Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/19170
Tipo do documento: Dissertação
Título: Diálogos silenciosos: ação mediadora e o desvelar de referências teóricas e vividas
Autor: Silva, Débora Rosa da
Primeiro orientador: Martins, Mirian Celeste Ferreira Dias
Primeiro membro da banca: Ambrogi, Ingrid Hötte
Segundo membro da banca: Demarchi, Rita de Cassia
Resumo: As experiências e vivências da arte-educadora encaminharam a presente pesquisa para investigar como acontecem as escolhas que passam a fazer parte de percursos ou roteiros de visitas, planejados e vividos em ações mediadoras junto ao público da Bienal de São Paulo. Para isso, em uma abordagem qualitativa fundamentada em grupo focal (GATTI, 2012), histórias de vida (JOSSO, 2004), cartografias (DELEUZE; GUATTARI, 1995) e metodologias artísticas de pesquisa (VIADEL e RÓLDAN, 2012) foram envolvidos seis educadores na 32ª Bienal de São Paulo. Com o acompanhamento de visitas, seus registros em foto-ensaios e registros pessoais em diários de bordo, foram possíveis aproximações e análises da complexa teia interdisciplinar da ação mediadora, desvelando modos significativos de conexões entre as referências teóricas e vividas, estendida também à escola pública do Ensino Fundamental. A percepção dos diálogos silenciosos tornou consciente a presença de seus repertórios pessoais e de suas escolhas que atuaram como mediadoras de aprendizagens no encontro de si mesmo, de suas experiências e referências teóricas e vividas e abre caminho para repensar futuras formações de educadores.
Abstract: The daily and experiences of the art educator have forwarded the present research to investigate how the choices that become part of routes or itineraries of visits, planned and lived in mediating actions with the public of the Bienal de São Paulo. For this, in a qualitative approach based on a focus group (GATTI, 2012), life histories (JOSSO, 2004), cartographies (DELEUZE, GUATTARI, 1995) and artistic research methodologies (VIADEL and RÓLDAN, 2012) were involved six educators at the 32nd São Paulo Biennial. With the follow-up of visits, their photo-essay records and personal records in logbooks, it was possible to approximate and analyze the complex interdisciplinary web of mediating action, revealing significant ways of connecting theoretical and lived references, also extended to the public school of Elementary School. The perception of the silent dialogues made aware the presence of their personal repertoires and their choices that acted as mediators of learning in the encounter of oneself, of their experiences and theoretical and lived references and opens the way to rethink future educators formations.
Palavras-chave: ação mediadora;  mediação cultural;  histórias de vida;  formação de educadores;  interdisciplinaridade
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Centro de Educação, Filosofia e Teologia (CEFT)
Programa: Educação, Arte e História da Cultura
Citação: SILVA, Débora Rosa da. Diálogos silenciosos: ação mediadora e o desvelar de referências teóricas e vividas. 2018. 114 f. Dissertação (Educação, Arte e História da Cultura) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/3580
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/19170
Data de defesa: 26-Fev-2018
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/3580/5/D%C3%A9bora%20Rosa%20da%20Silva.pdf
Aparece nas coleções:Educação, Arte e História da Cultura - Dissertação - CEFT Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons