Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/18807
Tipo do documento: Tese
Título: Cidades vacantes, cidades expectantes:produção e transformação dos vazios urbanos em Fortaleza (2000-2018)
Autor: Cavalcanti, Emanuel Ramos
Primeiro orientador: Alvim, Angélica Aparecida Tanus Benatti
Primeiro coorientador: Gonçalves, Jorge Manuel Carvalho
Primeiro membro da banca: Somekh, Nadia
Segundo membro da banca: Bógus, Lucia Maria Machado
Terceiro membro da banca: Abascal, Eunice Helena Sguizzardi
Quarto membro da banca: Farias Filho, José Almir
Resumo: Os vazios urbanos assumiram papel de relevância no debate sobre a cidade e o urbanismo contemporâneos. O interesse acadêmico e as soluções oferecidas pelo planejamento e pelos projetos urbanos são recentes, mas já se constituíram em fundamentos e instrumentos essenciais para o enfrentamento do problema. Sua dupla condição, ao mesmo tempo ruína e expectativa, instiga ações de transformação como a regeneração urbana e a preservação patrimonial, destinando a estes espaços diversos novos usos. A pesquisa teve como recorte espacial, na cidade de Fortaleza – capital do Estado do Ceará, Brasil – sua antiga periferia industrial oeste, resultado da industrialização e da expansão urbana de fins do século XIX, que presenciou o surgimento de vazios urbanos a partir dos processos de desconcentração industrial e metropolização da segunda metade do século XX. A produção e transformação dos vazios urbanos está intimamente relacionada à dinâmica da produção capitalista do espaço que (re)constrói o ambiente urbano a partir dos condicionantes da acumulação capitalista. No entanto, esta lógica é mercadológica e especulativa, conflitando com os preceitos do Estatuto da Cidade (2001), que estabelece o princípio fundamental do cumprimento da função social da cidade e da propriedade. O objetivo geral desta pesquisa foi contribuir para a discussão do papel dos vazios urbanos na produção e na transformação da cidade contemporânea à luz do conflito entre a produção capitalista do espaço e o cumprimento da função social da cidade e da propriedade. Defendemos a tese de que a transformação dos vazios urbanos em Fortaleza, principalmente no período de 2000 a 2018, foi mediada pela produção capitalista do espaço, priorizando os interesses de mercado em detrimento do cumprimento da função social da cidade e da propriedade. Na análise empírica, o estudo de Lisboa, viabilizado por doutorado sanduíche, contribuiu como referência internacional para a análise de Fortaleza. Na capital cearense, identificamos e caracterizamos os vazios urbanos industriais da área em análise, aprofundados com a seleção de quatro casos, relacionando agentes públicos e privados, planos e projetos existentes com os processos de transformação desses espaços.
Abstract: Urban voids have played a relevant role in the debate on contemporary city and urbanism. The academic interest and the solutions offered by urban planning and projects are recent, but they have already been constituted in essential fundamentals and means to address the problem. Its double condition, at the same time ruin and expectation, encourages transformative actions such as urban regeneration and heritage preservation, assigning to those spaces several new uses. The research was based in the city of Fortaleza - capital of Ceará’s State, Brazil - in its former west industrial periphery, result of the industrialization and urban expansion of the late 19th century, which witnessed by the second half of the 20th century the emergence of urban voids from the processes of industrial deconcentration and metropolization. The production and transformation of urban voids is closely related to the dynamics of capitalist production of space that (re) constructs the urban environment from the conditioning factors of capitalist accumulation. However, this logic is market driven and speculative, conflicting with the precepts of the City Statute (2001), which establishes the fundamental principle of the fulfillment of the social function of the city and of urban property. The general objective of this research was to contribute to the discussion of the role of urban voids in the production and transformation of the contemporary in accordance with the conflict between the capitalist production of space and the fulfillment of the social function of the city and of urban property. We defend the thesis that the transformation of the urban voids in Fortaleza, mainly in the period from 2000 to 2018, was mediated by the capitalist production of space, prioritizing market interests instead of fulfilling the social function of the city and of urban property. In the empirical analysis, the Lisbon study, made possible by a mobility doctorate, contributed as an international reference for the Fortaleza analysis. In the Ceará´s capital, we identified and characterized the industrial urban voids of the study area, deepening this analysis with the selection of four cases, relating public and private stakeholders, existing plans and projects with the transformation processes of these spaces.
Palavras-chave: vazios urbanos;  periferias industriais;  produção capitalista do espaço;  função social da cidade e da propriedade
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA::ECONOMIA REGIONAL E URBANA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU)
Programa: Arquitetura e Urbanismo
Citação: CAVALCANTI, Emanuel Ramos. Cidades vacantes, cidades expectantes:produção e transformação dos vazios urbanos em Fortaleza (2000-2018). 2018. 375 f. Tese ( Arquitetura e Urbanismo) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo .
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/3759
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/18807
Data de defesa: 24-Ago-2018
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/3759/6/Emanuel%20Ramos%20Calvacanti.pdf
Aparece nas coleções:Arquitetura e Urbanismo - Teses - FAU Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons