Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/18856
Tipo do documento: Dissertação
Título: Arquitetura brutalista como lugar ameno em Teresina: adequação ambiental das obras institucionais de Acácio Gil Borsoi (1970-80)
Autor: Andrade, Giesse Monteiro Alves de
Primeiro orientador: Mota, Carlos Guilherme Santos Serôa da
Primeiro membro da banca: Alambert Junior, Francisco Cabral
Segundo membro da banca: Abascal, Eunice Helena Sguizzardi
Resumo: A presente dissertação trata da leitura projetual da arquitetura brutalista institucional piauiense nas décadas de 1970 e 80 sob a ótica da adequação à realidade ambiental. Ressalta-se a atuação do arquiteto carioca Acácio Gil Borsoi como protagonista na produção de distintas amostras da arquitetura moderna piauiense, acentuadas pela utilização de materiais vernaculares e respostas arquitetônicas pertinentes à realidade climática do local. A dissertação consta de três partes; na primeira são feitas contemplações de cunho histórico sobre arquitetura moderna e a inserção no contexto piauiense. Neste momento, a capital do Piauí passa por um processo de modernização por intermédio do discurso governamental desenvolvimentista, quando certifica-se a construção de diversas edificações institucionais com a intenção de atualizar a paisagem urbana teresinense de forma a adequá-la ao momento socioeconômico pelo qual o país passava. A segunda parte trata da trajetória multifacetada do arquiteto e das obras brutalistas em questão. Para tanto, são realizados ensaios de base historiográfica, e de abordagem crítica. Segue-se uma breve resenha dos debates acerca de regionalismo e arquitetura regional, bem como uma revisão de conceitos e definições necessária para elucidação da análise a ser realizada. Na terceira parte são descritos os critérios de análise qualitativa das obras em estudo, baseados na bibliografia de Armando de Holanda, contemporâneo e discípulo de Borsoi. O recorte da pesquisa, restrito a duas obras de Borsoi - os edifícios institucionais do Tribunal de Justiça (1972) e a Assembleia Legislativa do Estado do Piauí (1984), situados no Centro Cívico - permite um estudo aprofundado da relação entre arquitetura moderna e regionalização construtiva em decorrência do clima. Tais exemplares são carregados de uma relação entre a prática projetual e construtiva do arquiteto e os fatores ambientais da região. Sendo assim, agregam características regionais à arquitetura moderna piauiense, tornando-a singular.
Abstract: This dissertation deals with the interpretation of the design project of Piauí's Brutalist institutional architecture in the 1970’s and 80’s under the view of the adaptation to the environmental reality of the region. The performance of the Carioca architect Acácio Gil Borsoi as protagonist in the production of different samples of the modern architecture of Piauí, accentuated by the use of vernacular materials and techniques applied to the environmental comfort of the buildings. The dissertation consists of three parts; in the first section, contemplations of a historical nature about modern architecture are made plus the insertion in the context of modern Piauí. At that time, the capital of Piauí underwent a process of modernization through the governmental speech developmentalist, when several institutional buildings were built with the intention of updating the Teresina’s urban landscape in order to adapt it to the socioeconomic moment by which the country passed. The second section deals with the multifaceted trajectory of the architect and the Brutalist works in question. For this purpose, were carried out historiographically based and critical approach. The following is a brief review of regionalism and regional architecture debates, as well as a succinct review of concepts and definitions necessary to elucidate the analysis to be performed. In the third part are described the criteria of qualitative analysis of the works under study, based on the bibliography of Armando de Holanda, contemporary architect and disciple of Borsoi. The selection of Borsoi’s two buildings- the Court of Justice (1972) and the Legislative Assembly of the State of Piauí (1984), located in the Civic Center – also help to understand the relationship between modern architecture and regionalization constructive as result climate result. Such examples are loaded with a relationship between the architect's design concept and the bioclimatic factors of the region. Thus, they add regional characteristics to the modern Piauí architecture, wich makes it unique.
Palavras-chave: Acácio Gil Borsoi;  brutalismo;  adequação ambiental;  arquitetura institucional
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ARQUITETURA E URBANISMO::FUNDAMENTOS DE ARQUITETURA E URBANISMO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU)
Programa: Arquitetura e Urbanismo
Citação: ANDRADE, Giesse Monteiro Alves de. Arquitetura brutalista como lugar ameno em Teresina: adequação ambiental das obras institucionais de Acácio Gil Borsoi (1970-80). 2019. 184 f. Dissertação ( Arquitetura e Urbanismo) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo .
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/3850
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/18856
Data de defesa: 13-Fev-2019
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/3850/5/Giesse%20Monteiro%20Alves%20de%20Andrade.pdf
Aparece nas coleções:Arquitetura e Urbanismo - Dissertação – FAU Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons