Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/19102
Tipo do documento: Tese
Título: Papel do enriquecimento ambiental na recuperação dos prejuízos da memória em camundongos ARβ3KO
Autor: Ravache, Thaís Terpins
Primeiro orientador: Ribeiro, Miriam Oliveira
Primeiro membro da banca: Cysneiros, Roberta Monterazzo
Segundo membro da banca: Ricci, Esther Lopes
Terceiro membro da banca: Bernardi, Maria Martha
Quarto membro da banca: Teodorov, Elisabeth
Resumo: O processo de formação da memória é caracterizado por apresentar três estágios: aprendizado, consolidação e evocação. Pode também ser classificada de acordo com a sua duração: memória de curto e de longo prazo, e pelo seu conteúdo: explícita ou implícita. O hipocampo e a amígdala são estruturas fundamentais para o processamento da memória. A noradrenalina é um neurotransmissor que possui importante participação no processo de formação da memória, através dos receptores adrenérgicos do tipo α e β. São conhecidas três isoformas dos receptores do tipo β: β1, β2 e β3, que são expressos tanto no hipocampo como na amígdala e participam no processo de formação da memória. Estudos em mamíferos demonstram papel importante dos receptores β para consolidação de memória por meio de abordagens farmacológicas, modelos que apresentam críticas, pois fármacos apresentam especificidade limitada. O método de enriquecimento ambiental (EA) é muito utilizado como estratégia de melhora de habilidades cognitivas. No presente estudo, foi avaliada a influência do enriquecimento ambiental na memória em camundongos nocautes para o receptor adrenérgico β3 (ARβ3KO). Para tanto, padronizamos um protocolo de EA de 8 semanas de duração e avaliamos seu efeito sobre a formação de memória declarativa de curto e longo prazo, assim como também a ansiedade e capacidade locomotora por meio de testes comportamentais, tanto em animais jovens quando em animais adultos. Os resultados obtidos mostraram que o receptor adrenérgico β3 (ARβ3) tem importante participação no processo de formação da memória e o EA utilizado nos animais jovens reverte os déficits de memória dos ARβ3KO. Já nos animais adultos observamos uma piora na memória tanto de curto como de longo prazo dos animais ARβ3KO não submetidos ao EA, indicando que o envelhecimento e a falta do ARβ3 agravam os déficits de memória. Além disso, o protocolo de EA não foi eficiente para reverter os prejuízos na memória exibidos pelos ARβ3KO quando aplicado na idade adulta.
Abstract: Memory formation is divided in three moments: learning, consolidation and evocation and can be classified by its duration: short-term and long-term memory and its nature: explicit or implicit. The hippocampus and the amygdala are fundamental for memory formation. Noradrenaline is a neurotransmitter with important role in the memory formation that exert its effect through adrenergic receptors, α and β. There are three isoforms of β-adrenergic receptors: β1, β2 and β3, all expressed in the amygdala and hippocampus and they are involved in memory formation. Previous studies performed in mammal demonstrated important participation of β-adrenergic receptors in memory formation through pharmacological approaches, method that presents limitation due to poor agonists and antagonists specificity. The method of environmental enrichment (EE) can be used as a strategy to improve cognitive abilities. In the present study was evaluated the influence of environmental enrichment on memory of β3-adrenergic receptor knockout mice (ARβ3KO). Therefore, was standardized an 8-week EE protocol and through behavioral tests was evaluated short and long term declarative memory, as well as neuromotor dysfunction and anxious behavior, comparing ARβ3KO with FVB male mice at a young age and adulthood. The results showed that β3 adrenergic receptor (ARβ3) plays an important role in memory formation and the EE protocol used in this study in can reverse the memory deficits of ARβ3KO young mice. The ARβ3KO adult mice showed a worsening memory, both short and long-term memory, which indicates that aging and the absence of ARβ3 aggravate the memory deficits. Furthermore, the EE protocol was not effective to reverse memory impairments of ARβ3KO when applied in adulthood mice.
Palavras-chave: memória;  receptor adrenérgico β3;  comportamento animal;  enriquecimento ambiental
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::GENETICA::GENETICA ANIMAL
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS)
Programa: Distúrbios do Desenvolvimento
Citação: RAVACHE, Thaís Terpins. Papel do enriquecimento ambiental na recuperação dos prejuízos da memória em camundongos ARβ3KO. 2018. 70 f. Tese (Distúrbios do Desenvolvimento) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/3524
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/19102
Data de defesa: 1-Fev-2018
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/3524/5/Tha%C3%ADs%20Terpins%20Ravache.pdf
Aparece nas coleções:Distúrbios do Desenvolvimento - Teses - CCBS Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons