Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/18482
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorNovaes, Araceli Martins Beliato de-
dc.date.accessioned2017-03-22T13:22:29Z-
dc.date.accessioned2017-06-14T01:10:27Z-
dc.date.available2017-06-14T01:10:27Z-
dc.date.issued2017-01-26-
dc.identifier.citationNOVAES, Araceli Martins Beliato de. Desenvolvimento tecnológico e desenvolvimento econômico: a nanotecnologia como instrumento para superar a pobreza no Brasil? 2017. 149 f. Dissertação (Direito Político e Econômico) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo.por
dc.identifier.urihttp://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/3112-
dc.identifier.urihttp://dspace.mackenzie.br/handle/10899/18482-
dc.description.abstractMoving a market of around one trillion dollars in 2015 and expected to triple this figure by 2020, the Nanotechnology is currently a main focus of research, development and innovation in all industrialized countries of the world. Although the profitability and the profitability of the Nanotechnology market is certain and unquestionable, and the promise to create products capable of solving problems of Homeric proportions is highly seductive, many uncertainties and concerns have disputed the diary of the scientific community worldwide debate. Issues such as safety and health of workers and consumers, genotoxicity and cytotoxicity of nanoparticles, accumulation of nanoparticles in the environment, among others, are interested to different actors, researchers, government, industry and society, since these issues directly affect all humanity. In this paper, we will focus on discussing the complex relationship between technological development x economic development, in order to investigate whether nanotechnology can be considered as a lever for the Brazilian industry and able to foster economic development in the country. This work is inserted in the Brazilian legal academia that sees the economic law as “still essential" and supports the idea that overcoming peripheral condition requires that the democratic state becomes strong, both politically and economical for it to be able to do front to private economic power holders.eng
dc.formatapplication/pdf*
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Presbiteriana Mackenziepor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/-
dc.subjectnanotecnologiapor
dc.subjectdesenvolvimento tecnológicopor
dc.subjectdesenvolvimento econômicopor
dc.titleDesenvolvimento tecnológico e desenvolvimento econômico: a nanotecnologia como instrumento para superar a pobreza no Brasil?por
dc.typeDissertaçãopor
dc.publisher.departmentFaculdade de Direito (FDIR)por
dc.publisher.programDireito Político e Econômicopor
dc.publisher.initialsUPMpor
dc.publisher.countryBrasilpor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::DIREITOpor
dc.description.resumoMovimentando um mercado de cerca de um trilhão de dólares em 2015 e com expectativa de triplicar este valor em 2020, a Nanotecnologia é atualmente um dos principais focos das atividades de pesquisa, desenvolvimento e inovação em todos os países industrializados do mundo. Embora a rentabilidade e a lucratividade do mercado da Nanotecnologia sejam certas e inquestionáveis, e a promessa de criar produtos capazes de solucionar problemas de proporções homéricas seja altamente sedutora, muitas incertezas e preocupações têm disputado a pauta do debate da comunidade científica do mundo inteiro. Questões como segurança e saúde do trabalhador e dos consumidores, genotoxicidade e citotoxicidade de nanopartículas, acúmulo de nanopartículas no meio ambiente, dentre outros, têm interessado aos diferentes atores, pesquisadores, governo, indústrias e sociedade, vez que estes assuntos afetam diretamente toda a humanidade. Neste trabalho, nos concentraremos em debater a complexa relação entre desenvolvimento tecnológico e desenvolvimento econômico, no intuito de investigar se a Nanotecnologia pode ser considerada como uma alavanca para a indústria brasileira e capaz de fomentar o desenvolvimento econômico no país. Este trabalho se insere na tradição da academia jurídica brasileira que enxerga o Direito Econômico como “ainda indispensável” e defende a ideia de que a superação da condição periférica exige um Estado Democrático forte do ponto de vista político e econômico para que possa ser capaz de fazer frente aos detentores do poder econômico privado.por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/3002635574708602por
dc.contributor.advisor1Almeida, Silvio Luiz de-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/6325980837929171por
dc.contributor.referee1Bagnoli, Vicente-
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/0863528720140277por
dc.contributor.referee2Andrade, José Maria Arruda de-
dc.contributor.referee2Latteshttp://lattes.cnpq.br/5864928455164779por
dc.thumbnail.urlhttp://tede.mackenzie.br/jspui/retrieve/13457/Araceli%20Martins%20Beliato%20de%20Novaes.pdf.jpg*
dc.bitstream.urlhttp://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/3112/5/Araceli%20Martins%20Beliato%20de%20Novaes.pdf
dc.keywordsnanotechnologyeng
dc.keywordstechnological developmenteng
dc.keywordseconomic developmenteng
Aparece nas coleções:Direito Político e Econômico - Dissertações - Direito Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.