Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/18887
Tipo do documento: Dissertação
Título: Educação corporativa para sustentabilidade : análise das iniciativas de uma instituição financeira à luz das teorias de reflexão crítica
Autor: Vieira, Vanessa Mariano de Castro
Primeiro orientador: Brunstein, Janette
Primeiro membro da banca: Bido, Diógenes
Segundo membro da banca: Dias, Sylmara Lopes Francelino Gonçalves
Resumo: Uma vez que a sustentabilidade demanda uma mudança paradigmática nos padrões produtivos e de consumo, a transição para outra racionalidade na organização exige esforços da educação corporativa em direção ao desenvolvimento de seus profissionais. Tal objetivo demanda promover o exercício da reflexão crítica nas organizações por meio de uma educação corporativa que se distancie de uma proposta focada em treinamentos meramente pragmáticos e instrumentais, fomentando reflexão, ou seja, que questione pressupostos e que estimule novos valores e cultura em direção à sustentabilidade. As teorias de reflexão crítica (RC) e aprendizagem transformadora (AT) são adequadas para pensar a Educação Corporativa para Sustentabilidade (ECpS). Essa pesquisa se norteou pelos tipos de reflexão de Mezirow (1991): o “problem solving”, voltado para a reflexão sobre conteúdo e processo e “problem posing”, que foca na crítica das premissas pertencentes ao problema. Além disso, discute-se também a AT e as competências que ela pode fomentar para responder aos pressupostos de sustentabilidade na organização. O objetivo geral da pesquisa é descrever e analisar iniciativas de ECpS desencadeadas por uma instituição financeira à luz dos conceitos de Reflexão Crítica e Aprendizagem Transformadora, de modo a compreender como tais ações formativas estão fomentando os pressupostos de sustentabilidade na organização. O objeto de estudo foram as inciativas de ECpS ofertadas por uma instituição financeira brasileira (IF) considerada mundialmente de excelência. Para levar o estudo a efeito, adotou-se como estratégia de pesquisa o estudo de caso, com construção de dados por meio de exame de documentos e entrevistas, utilizando-se o template para análise. Foi realizada análise documental da arquitetura educacional da IF voltada à sustentabilidade, sendo que duas ações formativas desse conjunto foram examinadas com maior detalhamento. Além disso, considerando o público dessas duas ações formativas, foram realizadas 11 entrevistas em profundidade com educadores e enviados por e-mail roteiros de perguntas abertas aos participantes, com retorno de 81 educandos que externalizaram suas percepções. Tais dados possibilitaram constatar um processo de oscilação entre propostas de formação mais reflexivas e críticas em substituição por outras de natureza mais pragmáticas e instrumentais, no intervalo de 2003 a 2017, decorrentes das mudanças de orientação estratégica da organização neste campo. Como reflexo, houve um esvaziamento dos ideários de RC e AT em direção à sustentabilidade, o que reflete as narrativas dos participantes sobre as experiências que vivenciaram. Predominaram narrativas dirigidas à reflexão de conteúdo e processo e não de premissa, o que tem claras implicações para o alcance das mudanças paradigmáticas pretendidas. Esse estudo contribui para se pensar a RC e AT voltados à sustentabilidade nas organizações, ao mesmo tempo ele mostra elementos que são importantes de serem considerados na análise de experiências formativas dessa natureza, tais como a dimensão pragmática e reflexiva da iniciativa educacional; formato do treinamento; continuidade de tal ação ao longo do tempo; caráter contextual e sua relação com o trabalho do colaborador e suporte da organização pós-curso. Como contribuição prática, essa pesquisa buscou apresentar subsídios para o avanço e melhoria de ações formativas dirigidas a objetivos do desenvolvimento sustentável e humano na organização, pautados pelo exercício da reflexão crítica e dos propósitos da aprendizagem transformadora, o que representa uma tendência das pesquisas atuais relacionadas à educação corporativa.
Abstract: Since sustainability demands a paradigm shift in production and consumption patterns, the transition to another rationality in the organization requires corporate education efforts toward the development of its professionals. This objective demands to promote the exercise of critical reflection in organizations through a corporate education that distances itself from a proposal focused on purely pragmatic and instrumental training, fostering reflection, that is, that questions assumptions and that stimulates new values and culture towards sustainability. Theories of critical reflection (CR) and transformative learning (TL) are adequate to think about Corporate Education for Sustainability (CEfS). This research was guided by the types of reflection of Mezirow (1991): the “problem solving”, focused on the reflection on content and process and "problem posing", that focuses on the criticism of the premises belonging to the problem. In addition, it is also discussed the TL and the competences that it can foster to respond to the assumptions of sustainability in the organization. The overall goal of the research is to describe and analyze CEfS initiatives triggered by a financial institution in the light of the concepts of Critical Reflection and Transforming Learning, in order to understand how such formative actions are fostering the assumptions of sustainability in the organization. The object of study were the initiatives of CEfS offered by a Brazilian financial institution (FI) considered worldwide of excellence. In order to carry out the dissertation, the case study was adopted as a research strategy, with data construction by examining documents and interviews, using the template for analysis. The documentary analysis of the educational architecture focused on sustainability of the FI was carried out, and two formative actions of this set were examined in greater detail. In addition, considering the public of these two formative actions, eleven in-depth interviews were conducted with educators and open questions were sent via email to the participants, with the return of 81 students who externalized their perceptions. These data made it possible to observe a process of oscillation between more reflexive and critical training proposals in substitution for others of a more pragmatic and instrumental nature, in the period between 2003 and 2017, due to changes in the organization 's strategic orientation in this field. As a consequence, there was a depletion of CR and TL ideas for sustainability, which are expressed in the participants' narratives about the experiences lived. The narratives directed to the reflection of the content and the process prevailed in relation to the discourses involving premise, which has clear implications for the realization of the desired paradigm changes. This study contributes to thinking about CR and TL focused on sustainability in organizations, at the same time it shows elements that are important to be considered in the analysis of formative experiences of this nature, such as the pragmatic and reflective dimension of the educational initiative; training format; continuity of such action over time; contextual character and its relation to the collaborator's work and organization´s support in the post-course. As a practical contribution, this research sought to present subsidies for the advancement and improvement of training actions aimed at the objectives of sustainable and human development in the organization, guided by the exercise of critical reflection and of purposes from transformative learning, which represents a trend of current research related to corporate education.
Palavras-chave: educação corporativa;  sustentabilidade;  reflexão crítica;  aprendizagem transformadora;  problem posing;  problem solving
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Centro de Ciências Sociais e Aplicadas (CCSA)
Programa: Administração de Empresas
Citação: VIEIRA, Vanessa Mariano de Castro. Educação corporativa para sustentabilidade : análise das iniciativas de uma instituição financeira à luz das teorias de reflexão crítica. 2017. 163 f. Dissertação (Mestrado em Administração de Empresas) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/3457
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/18887
Data de defesa: 11-Set-2017
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/3457/5/VANESSA%20MARIANO%20DE%20CASTRO%20VIEIRA.pdf
Aparece nas coleções:Administração de Empresas - Dissertações - CCSA Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons