Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/18307
Tipo do documento: Dissertação
Título: Resiliência nas relações familiares: um estudo das práticas de aconselhamento pastoral
Autor: Fernandes, Emanuel Lino
Primeiro orientador: Gomes, Antônio Máspoli de Araújo
Primeiro membro da banca: Lopes, Edson Pereira
Segundo membro da banca: Pazinato, Patricia
Resumo: O presente trabalho tem como objetivo mostrar como aconselhamento pastoral e a participação em grupos cristãos podem atuar como mecanismo de fortalecimento da resiliência no contexto familiar, ao mesmo tempo trazer a observação que o aconselhamento eficaz pode exigir do conselheiro, dependendo do caso, um encaminhamento para outro terapeuta, o profissional da psicologia. Nos próprios seminários teológicos existem as aulas de Introdução a Psicologia, onde os alunos aprendem algumas técnicas e conhecimentos como empatia, linguagem corporal entre outras. É bem sabido que os conselheiros pastorais mesmo não sendo explicitamente a favor,usam ferramentas da psicologia nos gabinetes pastorais. O trabalho mostra a fala contraditória de muitos contemporâneos focados na argumentação da Suficiencia das Escrituras , para o aconselhamento chamado noutético. As Sagradas Escrituras realmente são suficientes, a suficiência é nela revelada, o que acontece é que há uma confusão de termos pois a própria escritura fala do trabalho humano, da Graça Comum e de aspectos de bem estar do ser humano que não são salvíficos, pois a salvação eterna é o caso da suficiência da revelação. O aconselhamento pastoral tem o seu alcance assim como o tratamento psicológico profissional o seu, são áreas distintas. Através de pesquisas bibliográficas o trabalho mostra a conectividade de aspectos positivos entre o integracionismo da espiritualidade cristã e a terapia familiar em apoio à resiliência. O que não é alçada do aconselhamento pastoral é do profissional psicólogo, que também tem seus limites em casos psiquiatricos, assim vemos que cada um tem ao seu alcançe e onde acaba o terreno de um começa o do outro.
Abstract: The present study aims to demonstrate how pastoral counseling and taking part in Christian groups may act as a mechanism for strengthening the resilience within a familiar context; and at the same time bring to observation that a eficient counseling may demand from the counselor, depending on the case, a referral to a therapist, who is the professional psychologist. Even in theological seminars there exist classes of Introduction to Psychology, where students learn some techniques and skills such as empathy, body language, among olhers. It is well known that pastoral counselors are not explicitly even though inclined to the use of psychological instrumentation in their offices. This work shows the contradictory discourse of many contemporaries focused on the argumentation of the sufficiency of the scriptures , for the so called nouthetic couseling. The Holy scriptures are really sufficient, this sufficiency is revealed in itself, and what happens is that there is a confusion of terms because the proper Scripture speaks of a human work, Common Grace and aspects of welfare of the human being, which aren t for salvation, in salvation is the case of the sufficiency of eternal revelation. Pastoral counseling has its reach as well as a professional psychological treatment has its own, however they are distinct areas. Through literature searches this work shows the connection of positive aspects between the integrationism of Christian spirituality and family therapy in support of resilience. That, which is not achieved at pastoral counseling, comes from the professional psychologist, who also has his/her limits in psychiatric cases. Therefore, each one has his/her scope and where the field of one ends the other starts.
Palavras-chave: resiliência;  famílias;  aconselhamento pastoral;  aconselhamento psicológico;  christian spirituality;  resilience;  families;  pastoral counseling;  counseling psychology
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Religião
Programa: Ciências da Religião
Citação: FERNANDES, Emanuel Lino. Resiliência nas relações familiares: um estudo das práticas de aconselhamento pastoral. 2012. 97 f. Dissertação (Mestrado em Religião) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2012.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/2426
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/18307
Data de defesa: 14-Dez-2012
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/2426/1/Emanuel%20Lino%20Fernandes.pdf
Aparece nas coleções:Ciências da Religião - Dissertação - CEFT Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.