Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/19242
Tipo do documento: Dissertação
Título: O primeiro senhor do escuro: Melkor e as tradições mitológicas em O Silmarillion, de J. R. R. Tolkien
Autor: Correia, Fernanda da Cunha
Primeiro orientador: Trevisan, Ana Lúcia
Primeiro membro da banca: Arantes, Judith Tonioli
Segundo membro da banca: Lopes, Reinaldo José
Resumo: O autor inglês J.R.R. Tolkien ficou famoso ao publicar obras que posteriormente se tornaram exemplos clássicos da literatura fantasy, que tem como base a ideia de criar um mundo completamente novo para que todos os fantásticos presentes na obra possam habitar. Além de suas histórias marcadas pela fantasia, o escritor dedicou a maior parte da vida a imaginar e escrever uma mitologia completa e complexa, que serviria de base para entender os acontecimentos das histórias de suas outras obras e as leis naturais e míticas que regiam o mundo de sua criação, Arda. Esse trabalho foi compilado na obra póstuma O Silmariilion, com a qual trabalharemos neste estudo. Observando o texto, tanto o original quanto a tradução brasileira de 1999 publicada pela editora Martins Fontes, procuraremos os elementos cristãos, mais especificamente do catolicismo, vinculados à religião seguida pelo autor, que permeiam a obra e, principalmente, os de inspiração mitológica oriunda dos textos nórdicos estudados por Tolkien em sua vida acadêmica. A compreensão aprofundada do personagem Melkor constitui o principal objetivo da análise, pois tal personagem é um dos grandes poderes do panteão criado para a mitologia de Arda, cuja inveja, ressentimento e orgulho o fizeram cair em desgraça e se tornar a origem do mal nesse mundo. Além disso, analisaremos como Melkor, em seus primeiros momentos, aproxima-se da figura do trickster, ser presente em mitologias politeístas que age em seu próprio benefício e, com isso, cria situações boas e más que são as responsáveis pelo andamento das lendas. O presente trabalho foi realizado com apoio da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior – Brasil (CAPES) – Código de Financiamento 001.
Abstract: The English author J.R.R. Tolkien became famous by publishing books that became classic examples of fantasy literature, which refers to those books whose main idea is to create an entirely new world for all the fantastic creatures which may exist in the narrative. Not only he dedicated himself to the writing of these stories, but he also devoted most of his life to imagining and writing a complete and complex mythology that would serve as a basis for the understanding of the events in the stories of his other works and the natural and mythical laws that governed the world of his creation, the Arda. His stories were compiled in the posthumous book The Silmarillion, which will be analyzed in this paper. Looking at the text, both the original and the 1999 Brazilian translation published by the Martins Fontes publishing house, we will look for the Christian elements, specifically the Catholic ones, part of the author's personal religion, which permeate the text, and especially those of mythological inspiration from the Norse texts studied by Tolkien in his academic life. Within the text, we will focus our analysis on the character Melkor, one of the great powers in the pantheon created for the mythology of Arda, whose envy, resentment and pride made him fall into disgrace and become the origin of evil in this world. In addition, we will analyze how Melkor, in his first moments, approaches to the figure of the trickster, creature present in polytheistic mythologies that acts on his own benefit and, with that, creates good and bad situations that are responsible for the progress of the legends. This study was financed in part by the Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior – Brasil (CAPES) – Finance Code 001.
Palavras-chave: J.R.R. Tolkien;  Melkor;  mitologia;  trickster
Área(s) do CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Centro de Comunicação e Letras (CCL)
Programa: Letras
Citação: Correia, Fernanda da Cunha. O primeiro senhor do escuro: Melkor e as tradições mitológicas em O Silmarillion, de J. R. R. Tolkien. 2018. 130 f. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2019.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/3860
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/19242
Data de defesa: 28-Jan-2019
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/3860/5/Fernanda%20da%20Cunha%20Correia.pdf
Aparece nas coleções:Letras - Dissertações - CCL Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons