Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/19773
Tipo do documento: Dissertação
Título: Associação entre estresse: rede social de apoio e crenças parentais em mães de crianças com TEA
Autor: Christmann, Michele
Primeiro orientador: Rocha, Marina Monzani da
Primeiro coorientador: Carreiro, Luiz Renato R.
Primeiro membro da banca: Amato, Cibelle Albuquerque de La Higuera
Segundo membro da banca: Rafihi-Ferreira, Renatha El
Resumo: As crianças com Transtorno do Espectro do Autismo (TEA) apresentam uma condição crônica que implica em dificuldades importantes no que tange à realização de tarefas comuns, isto porque as características clínicas da síndrome afetam as condições físicas e mentais do indivíduo, aumentando a demanda por cuidados e, consequentemente, o nível de dependência dos pais e/ou cuidadores. A proposta deste projeto de pesquisa foi de verificar a relação entre estresse, crenças parentais e práticas de cuidado e rede social de apoio em mães de crianças com TEA. Partiu-se do pressuposto de que quando há maior apoio social e divisão de tarefas no cuidado à criança com TEA, os índices de estresse materno são menos elevados, até mesmo porque o apoio social permite a disponibilização de tempo livre para os pais de modo que eles possam participar de atividades recreativas e de serviços e programas de suporte formal disponibilizado para eles, o que aumenta a qualidade de vida. Participaram deste estudo 52 mães de crianças com TEA, atendidas em quatro entidades destinadas às pessoas com deficiência no Estado de São Paulo. Foram utilizados os seguintes instrumentos: Questionário Sociodemográfico, Inventário Lipp de Sintomas de Estresse (ISSL), Escala de Crenças Parentais e Práticas de Cuidado (E-CPPC) e Escala de Rede Social de Apoio. Como esperado, os resultados indicaram altos níveis de estresse em mães de crianças com TEA. Foram encontradas correlações negativas moderadas entre a pontuação total de estresse e a pontuação total de rede de apoio, o que indica que uma rede social de apoio estruturada favorece o controle de estresse materno. Foi verificada uma preocupação maior pelas práticas de estimulação em detrimento das de cuidado primário. Além disso, as mães mais estressadas psicologicamente indicaram realizar menos práticas de estimulação no cuidado com seus filhos, o que reforça a necessidade de atenção às cuidadoras das crianças com TEA. Tais resultados confirmam a alta incidência de estresse dentre mães de crianças com TEA e indicam que uma rede social de apoio estruturada pode favorecer a saúde mental materna e, consequentemente, o desenvolvimento da criança. Sugere-se que é necessário olhar não só para a criança com autismo, mas também para a família, principalmente para a mãe, já que é ela que geralmente assume as maiores responsabilidades com o filho.
Abstract: Children with autism spectrum disorder (ASD) have a chronic condition that involves major difficulties with regard to the implementation of common tasks. This is because the clinical features of the syndrome affect both mental and physical aspect of the individual, which increase the demand for care and, consequently, the level of dependency of the parents and/or caregivers. The aim of this research project was to verify the relationship between stress, parental beliefs and practices of care and social support network in mothers of children with ASD. It was assumed that when there is greater social support and division of labor in the care of the child with ASD, maternal stress indices are lower, even because the social support enables the provision of free time for parents so that they can participate in recreational activities and formal support programs and services provided by them, which increases the quality of life. Participated in this study 52 mothers of children with ASD, who attended four different entities aimed at persons with disabilities in the State of São Paulo in Brazil. The following instruments were used: socio-demographic Questionnaire, Stress symptoms Inventory Lipp (ISSL), Parental Beliefs and practices of care (SCLC) and scale of Social Support Network. As expected, results indicated high levels of stress in mothers of children with ASD. Moderate negative correlations have been found between the total score of stress and the total score of support network, which indicates that a social network of structured support favors the maternal stress control. Greater concern for stimulating practices was shown by the mothers, in comparison with primary care practices. Besides, mothers with more psychological stress symptoms stimulate their children less than mother with less symptoms, which reassures the need of care of the caretakers of children with ASD. These results confirm the high incidence of stress among mothers of children with ASD and indicate that a structured social support network can favor maternal mental health and, consequently, child development. It is suggested that it is necessary to look not only for the child with autism, but also for the family, especially for the mother, since it is she who usually assumes greater responsibilities with the child.
Palavras-chave: transtorno do espectro do autismo;  mães;  estresse;  rede social de apoio;  práticas de cuidado parental
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Centro de Educação, Filosofia e Teologia (CEFT)
Programa: Distúrbios do Desenvolvimento
Citação: CHRISTMANN, Michele. Associação entre estresse : rede social de apoio e crenças parentais em mães de crianças com TEA. 2017. 55 f. Dissertação (Distúrbios do Desenvolvimento) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo .
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/3302
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/19773
Data de defesa: 7-Ago-2017
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/3302/5/Michele%20Christmann.pdf
Aparece nas coleções:Distúrbios do Desenvolvimento - Dissertações - CCBS Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons