Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/18250
Tipo do documento: Dissertação
Título: Atividades práticas nas aulas de ciências: um estudo sobre a ação docente nos anos finais do ensino fundamental
Autor: Souza, Sandra Aparecida de Oliveira e
Primeiro orientador: Andrade, Maria de Fátima Ramos de
Primeiro membro da banca: Hardagh, Cláudia Coelho
Segundo membro da banca: Garcia, Paulo Sérgio
Resumo: As atividades práticas podem contribuir de forma atraente e significativa para a eficácia no processo de ensino e aprendizagem em Ciências. Em vista disso, o presente estudo se propôs a analisar como os professores de Ciências concebem a utilização de atividades práticas nas suas aulas, quais as estratégias, espaços e recursos que empregam, e os desafios que encontram para desenvolvê-las nos anos finais do ensino fundamental. A fim de realizarmos essa investigação, optamos por uma pesquisa qualitativa (particularmente um estudo de caso) em que acompanhamos, por meio da observação das aulas e de entrevistas semiestruturadas, o trabalho de quatro professores de Ciências de uma escola estadual de tempo integral, localizada na cidade de São Paulo. Apoiamo-nos, para isso, na revisão literária que congrega o ensino de Ciências numa perspectiva histórica e social, sob os olhares de Krasilchik (2000, 2008, 2012), Delizoicov, Angotti e Pernambuco (2011); a formação e a prática docente na área de Ciências, segundo os estudos de Carvalho e Gil-Pérez (2011), Cachapuz, Praia e Jorge (2002, 2002a, 2004), Pozo e Crespo (2009), Bizzo (2002, 2005); e o conceito de atividades práticas tendo como referência os pesquisadores Hodson (1998), Leite (2000) e Dourado (2001). Os resultados obtidos mostraram que, na visão dos professores, as atividades práticas são importantes para estimular a observação e a curiosidade, permitindo a maior compreensão dos conteúdos e a melhoria na aprendizagem científica. Os dados revelados também indicaram que, diferentemente de outras pesquisas com o mesmo perfil, a escola conta com algumas condições essenciais para obter resultados satisfatórios no desenvolvimento dessas atividades: preparo dos professores; acompanhamento pedagógico constante; troca de experiências entre os pares; planejamento contínuo e infraestrutura adequada. Tais constatações sugerem que se avultem as discussões sobre a ampliação da jornada escolar e seu reflexo na formação e prática docente e, por conseguinte, na melhoria da qualidade do ensino de Ciências.
Abstract: Practical activities may contribute in an engaging and meaningful way to effectiveness in the process of teaching and learning Science. Therefore, this present study aims to analyze how the Science teachers devise the usage of practical activities in their classes, which strategies, spaces and resources they apply, and the challenges they experience in developing the practical activities in the final years of elementary school. In order to accomplish this research, we determined a qualitative research (a case study, particularly)which we accompanied, by means of classes observation and semi-structured interviews, the work of four Science teachers from a full-time public school, located in the city of São Paulo. To support this research, we elected a literary review that assembles the teaching of Sciences in a historical and social perspective, under the perception of Krasilchik (2000, 2008, 2012), Delizoicov, Angotti and Pernambuco (2011); the training and the teaching practice in the area of Sciences, according to the studies of Carvalho and Gil-Pérez(2011), Cachapuz, Praia and Jorge (2002, 2002a, 2004), Pozo and Crespo (2009), Bizzo (2002, 2005);and the researchers Hodson (1998), Leite (2000) and Dourado (2001) as a reference on the concept of practical activities. The acquired results demonstrated that, according to those teachers, practical activities are important to stimulate observation and curiosity, allowing greater understanding of content and improvement in scientific learning. The reported data also indicated that, unlike other surveys with the same profile, this school relies on some essential conditions to obtain satisfactory results in the development of these activities: teacher education; constant pedagogical monitoring; exchange of experiences between peers; continuous planning and adequate infrastructure. Such acknowledgments suggest that discussions about the extension of the school day and its reflection on teacher training and practice should be expanded, and, consequently, improving the quality of Science teaching.
Palavras-chave: atividades práticas;  ensino de ciências;  formação docente
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::ENSINO-APRENDIZAGEM::METODOS E TECNICAS DE ENSINO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Centro de Educação, Filosofia e Teologia (CEFT)
Programa: Educação, Arte e História da Cultura
Citação: SOUZA, Sandra Aparecida de Oliveira e. Atividades práticas nas aulas de ciências: um estudo sobre a ação docente nos anos finais do ensino fundamental. 2017. 135 f. Dissertação( Educação, Arte e História da Cultura) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo .
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/3265
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/18250
Data de defesa: 2-Mai-2017
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/3265/5/Sandra%20Aparecida%20de%20Oliveira%20e%20Souza.pdf
Aparece nas coleções:Educação, Arte e História da Cultura - Dissertação - CEFT Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.