Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/18890
Tipo do documento: Dissertação
Título: Contribuição das práticas para objetivos empresariais: um estudo de caso em empresa de inovação social brasileira
Autor: Chumbo, Rafaela Andrade Nascimento
Primeiro orientador: Domenico, Silvia Marcia Russi de
Primeiro membro da banca: Brunstein, Janette
Segundo membro da banca: Rodrigues, Andrea Leite
Resumo: No Brasil, havia mais de 207 milhões de habitantes em 2016. Apesar dos avanços nos últimos 50 anos, grande parte dessa população reforça, a cada dia, as estatísticas sobre má distribuição de renda, aumento no desemprego, falta de moradia, precariedade tanto no sistema de saúde pública, como no saneamento básico. O empreendedorismo social e com fins lucrativos vem ganhando visibilidade em meio a esse ambiente de fragilidade, encorajando indivíduos a fundarem organizações sociais, que utilizam ou não do conhecimento da inovação para enfrentarem os problemas sociais. Empresas de inovação social e com investimentos de fundos de filantropia de risco (Philanthropic venture capital – PhVC), que buscam objetivos social e econômico são foco desta dissertação, como parte de um estudo mais amplo, de âmbito longitudinal, que busca entender o vir a ser de organizações de inovação social e os desafios enfrentados com o propósito de alcançar objetivos híbridos. A pesquisa foi realizada em um negócio social de impacto e de inovação social, destacado no cenário nacional, que já fez parte de estudo anterior. Nosso objetivo nesta pesquisa foi compreender a contribuição das práticas, mais especificamente aquelas relativas a profissionais da área comercial nas relações com clientes, para o alcance dos objetivos social e econômico dessa organização. Para alcançá-lo, adotamos como estratégia de pesquisa o estudo de caso qualitativo, em uma perspectiva interpretativista. O levantamento dos dados foi realizado por meio de 21 entrevistas qualitativas, que incluíram como participantes, agentes de negócios, clientes, CEO-fundador, sócio-diretor, sócio-investidor e assistente administrativo, ligados a essa empresa. Adicionalmente, lançamos mão de observação não participante, conversas informais e documentos on-line. Para tratamento e análise dos dados, seguimos a análise temática, que nos permitiu caracterizar a empresa, além de descrever e analisar 27 práticas. São elas: 20 práticas relacionadas à interação de agentes e clientes, sendo 11 práticas relativas à captação e fechamento de proposta de novo cliente, três práticas envolvidas na assinatura do contrato para liberação do microcrédito, três práticas relativas à cobrança de clientes e três práticas referentes, exclusivamente, à renovação do microcrédito. Além dessas, identificamos três práticas relacionadas às interações de agentes e supervisão, e quatro práticas na interação de agentes e empresa, que se conectam e interferem nas práticas dos agentes em interação com os clientes. Foi possível perceber forte presença da tecnologia na realização de tais práticas, o que mostra o encontro de diferentes materialidades durante sua execução. Considerando-se que os negócios sociais de impacto buscam obter lucro para ter recursos suficientes que promovam seu objetivo social, alcançado ao atender o maior número possível de pessoas (escala), concluímos que todas as práticas aqui analisadas servem tanto ao objetivo econômico, quanto social. No entanto, se considerarmos que empresas sociais e de inovação social devam promover transformações sociais duradouras, será preciso à organização construir novas práticas de forma a trazer consequências mais amplas para seus beneficiários, que levem os microempreendedores não só a melhorarem a condição financeira de suas vidas e famílias, mas a trabalharem juntos para alcançarem melhorias para a comunidade em que vivem.
Abstract: In Brazil, there were more than 207 million inhabitants in 2016. Despite advances over the past 50 years, much of the population reinforces every day, statistics on bad income distribution, increase in unemployment, homelessness, insecurity both in the public health system, as in the basic sanitation. Social entrepreneurship and for-profit are gaining visibility in the midst of this fragile environment, encouraging individuals to establish social organizations, using or not the knowledge of the innovation to tackle social problems. Social innovation and companies with investments of funds of venture philanthropy (Philanthropic venture capital – PhVC), who seek social and economic goals are focus of this dissertation, as part of a broader study, longitudinal framework, which seeks to understand the coming to be of social innovation and the challenges faced in order to achieve goals. The survey was conducted in a social impact business and social innovation, prominent on the national scene, who has been part of the previous study. Our goal in this research was to understand the contribution of practices, more specifically those relating to business professionals in their dealings with customers, to achieve social and economic objectives of this organization. To achieve this, we have adopted a strategy of qualitative case study research, in an interpretativista perspective. The survey of data was accomplished through qualitative interviews 21, which included as participants, business agents, customers, CEO-founder, managing partner, partner-investor and administrative assistant, linked to this company. Additionally, we launched hand non-participant observation, informal conversations, and documents online. For processing and analysis of data, follow the thematic analysis, which allowed us to characterize the company, in addition, to describe and analyze 27 practices. They are 20 practices related to the interaction of agents and customers, being 11 practices capture and closure of proposed new client, three practices involved in the signing of the contract for release of microfinance, three customer billing practices and three practices relating exclusively to the renewal of microcredit. In addition to these, we identified three practices related to the interactions of agents and supervisors, and four practices in the interaction of agents and company, that connect and interfere in the practices of agents in interaction with customers. It was possible to perceive a strong presence of technology in the realization of such practices, which shows the meeting of different material elements characteristic for your implementation. Considering that the social impact businesses seek profit to have sufficient resources to promote your social goal, achieved to meet as many people as possible (scale), we conclude that all the practices here analyzed the economic goal, serve both as social. However, if we consider that social enterprises and social innovation should promote lasting social change, it will take the Organization to build new practices in order to bring broader consequences to their beneficiaries, which take the micro not only to improve the financial condition of their lives and families, but to work together to achieve improvements to the community in which they live.
Palavras-chave: inovação social;  empreendedorismo social;  PhVC;  negócio social de impacto;  práticas nas organizações
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO::ADMINISTRACAO DE EMPRESAS
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Centro de Ciências Sociais e Aplicadas (CCSA)
Programa: Administração de Empresas
Citação: CHUMBO, Rafaela Andrade Nascimento. Contribuição das práticas para objetivos empresariais: um estudo de caso em empresa de inovação social brasileira. 2017. 160 f. Dissertação (Administração de Empresas) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo .
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/3618
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/18890
Data de defesa: 27-Jul-2017
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/3618/2/RAFAELA%20ANDRADE%20NASC%20CHUMBO.pdf
Aparece nas coleções:Administração de Empresas - Dissertações - CCSA Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons