Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/19005
Tipo do documento: Dissertação
Título: Caracterização do comportamento da ionosfera durante eventos " magnetic crochets"
Autor: Almeida, Alexandre Rodel de
Primeiro orientador: Correia, Emília
Primeiro membro da banca: Raulin, Jean-Pierre
Segundo membro da banca: Abreu, Alessandro José de
Resumo: No presente trabalho é apresentado um estudo estatístico envolvendo flares solares de média e alta intensidade ocorridos entre 2011 e 2015, no período diurno, no território brasileiro. Essa estatística fornece informações importantes a respeito dos flares associados a eventos raros denominados “magnetic crochets”, que são variações na componente horizontal do campo geomagnético superficial associadas a radiação eletromagnética do Sol. Para melhor entendimento desses fenômenos e para a caracterização do comportamento da ionosfera durante os “magnetic crochets”, são mostrados alguns exemplos nos quais são comparados parâmetros ionosféricos, solares e geomagnéticos. Esse tipo de análise é pouco frequente atualmente e a literatura não apresenta estudos com tais características na região da América do Sul envolvendo sondagem ionosférica. Os resultados apresentados mostram boa correlação entre explosões mais intensas em raios-X e H-alfa originadas em regiões ativas com estruturas magnéticas mais complexas das proximidades do meridiano central no disco solar, ocorridas em torno das 15:00 UT (~12:00 Local Time), com um número considerável de “crochets”. Os resultados também mostram variações na componente horizontal do campo geomagnético superficial atipicamente alta em estações em torno de 22º de latitude Sul, enquanto que em outras regiões do globo as variações nessa faixa de latitude são menores do que nas regiões equatoriais, sugerindo influência da região da anomalia magnética presente nessa região da América do Sul. Resultados da análise relacionada à baixa ionosfera mostraram boa correlação entre os eventos mais impulsivos e intensos na faixa dos raios-X de 0,4 a 1 Angstrom, com modificação na altura de reflexão do sinal em frequências rádio muito baixas (VLF) e modificação da condutividade na base da ionosfera, o que pode sugerir uma característica de flares associados aos “magnetic crochets”.
Abstract: In the present work a statistical study involving medium and high intensity solar flares occurred between 2011 and 2015, in the diurnal period, in the Brazilian territory is presented. This statistic provides important information about the flares associated with rare events called "magnetic crochets", which are variations in the horizontal component of the surfacial geomagnetic field associated with the electromagnetic radiation of the Sun. For a better understanding of these phenomena and for the characterization of the behavior of the ionosphere during the "magnetic crochets", some examples are shown in which ionospheric, solar and geomagnetic parameters are compared. This type of analysis is infrequent nowadays and the literature does not present studies with such characteristics in the region of South America involving ionospheric soundings. The results show a good correlation between more intense X-ray and H-alpha explosions originating in active regions with more complex magnetic structures near the central meridian on the solar disk, which occurred around 15:00 UT (~ 12:00 local time Time), with a considerable number of "crochets". The results also show variations in the horizontal component of the atipically high surfacial geomagnetic field at stations around 22 ° south latitude, while in other regions of the globe the variations in this latitude range are smaller than in the equatorial regions, suggesting anomaly's influence in this region of South America. Results of the analysis related to the low ionosphere showed a good correlation between the more impulsive and intense events in the X-ray range of 0.4 to 1 Angstrom, with modification in the height of reflection of the signal in (VLF) and conductivity change at the ionosphere's base, which may suggest a characteristic of flares associated with magnetic crochets.
Palavras-chave: ionosfera;  flares solares;  magnetic crochet
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS::GEOFISICA::AERONOMIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Faculdade de Computação e Informática (FCI)
Programa: Ciências e Aplicações Geoespaciais
Citação: ALMEIDA, Alexandre Rodel de. Caracterização do comportamento da ionosfera durante eventos " magnetic crochets". 2017. 104 f. Dissertação ( Ciências e Aplicações Geoespaciais) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo .
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/3364
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/19005
Data de defesa: 15-Fev-2017
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/3364/5/Alexandre_Rodel_Almeida.pdf
Aparece nas coleções:Ciências e Aplicações Geoespaciais - Dissertações - CRAAM

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons