Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/19244
Tipo do documento: Dissertação
Título: A representação feminina nos cartazes de propaganda política veiculados durante a primeira e segunda guerra mundial
Autor: Tuasca, Maisa dos Santos
Primeiro orientador: Barros, Diana Luz Pessoa de
Primeiro membro da banca: Bueno, Alexandre Marcelo
Segundo membro da banca: Alvarez, Aurora Gedra Ruiz
Resumo: Este trabalho teve por finalidade analisar a construção e a representação feminina nos cartazes políticos veiculados durante as grandes guerras mundiais e também as estratégias linguístico-discursivas utilizadas para atingir esse público persuadir a população feminina a participar dos esforços de guerra. Com esse objetivo, analisamos os discursos presentes nos cartazes políticos em diferentes momentos da história. Inicialmente, os cartazes criados durante a Primeira Guerra Mundial e, posteriormente, os textos produzidos no decorrer da Segunda Guerra Mundial, dos países beligerantes – Rússia, França, Estados Unidos da América, Inglaterra, Alemanha e Itália. Para as análises dos cartazes, privilegiou-se a Teoria da Semiótica Discursiva de origem francesa criada por Algirdas Greimas, devido ao fato de essa semiótica propor princípios e método de análise, capazes de explicar a construção de sentidos dos textos de tipos quaisquer por meio do chamado percurso gerativo de sentido, dividido em três níveis – fundamental, narrativo e discursivo, – no plano de conteúdo, e também descrever o plano da expressão dos textos e as relações semissimbólicas que se estabelecem entre expressão e conteúdo. Além disso, nessa perspectiva teórica pode ser examinado o sincretismo entre os recursos visuais e verbais, que caracteriza os cartazes. Para análise e comparação dos cartazes selecionados durante os dois grandes conflitos vivenciados pela humanidade, consideramos ainda os diálogos históricos, sociais e ideológicos dos cartazes de cada cultura. Os cartazes de propaganda militar foram comparados considerando os níveis de percepção e de significação da representação feminina em cada país. Tais comparações foram feitas com a finalidade de compreender os procedimentos linguístico-discursivos e os valores criados para persuadir a população aos esforços de guerra.
Abstract: The aims of this work was to analyze the construction and representation of women in political posters published during the great world wars and also the linguistic-discursive strategies used to reach this public persuade the female population to participate in the war efforts. With this aim, we analyze the speeches present in the political posters at different moments of history. Initially, posters created during World War I and later texts produced during World War II by the belligerent countries - Russia, France, United States of America, England, Germany and Italy. For the analysis of the posters, the Discursive Theory of French origin created by Algirdas Greimas was favored, due to the fact that this semiotics proposes principles and method of analysis, capable of explaining the construction of meanings of the texts of any kind through the called the generative path of meaning, divided into three levels - fundamental, narrative and discursive - in the content plane, and also describe the plane of the expression of texts and the semi-symbolic relations that are established between expression and content. Moreover, in this theoretical perspective the syncretism between the visual and verbal resources, which characterizes the posters, can be examined. For analysis and comparison of the posters selected during the two great conflicts experienced by humanity, we also consider the historical, social and ideological dialogues of the posters of each culture. The military propaganda posters were compared considering the levels of perception and significacion of the female representation in each country. Such comparisons were made with the purpose of understanding the linguistic-discursive procedures and the values created to persuade the population to war efforts.
Palavras-chave: cartazes;  semiótica;  discurso;  propaganda
Área(s) do CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Centro de Comunicação e Letras (CCL)
Programa: Letras
Citação: Tuasca, Maisa dos Santos. A representação feminina nos cartazes de propaganda política veiculados durante a primeira e segunda guerra mundial. 2018. 201 f. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2019.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/3862
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/19244
Data de defesa: 13-Fev-2019
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/3862/5/Maisa%20dos%20Santos%20Tuasca.pdf
Aparece nas coleções:Letras - Dissertações - CCL Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons