Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/18364
Tipo do documento: Dissertação
Título: Thomas Reid: o senso comum como matriz filosófica do presbiterianismo
Autor: Ladeia, Donizeti Rodrigues
Primeiro orientador: Cavalcante, Ronaldo de Paula
Primeiro membro da banca: Caldas Filho, Carlos Ribeiro
Segundo membro da banca: Wirth, Lauri Emílio
Resumo: Esta pesquisa introduz o estudo da filosofia de Thomas Reid, como matriz filosófica, através do presbiterianismo norte americano, representado pela denominação da Igreja, Presbiteriana Norte Americana, e de como a Igreja Presbiteriana do Brasil recebeu as influências desta filosofia, através das missões estrangeiras. Analisou-se o período de crise, no qual eclodiu a filosofia escocesa. Os fatores analisados neste ambiente foram a crise que atinge o pensamento filosófico principalmente na área do conhecimento em um período que vai dos questionamentos da Escola Inglesa na Idade Média até o contexto epistemológico do período vivido por Thomas Reid. Posteriormente, estudou-se a formulação do pensamento de Reid, o senso comum. Nesta parte temos o estudo sobre como Reid enfrentou o ceticismo formulado nas concepções de David Hume. A parte final mostra como a filosofia do senso comum se tornou a matriz filosófica do protestantismo através da Igreja Presbiteriana da América do Norte, e depois pela atuação dos missionários formados em Princeton no Brasil.
Abstract: This research introduces the Thomas Reid philosophy, as a philosophical matrix, through the north american presbyterianism, represented by the North American Presbyterian Church, and how the Igreja Presbiteriana do Brasil, received the influencies of that philosophy through foreign mission. The environment of this analysis was the crisis period, that the Scotish Philosophy appeared. The analysed factors in that environment was, the crisis that influenced the philosophical thinking, specialy in knowledge field in a time starts from Middle Age English School inquiring up to epistemologics crisis context of Reid s thinking. After that, the Reid s formulation of thinking was studied, the common sense. At this point we have the study about how Reid faced the ceticism based in David Hume s conception. The final part shows how the common sense philosophy became de philosophical matrix of protestanism through North American Presbyterian Church, and subsequently by the Princeton missionaries actions in Brazil.
Palavras-chave: Thomas Reid;  senso comum;  David Hume;  crise filosófica;  iluminismo escocês;  matriz filosófica;  protestantismo;  Igreja Presbiteriana Americana;  Igreja Presbiteriana do Brasil;  José Manoel da Conceição;  Thomas Reid;  common sense;  David Hume;  philosophicial crisis;  scotish enlightment;  philosophicial matrix;  protestantism;  American Presbyterian Church;  Igreja Presbiteriana do Brasil;  José Manoel da Conceição
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::TEOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Religião
Programa: Ciências da Religião
Citação: LADEIA, Donizeti Rodrigues. Thomas Reid: o senso comum como matriz filosófica do presbiterianismo. 2006. 6 f. Dissertação (Mestrado em Religião) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2006.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/2485
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/18364
Data de defesa: 14-Dez-2006
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/2485/1/Donizeti%20Rodrigues%20Ladeia.pdf
Aparece nas coleções:Ciências da Religião - Dissertação - CEFT Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.