Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/18311
Tipo do documento: Dissertação
Título: O protestantismo na capital de São Paulo: a Igreja Presbiteriana Jardim das Oliveiras
Autor: Guedes, Ivan Pereira
Primeiro orientador: Pereira, João Baptista Borges
Primeiro membro da banca: Gomes, Antônio Máspoli de Araújo
Segundo membro da banca: Dawsey, John Cowart
Resumo: A presente dissertação analisa a implantação do protestantismo na capital paulista, através de um de seus ramos o presbiterianismo. O estudo tem como foco central o estabelecimento da Igreja Presbiteriana Jardim das Oliveiras, onde através da pesquisa bibliográfica e documental, enfoca-se o presbiterianismo e sua atuação na cidade de São Paulo. O protestantismo estabelece-se no Brasil de forma ainda incipiente no final do século dezenove através dos primeiros missionários que aqui chegaram com o propósito de estabelecerem suas diversas ramificações geradas pelo movimento reformador do século dezesseis. Um conjunto de fatores econômicos, sociais e judiciais facilitou muito para que a mensagem evangélica protestante encontrasse boa aceitação entre os brasileiros, principalmente entre a elite liberal advinda do regime republicano. Na virada para o século vinte a Cidade de São Paulo assume um papel predominante na condução do desenvolvimento e diretrizes políticas do país e o protestantismo com sua mensagem progressista sobe nesta locomotiva e aproveita de forma positiva as oportunidades que lhe são disponibilizadas e estabelece comunidades fortes na capital e aos arredores. Mas o presbiterianismo compartilha do mesmo sintoma divisionista de seus pares reformados e logo experimenta suas primeiras cisões internas. Em 1903 ocorre a primeira grande divisão, dando origem a duas denominações: a Igreja Presbiteriana do Brasil e a Igreja Presbiteriana Independente. Poucos anos depois, esta segunda denominação experimenta duas divisões simultâneas: a Igreja Presbiteriana Conservadora e a Igreja Cristã de São Paulo (1942). A Igreja Presbiteriana Jardim das Oliveiras também é resultado de um processo divisório na história eclesiástica da Igreja Presbiteriana Unida de São Paulo. No transcorre desta pesquisa há um esforço para expor as razões e motivações que contribuíram para a formação de mais uma igreja presbiteriana no centro da cidade e seus esforços para se estabelecer. Destaca-se a pessoa carismática do Rev. José Borges dos Santos Jr. que iniciou, conduziu e concluiu este processo separatista.
Abstract: This dissertation examines the deployment of Protestantism in the state capital, through one of its branches Presbyterianism. The study focuses on the establishment of the Central Presbyterian Church Garden of Olives, where through the literature and documentary focuses in Presbyterianism and its operations in the city of São Paulo. Protestantism is established in Brazil so incipient in the late nineteenth century through the early missionaries who came here with the purpose of establishing its various ramifications generated by the reform movement of the sixteenth century. A set of economic, social and judicial greatly facilitated the Protestant Gospel message found good acceptance among Brazilians, mainly arising between the liberal elite of the republican regime. At the turn of the twentieth century the City of St. Paul plays a predominant role in driving the development guidelines and policies of the country and Protestantism with its progressive message rises this locomotive and enjoy a positive opportunities that are available and establish strong communities in the capital and surroundings. But Presbyterianism shares the same divisive symptom of his peers retired and soon experienced its first internal divisions. In 1903 occurs the first major division, resulting in two denominations: the Presbyterian Church of Brazil and the Independent Presbyterian Church. A few years later, this second term simultaneous experiences two divisions: the Conservative Presbyterian Church and the Christian Church of St. Paul (1942). The Presbyterian Church Garden of Olives is also the result of a process dividing the ecclesiastical history of the United Presbyterian Church of Sao Paulo. In this research takes place there is an effort to explain the reasons and motivations that contributed most to the formation of a Presbyterian church in the city center and its efforts to establish itself. We highlight the charismatic person of Rev. Joseph Borges dos Santos Jr. who initiated, conducted and concluded this process separatist.
Palavras-chave: protestantismo;  presbiterianos;  ruptura;  conservador;  liberal;  Progressista;  Rev. José Borges dos Santos Jr.;  Igreja Presbiteriana Jardim das Oliveiras;  protestants;  presbyterians;  break;  Rev. José Borges dos Santos Jr.;  Presbyterian Church Garden of Olives
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Religião
Programa: Ciências da Religião
Citação: GUEDES, Ivan Pereira. O protestantismo na capital de São Paulo: a Igreja Presbiteriana Jardim das Oliveiras. 2013. 250 f. Dissertação (Mestrado em Religião) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2013.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/2431
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/18311
Data de defesa: 20-Ago-2013
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/2431/1/Ivan%20Pereira%20Guedes.pdf
Aparece nas coleções:Ciências da Religião - Dissertação - CEFT Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.