Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/18270
Tipo do documento: Tese
Título: Cenários de práticas pedagógicas no 5º ano do ensino fundamental : professores, alunos e pesquisadora
Autor: Resende, Adriana Torquato
Primeiro orientador: Mizukami, Maria da Graca Nicoletti
Primeiro membro da banca: Andrade, Maria de Fátima Ramos de
Segundo membro da banca: Ambrogi, Ingrid Hötte
Terceiro membro da banca: Tancredi, Regina Maria Simoes Puccinelli
Quarto membro da banca: Reali, Aline Maria de Medeiros Rodrigues
Resumo: A presente pesquisa trata de práticas docentes desenvolvidas no 5º ano do Ensino Fundamental. Estas práticas são relatadas a partir de diferentes perspectivas: a dos professores, de seus alunos e da pesquisadora, configurando cenários que se complementam. Desenvolvida numa escola pública da cidade de Osasco, SP, tem como objetivo geral analisar práticas pedagógicas de professores do 5º ano do Ensino Fundamental. A questão central é: “Quais as contribuições de relatos de professores, alunos e pesquisadora para a compreensão de práticas pedagógicas escolares desenvolvidas no 5o ano do Ensino Fundamental?”. A coleta de dados se deu por meio de entrevistas com professores e alunos baseadas num roteiro semiestruturado e observação participante de algumas aulas desses professores. Os dados são analisados sob uma perspectiva qualitativa, tendo como principais referenciais teóricos autores como Darling-Hammond (2014), Cochran-Smith (2000), Marcelo García (1999), Mizukami (2004; 2010), Nóvoa (2011), Shulman (2004; 2014), Souza (2009) e outros. São abordados temas como papel do professor, ensino e aprendizagem, conhecimento profissional docente, aprendizagem da docência, estratégias de ensino e autodescrições de professores em algumas produções midiáticas. O trabalho se justifica porque a análise das práticas pedagógicas desenvolvidas por professores de 5º ano pode ajudar na compreensão do que sabem e do que fazem esses profissionais para que seus alunos aprendam os conteúdos propostos, delineando o que Shulman (2014) denomina base de conhecimentos necessários para a docência. A pesquisa também pode trazer contribuições para os cursos de formação, pois as práticas relatadas podem ser utilizadas como elementos de reflexão e de possível modificação do pensamento, das crenças, das ações e das teorias de docentes e licenciandos. Os dados recolhidos mostraram que, na opinião dos entrevistados, a aprendizagem da docência é desenvolvimental, pois em diversas ocasiões os professores afirmaram que é preciso “aprender sempre” ou “continuar aprendendo”. As principais fontes de aprendizagem da docência citadas por eles foram a experiência em sala de aula, na prática; o curso de Magistério; outros professores e cursos, como especializações e outros. Entendem que ensinar é uma missão que exige dedicação e compromisso, vendo a docência como uma profissão complexa que precisa ser aprendida. Os professores sintetizaram suas práticas e os conhecimentos que as fundamentam nas seguintes ações: fazer um diagnóstico da turma para saber o que já sabem e o que precisam aprender; despertar o interesse dos alunos; ter controle do trabalho desenvolvido em sala de aula, conhecer os alunos e trabalhar a autoestima deles. As práticas descritas pelos alunos destacaram sua apreciação por trabalhos em grupo, confecções de materiais, participação em encenações e gincanas. Por meio da observação das aulas, os dados mostraram que para planejar, preparar e ministrar suas aulas os professores utilizam uma base de conhecimentos aprendida nos cursos de formação e explicitada nos materiais didáticos, nos currículos e nos cursos de capacitação, mas não se limitam a esses conhecimentos, valorizando a experiência.
Abstract: This research deals with teaching practices developed in the 5th year of elementary school. These practices are reported from different perspectives: that of teachers, their students and researcher, setting up scenarios that complement each other. Developed in a public school in the city of Osasco, SP, has as main objective to analyze pedagogical practices of teachers of the 5th year of elementary school. The central question is: ""What are the contributions of reports from teachers, students and the researcher to the understanding of pedagogical practices developed in the fifth year of elementary school?" Data collection was done through interviews with teachers and students based on a semi-structured script and participant observation of some classes of those teachers. The data are analyzed from a qualitative perspective, having as main reference theoretical authors like Darling-Hammond (2014), Cochran-Smith (2000), Marcelo García (1999), Mizukami (2004; 2010), Nóvoa (2011), Shulman ( 2004; 2014), Souza (2009) and others. Are addressed topics such as teacher's role, teaching and learning, teaching professional knowledge, learning to teach, teaching strategies and self-descriptions of teachers in some media productions. The work is justified because the analysis of pedagogical practices developed by 5th grade teachers can help in understanding what they know and what do these professionals so that their students learn the contents proposed, outlining what Shulman (2014) calls knowledge base required for teaching. The research can also contribute to the teacher education, as the reported practices can be used as elements of reflection and possible modification of the thinking, beliefs, actions and theories of teachers and graduates. The data collected showed that, in the opinion of respondents, teaching learning is developmental, because on many occasions the teachers said that we must "always learning" or "continue learning." The main sources of teaching learning they cited were the experience in the classroom, in practice; the high school courses of teacher education; other teachers and courses, such as specializations and others. They understand that to teach is a mission that requires dedication and commitment, seeing teaching as a complex profession that must be learned. Teachers synthesized their practices and knowledge that underlie these practices in the following actions: make a diagnosis of class to find out what they already know and what they need to learn; arouse the interest of students; have control of the work in the classroom, know the students and improve their self-esteem. The practices described by the students highlighted their appreciation for group work, clothing materials, participation in performances and competitions. By observing the classes, the data showed that to plan, prepare and teach their lessons teachers use a base of knowledge learned in Teacher Education courses and explained in textbooks, curricula and training courses, but are not limited to this knowledge, valuing the experience.
Palavras-chave: práticas pedagógicas;  aprendizagem da docência;  ensino fundamental
Área(s) do CNPq: CNPQ::OUTROS
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Centro de Educação, Filosofia e Teologia (CEFT)
Programa: Educação, Arte e História da Cultura
Citação: RESENDE, Adriana Torquato. Cenários de práticas pedagógicas no 5º ano do ensino fundamental : professores, alunos e pesquisadora. 2017. 249 f. Tese( Educação, Arte e História da Cultura) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/3201
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/18270
Data de defesa: 10-Fev-2017
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/3201/5/Adriana%20Torquato%20Resende.pdf
Aparece nas coleções:Educação, Arte e História da Cultura - Teses - CEFT Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.