Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/18884
Tipo do documento: Dissertação
Título: Desenvolvimento humano e sustentabilidade nas organizações sob a ótica dos profissionais de recursos humanos
Autor: Lima, Vanessa Oliveira
Primeiro orientador: Brunstein, Janette
Primeiro membro da banca: Prando, Rodrigo Augusto
Segundo membro da banca: Rodrigues, Andrea Leite
Resumo: Subscrita no tema dos estudos sobre formação e desenvolvimento humano nas organizações, esta pesquisa teve por objetivo responder à seguinte questão: qual o significado de Desenvolvimento Humano e Desenvolvimento Sustentável para os profissionais de Recursos Humanos e quais as ações educacionais são desencadeadas nas organizações a partir de suas concepções? Para responder a esta pergunta conduziu-se um estudo em sete grandes organizações brasileiras, cujo critério de seleção foi a incorporação em sua estratégia e missão de objetivos voltados ao Desenvolvimento Humano e Sustentável. Do ponto de vista metodológico, esta investigação apresenta uma abordagem qualitativa, adotando as entrevistas em profundidade como principal estratégia de construção de dados, complementadas por análise de documentos das organizações objeto de estudo. Os resultados evidenciaram que os profissionais de Recursos Humanos atribuem um significado pragmático ao conceito de DH e DS, conectando-o fortemente a metas organizacionais e a questões correlacionadas ao cotidiano do trabalho. Fazem menções ao plano de carreira, ao desempenho profissional, como uma forma de se obter vantagem competitiva, num claro distanciamento de uma perspectiva mais ampla que considera Desenvolvimento Humano e Desenvolvimento Sustentável como florescimento humano. DH e DS foram temáticas contingencias na agenda dos profissionais de recursos humanos pesquisados, pouco integrado as estratégias e a arquitetura educacional das organizações objeto deste estudo, apontando para poucos avanços em relação ao papel que a literatura tem atribuído a recursos humanos neste contexto. O pragmatismo das ações educacionais, de capacitação e de desenvolvimento voltados a questão de DH e DS não dá ao RH um papel de agente de mudança. Tanto a ideia de desenvolvimento humano como de desenvolvimento sustentável se encontram subjugados nas políticas e práticas de RH das empresas estudadas. Como tendência, apontam para a continuidade de iniciativas formativas tradicionais, voltadas a resolver problemas técnicos, de atendimento a legislação e busca de certificações socioambientais, distante de um processo reflexivo e crítico que DH e DS demandam. Consequentemente novas competências não estão sendo necessariamente desenvolvidas enquanto uma política de formação de RH voltada a DH e DS, indicando que mudanças não estão em curso nem no curto ou no longo prazo. Espera-se que este estudo tenha contribuído para a reflexão sobre o avanço da compreensão sobre o significado de Desenvolvimento Humano e Desenvolvimento Sustentável nas organizações, bem como o papel que os profissionais de Recursos Humanos e suas ações educacionais vêm assumindo neste contexto.
Abstract: Subscribed to the theme of studies on human development and formation in organizations, this research aimed to answer the following question: what is the meaning of Human Development and Sustainable Development for Human Resources professionals and what educational actions are triggered in organizations from your conceptions? To answer this question, a study was conducted in seven large Brazilian organizations, whose selection criterion was the incorporation in their strategy and mission of objectives aimed at Human and Sustainable Development. From the methodological point of view, this research presents a qualitative approach, adopting in-depth interviews as the main data construction strategy, complemented by document analysis of the organizations under study. The results showed that HR professionals attribute a pragmatic meaning to the concept of DH and DS, connecting it strongly to organizational goals and issues related to daily work. They refer to the career plan, to professional performance, as a way to gain competitive advantage, in a clear distance from a broader perspective that considers Human Development and Sustainable Development as a human flowering. DH and DS were thematic contingencies in the agenda of human resources professionals surveyed, little integrated the strategies and educational architecture of the organizations object of this study, pointing to few advances in relation to the role that literature has attributed to human resources in this context. The pragmatism of educational, capacity building and development actions addressed to DH and DS does not give HR a role of change agent. Both the idea of human development and sustainable development are subjugated in the HR policies and practices of the companies studied. As a trend, they point to the continuity of traditional training initiatives, aimed at solving technical problems, complying with legislation and seeking socio-environmental certifications, away from a reflexive and critical process that DH and DS demand. Consequently, new skills are not necessarily being developed as a DH and DS HR training policy, indicating that changes are not underway in the short or long term. It is hoped that this study contributed to the reflection on the advancement of understanding about the meaning of Human Development and Sustainable Development in organizations, as well as the role that Human Resources professionals and their educational actions have assumed in this context.
Palavras-chave: desenvolvimento humano;  desenvolvimento sustentável;  ações educativas;  recursos humanos
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO::ADMINISTRACAO DE EMPRESAS
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Centro de Ciências Sociais e Aplicadas (CCSA)
Programa: Administração de Empresas
Citação: LIMA, Vanessa Oliveira. Desenvolvimento humano e sustentabilidade nas organizações sob a ótica dos profissionais de recursos humanos. 2017. 103 p. Dissertação (Administração de Empresas) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/3290
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/18884
Data de defesa: 14-Fev-2017
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/3290/5/VANESSA%20OLIVEIRA%20LIMA.pdf
Aparece nas coleções:Administração de Empresas - Dissertações - CCSA Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons