Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/18806
Tipo do documento: Dissertação
Título: Da literatura á arquitetura: estudo fenomenológico da casa no romance Menino de Engenho de José Lins do Rego
Autor: Gaudencio, Mahayana Nava de Paiva
Primeiro orientador: Mota, Carlos Guilherme Santos Serôa da
Primeiro membro da banca: Fonseca, Antonio Cláudio Pinto
Segundo membro da banca: Machado, Lúcio Gomes
Resumo: O presente estudo consiste em uma investigação sobre a casa, tomando como objeto o romance “Menino de Engenho” (1932), da autoria de José Lins do Rego. A questão que guiou o estudo diz respeito a: como a casa é narrada naquele romance? Metodologicamente foi conduzido como um estudo de caso no qual o romance constituiu-se como unidade de análise literária. Os dados foram coletados após leitura do romance, demarcação e recorte de trechos que privilegiavam descrições dos espaços da casa da ficção. O material coletado foi organizado em uma Matriz de Síntese e analisado à luz da teoria fenomenológica e referencial teórico interdisciplinar. Posteriormente foram realizadas visitas e fotografias in loco à construção que serviu de cenário para a casa descrita no romance. Os resultados indicam que o estudo da casa em uma perspectiva interdisciplinar amplia o repertório analítico, uma vez que possibilitou a passagem do plano puramente arquitetônico para o campo emocional, graças à articulação entre o código linguístico da Literatura e o código imagético da Arquitetura, tornada possível por meio da relação poético-fenomenológica estabelecida entre texto e fotografia, sendo a casa, em sua essência, pensada como um espaço produtor de sensibilidades e afetos, bem como um campo de resgate de memórias.
Abstract: The following study consists of an investigation on houses, taking “Menino de Engenho” (1932) by José Lins do Rego as its subject matter. The guiding question for this study was: how is the house narrated in that novel? Methodologically, a case study was conducted in which the novel is seen as a literary analysis unit. Data was collected after reading the novel, demarcating, and selecting excerpts that described spaces in the fictional house. The collected material was organized in a Synthesis Matrix and analyzed considering the phenomenological theory and an interdisciplinary theoretical framework. Visits were then made to the site that served as scenario for the house described in the novel, and in loco photographs were taken. Results indicate that the study of the house in an interdisciplinary perspective enlarges the analytical repertoire, since it allows passage from the purely architectonic field to the emotional field, thanks to articulation between the linguistic code of Literature and the visual code of Architecture, made possible through the poetic-phenomenological relation established between text and photography, the house being, in its essence, thought of as a creation space for sensibilities and affection, as well as a field for reminiscence.
Palavras-chave: arquitetura;  literatura;  fenomenologia
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ARQUITETURA E URBANISMO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU)
Programa: Arquitetura e Urbanismo
Citação: GAUDENCIO, Mahayana Nava de Paiva. Da literatura á arquitetura: estudo fenomenológico da casa no romance Menino de Engenho de José Lins do Rego. 2018. 199 f. Dissertação ( Arquitetura e Urbanismo) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo .
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/3853
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/18806
Data de defesa: 9-Ago-2018
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/3853/5/Mahayana%20Nava%20de%20Paiva%20Gaudencio.pdf
Aparece nas coleções:Arquitetura e Urbanismo - Teses - FAU Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons