Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/18932
Tipo do documento: Dissertação
Título: Desvio orçamentário e desempenho econômico: um estudo da relação entre o resultado EBIT e as variações de orçamento no Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac – Departamento Regional de Minas Gerais)
Autor: Silva, Jairo Gonçalves
Primeiro orientador: Oyadomari, José Carlos Tiomatsu
Primeiro coorientador: Ribeiro, Octavio
Primeiro membro da banca: Lima, Ronaldo Gomes Dutra de
Segundo membro da banca: Aguiar, Anson Braga de
Resumo: No mundo atual, onde mercados cada vez mais competitivos ditam as regras, grandes e novos desafios estão sendo impostos às organizações. O ritmo avassalador das transformações sociais, econômicas e políticas e, especialmente, o fim das fronteiras geográficas, pulverizadas pela globalização, ampliam a necessidade de adaptação empresarial. Na busca por respostas gerenciais rápidas, melhoria de processos operacionais, inovação e criação de valor para todas as partes interessadas, o processo orçamentário, enquanto ferramenta de planejamento e controle gerencial, é visto, de um lado, como um importante aliado dos gestores, ao mesmo tempo que, de outro, vem sendo criticado quanto à sua real contribuição para os resultados das empresas. Seja com arrimo nas abordagens favoráveis, relatadas em maior número pela literatura, seja considerando as correntes contrárias que vêm ganhando força, à medida que estudos exploram com maior profundidade a realidade das instituições, torna-se imperativo que as organizações ponderem e certifiquem se a ferramenta orçamentária é mesmo capaz de garantir ou, pelo menos, de potencializar os seus resultados. Nesse debate, que conclusão seria melhor: a comprovação de que o orçamento empresarial é, verdadeiramente, um instrumento prático de gerenciamento, indispensável, imprescindível e insubstituível ou a consolidação da ideia de que nada mais é que um ritual burocrático, distorcido, ultrapassado e ineficaz? A presente dissertação resume o estudo feito em um grande player do mercado educacional, com vistas a entender o comportamento da relação existe entre desvio orçamentário e desempenho econômico, apurados em dado período, tendo essa discussão como pano de fundo. A hipótese levantada é a de que não há correlação direta importante entre um e outro, capaz de assegurar que um melhor orçamento, necessariamente, acarreta um melhor resultado econômico.
Abstract: In today's world, where increasingly competitive markets dictate the rules, great new challenges are being imposed on organizations. The overwhelming pace of social, economic and political change, and especially the demise of geographical boundaries, pulverized by globalization, increase the need for business adaptation. In the quest for quick management responses, improvement of operational processes, innovation and value creation for all stakeholders, the budget process, as a planning and management control tool, is seen on the one hand as an important ally of managers, At the same time that, on the other, it has been criticized as to its real contribution to the companies' results. Whether it is based on the favorable approaches, reported in greater numbers in the literature, or considering the contrary currents that are gaining strength, as studies explore in greater depth the reality of institutions, it becomes imperative that organizations ponder and certify if the tool Budget is even capable of guaranteeing or at least of boosting its results. In this debate, what would be the best conclusion: the confirmation that the business budget is truly a practical, indispensable, indispensable and irreplaceable management tool or the consolidation of the idea that it is nothing more than a bureaucratic, distorted, outdated and ineffective ritual? The present dissertation summarizes the study done in a large player in the educational market, with a view to understanding the behavior of the relationship between budgetary deviation and economic performance, verified in a given period, having this discussion as a background. The hypothesis raised is that there is no significant direct correlation between one and the other, able to ensure that a better budget necessarily leads to a better economic result.
Palavras-chave: orçamento;  desvio orçamentário;  resultado econômico
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO::CIENCIAS CONTABEIS
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Centro de Ciências Sociais e Aplicadas (CCSA)
Programa: Controladoria Empresarial
Citação: SILVA, Jairo Gonçalves. Desvio orçamentário e desempenho econômico: um estudo da relação entre o resultado EBIT e as variações de orçamento no Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac – Departamento Regional de Minas Gerais). 2016. 71 f. Dissertação (Controladoria Empresarial) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/3274
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/18932
Data de defesa: 12-Dez-2016
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/3274/5/JAIRO%20GON%C3%87ALVES%20SILVA.pdf
Aparece nas coleções:Controladoria Empresarial - Dissertações - CCSA Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons