Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/18501
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributorUniversidade Presbiteriana Mackenziept-BR
dc.contributorMaria Helena de Moura Neves.pt-BR
dc.creatorGoulart, Felipe Vivian-
dc.date2017-01-10-
dc.identifierhttp://editorarevistas.mackenzie.br/index.php/cpgl/article/view/9884-
dc.descriptionpt-BR
dc.formatapplication/pdf-
dc.languagepor-
dc.publisherUniversidade Presbiteriana Mackenziept-BR
dc.relationhttp://editorarevistas.mackenzie.br/index.php/cpgl/article/view/9884/6237-
dc.rightsDireitos autorais 2017 Cadernos de Pós-Graduação em Letraspt-BR
dc.sourceCadernos de Pós-Graduação em Letras; v. 16, n. 2 (2016): Cadernos de Pós-Graduação em Letraspt-BR
dc.source1809-4163-
dc.titleO abandono da noção de “erro” em língua materna: mais do que uma mudança terminológicapt-BR
dc.typeinfo:eu-repo/semantics/article-
dc.typeinfo:eu-repo/semantics/publishedVersion-
dc.typept-BR
Aparece nas coleções:Cadernos de Pós-Graduação em Letras

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.