Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/18892
Tipo do documento: Dissertação
Título: Testando a condição descoberta de paridade de juros entre Brasil e Estados Unidos: uma modelagem por meio de GARCH multivariado e volatilidades realizadas
Autor: Villela, Lucas Moreira
Primeiro orientador: Marçal, Emerson Fernandes
Primeiro membro da banca: Basso, Leonardo Fernando
Segundo membro da banca: Mendonça, Diogo de Prince
Resumo: Este estudo propõe-se a testar a condição da paridade descoberta de juros, entre os mercados do Brasil e do Estados Unidos, para o período de Junho de 1986 a Agosto de 2016. A comprovação da condição descoberta implica em eficiência entre os mercados brasileiro e americano. A condição é testada por meio da metodologia de VECM proposta em Engle e Granger (1987) utilizando-se do vetor de cointegração para testar a condição no longo prazo. O modelo de GARCH Multivariado proposto por Bollerslev, Engle e Wooldridge (1988) é utilizado, modelando não só a média das variáveis em questão, mas, também sua variância para controlar o efeito ARCH (autoregressive conditional heteroscedastic) em series financeiras. As variâncias das series são estimadas por meio do estimador de Volatilidade Realizada, proposto em Andersen e Bollerslev (1998), que gera uma estimativa consistente da variância integrada de um processo. Os resultados do modelo comprovam a condição descoberta da paridade de juros, mostrando que essa é válida no longo prazo e que desequilíbrios na condição são corrigidos no longo prazo por meio do câmbio entre o Brasil e Estados Unidos.
Abstract: This study tests the uncovered interest rate parity between the Brazilian and American markets during the period of June 1986 to August 2016. The validation of the uncovered parity condition implies efficiency between markets. The condition is tested through the VECM methodology proposed in Engle and Granger (1987) utilizing the cointegrating vector testing the uncovered parity on the long term. The Multivariate GARCH model proposed by Bollerslev, Engle and Wooldridge (1988) is used, modeling not only the mean but the variance of the model’s variables, that way controlling the ARCH (autoregressive conditional heteroscedastic) effect in financial series. The variances of the variables are estimated through the Realized Variance estimator, first proposed in Andersen and Bollerslev (1998), in which the authors show it to be a consistent estimate of the integrated variance of a given process. The results validate the uncovered interest parity, showing it to be valid as a long-term equilibrium and that any deviation is corrected in the long term through the exchange rate between Brazil and the United States.
Palavras-chave: condição de paridade descoberta de juros;  VECM;  MGARCH;  volatilidade realizada
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO::ADMINISTRACAO DE EMPRESAS
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Centro de Ciências Sociais e Aplicadas (CCSA)
Programa: Administração de Empresas
Citação: VILLELA, Lucas Moreira. Testando a condição descoberta de paridade de juros entre Brasil e Estados Unidos: uma modelagem por meio de GARCH multivariado e volatilidades realizadas. 2017. 37 f. Dissertação (Administração de Empresas) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/3605
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/18892
Data de defesa: 12-Jun-2017
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/3605/5/LUCAS%20MOREIRA%20VILLELA.pdf
Aparece nas coleções:Administração de Empresas - Dissertações - CCSA Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons