Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/19185
Tipo do documento: Dissertação
Título: Guerra do spray: política, poesia, transgressão, arte e establishment: a relação entre o grafite e São Paulo
Autor: Reis, César Fuentes Molina dos
Primeiro orientador: Stori, Norberto
Primeiro membro da banca: Hardagh, Claudia Coelho
Segundo membro da banca: Demarchi, Rita de Cassia
Resumo: Esta dissertação analisa a relação do Grafite e seu viés político, poético, transgressor, artístico e mercadológico ao longo de 50 anos, desde as manifestações nacionais e internacionais da década de 60, com a cidade de São Paulo. A partir de pesquisas bibliográficas e entrevistas com artistas grafiteiros, explorou algumas das diferentes vertentes conceituais e artísticas que fizeram e fazem parte do Grafite e Street Art, além dos recentes conflitos ideológicos envolvendo seus produtores. Aborda a influência política de movimentos sociais internacionais e nacionais que criaram um ambiente propício para o surgimento de manifestações transgressoras como as Pichações Políticas, Poéticas e o Pixo com seu caráter anárquico. Apresenta também a estética americana do Hip Hop na cultura do Grafite paulistano, o surgimento de novos conceitos e uma grande pluralidade nas formas e estilos da Street Art e consequente crise ideológica envolvendo os pixadores, grafiteiros (ou muralistas) tal qual sua relação com o setor público e privado. Pesquisou a história do Grafite Artístico paulista que teve como seu principal idealista Alex Vallauri que buscava uma arte mais democrática, muito rica em referências modernistas e contemporâneas. Além do legado conceitual de Vallauri ao qual ainda se aplica nos Grafites e Murais feitos na atualidade pela cidade, expõe-se uma breve relação da arte moderna e contemporânea e sua associação com o Establishment para analisar a migração da estética do Grafite para as galerias e museus, tal qual sua relação promissora com o mercado da arte.
Abstract: This dissertation analyzes the relationship between Graffiti and its political, poetic, transgressive, artistic and market bias over 50 years, from the national and international manifestations of the 1960s, with the city of São Paulo. From bibliographical researches and interviews with graffiti artists, he explored some of the different conceptual and artistic aspects that made and are part of Graffiti and Street Art, besides the recent ideological conflicts involving its producers. It addresses the political influence of international and national social movements that have created an environment conducive to the emergence of transgressive manifestations such as Political, Poetic and Pixo Graffiti with its anarchic character. It also presents the American aesthetic of Hip Hop in the culture of São Paulo Graffiti, the emergence of new concepts and a great plurality in the forms and styles of Street Art and consequent ideological crisis involving pixadores, grafiteiros (or muralists) as its relation with the sector public and private. He researched the history of the Paulista Artistic Graffiti that had as its main idealist Alex Vallauri that sought a more democratic art, very rich in modernist and contemporary references. In addition to the conceptual legacy of Vallauri, which is still applied in the Graffiti and Murals currently made in the city, a brief relation of modern and contemporary art and its association with the Establishment to analyze the migration of the aesthetics of Graffiti to the galleries and museums as their promising relationship with the art market.
Palavras-chave: grafite;  pixo;  pichação;  arte;  establishment
Área(s) do CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::ARTES
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Centro de Educação, Filosofia e Teologia (CEFT)
Programa: Educação, Arte e História da Cultura
Citação: Reis, César Fuentes Molina dos. Guerra do spray: política, poesia, transgressão, arte e establishment: a relação entre o grafite e São Paulo. 2018. 139 f. Dissertação (Educação, Arte e História da Cultura) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/3769
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/19185
Data de defesa: 12-Nov-2018
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/3769/5/C%C3%A9sar%20Fuentes%20Molina%20dos%20Reis.pdf
Aparece nas coleções:Educação, Arte e História da Cultura - Dissertação - CEFT Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons