplicado parcialmente (com reduzida participação dos pais) em uma comunidade brasileira com elevado índice de vulnerabilidade social. Discute-se a importância de cada ambiente no desenvolvimento e manutenção do repertório comportamental infantil, bem como variáveis que podem estar associadas com as diferenças nos resultados encontrados a partir dos múltiplos informantes. Espera-se que o estudo possa fomentar novos trabalhos de prevenção seletiva, e colaborar para o estabelecimento de políticas públicas voltadas para a saúde mental infantil.
Abstract: Mental health prevention focus on the healthy development in various stages of life, and seek anticipated actions to reduce the risks and problems that hinder healthy development. Mental health prevention programs seek to strengthen socio-emotional skills and minimize the effects of risk factors (environmental and individual). The Friends Program- Fun Friends – is a preventive intervention aimed at children aged 4 to 7 years with evidence of effectiveness in the development of social-emotional abilities and in the reduction of anxiety. It is the only intervention program with this objective developed for this age group. However, there is only one studies in Latin America with this program. Thus, the objective of the present study is to verify the effect of the Friends Program - Fun Friends – in reducing the emotional/behavioral problems of children living in a community with an high index of social vulnerability. The study included 40 participants: 17 children aged 4 to 5 years attending a single municipal school for children in a city in the São Paulo area, 17 parents/guardians of children, and 6 teachers. The children were assigned to participate in the project by the faculty of the institution that identified those who were at risk for the development of Behavioral problems. There were 10 consecutive group meetings with children's activities and 2 meetings of reinforcement of the developed abilities, having interval of one month between meetings. The intervention was carried out in the school premises. Parents and teachers evaluated children's behaviors before and after the intervention. The results show that, in the parents perspective, there was no statistical difference regarding the anxiety symptoms evaluated using the PAS scale (p=0.139) and in the emotional/behavioral problem scales of CBCL/1.5-5 (p=0.508). In the teachers' perspective, there was a reduction of the anxiety symptoms on the PAS-TR scale (p=0.004) and the emotional/behavioral problems scales on the C-TRF (p=0.008). Several children no longer had problems in the clinical range at various C-TRF scales, indicating a significant decrease in emotional/behavioral problems. Thus, the present study evidenced that the use of the Friends - Fun Friends - program with preschool children showed a positive effect in the perspective of the teachers, even when partially applied (with low parental participation) in a Brazilian community with high index of social vulnerability. It discusses the importance of each environment in the development and maintenance of children's behavioral repertoire, as well as variables that may be associated with differences in the results found considering the informants. It is hoped that the study may foster new selective prevention work, collaborating to establish public policies aimed at children's mental health.
Palavras-chave: habilidade social;  método friends;  problemas emocionais/comportamentais;  prevenção seletiva;  pré-escolares
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA::PSICOLOGIA SOCIAL::PAPEIS E ESTRUTURAS SOCIAIS INDIVIDUO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS)
Programa: Distúrbios do Desenvolvimento
Citação: GOMES, Thaylla Carvalho Cavalcante. Efeito de um programa voltado para o desenvolvimento de habilidades socioemocionais em crianças pré-escolares: intervenção na comunidade. 2018. 62 f. Dissertação (Distúrbios do Desenvolvimento) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/3506
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/19787
Data de defesa: 20-Fev-2018
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/3506/5/Thaylla%20Carvalho%20Cavalcante%20Gomes.pdf
Aparece nas coleções:Distúrbios do Desenvolvimento - Dissertações - CCBS Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons