Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/18248
Tipo do documento: Dissertação
Título: O samba paulista e sua relação com a formação da identidade nacional: o samba paulista: do rural as rodas de sampa da Capital
Autor: Navarro, Maria José de Oliveira
Primeiro orientador: Hooper, Silvana Seabra
Primeiro coorientador: Mendes, Marcel
Primeiro membro da banca: Ambrogi, Ingrid Hötte
Segundo membro da banca: Costa, Daniel De Lucca Reis
Resumo: A pesquisa aqui apresentada tem como objetivo compreender e contextualizar a formação da identidade nacional, buscando a percepção do papel do samba paulista nesse processo de formação. Além da busca do entendimento do reflexo do samba rural paulista no urbano, o samba paulista é comparado com o carioca. Convém ressaltar que o foco deste estudo é o samba rural paulista. A metodologia utilizada nesta pesquisa acadêmica foi a bibliográfica, sendo esta fundamental para a realização deste estudo historiográfico, buscou-se o método comparativo antropológico. Utilizando-se da leitura dos clássicos da literatura brasileira, que relatam o transcurso da identidade nacional, encontramos mais elementos para melhor interpretação desta organização. Foram utilizadas obras dos seguintes autores: José Ramos Tinhorão, um dos principais estudiosos da música popular brasileira do século XIX e XX, Mário de Andrade e sua contribuição que propõe um paralelo entre o samba e a modernização da cultura brasileira. Magno Bissoli Siqueira, com a questão do embranquecimento do samba, através da apropriação deste pelo governo de Getúlio Vargas. Florencia Garramuño, com uma análise comparativa da importância do tango e o samba; o tango para a Argentina, assim como o samba para o Brasil, trata do conceito “primitivismo moderno”. Os dois ritmos com papéis fundamentais, pois tornaram-se símbolos nacionais nas primeiras décadas do século XX. Conclui-se neste estudo que há uma peculiaridade inerente do samba paulista e, esta se dá através do samba de bumbo de Pirapora, este migrando para a capital paulista e trazendo consigo características rurais, com Geraldo Filme, Toniquinho Batuqueiro e outros nomes. Já no espaço urbano, o ritmo chega às ruas com cordões, blocos até o carnaval. E na contemporaneidade observa-se um movimento de resgate deste samba rural paulista, um movimento de resistência cultural através de grupos como Kolombolo, Samba Autêntico e Samba da Vela.
Abstract: The research presented here aims to understand and contextualize the formation of the national identity, seeking the perception of the role of Paulista Samba in this process of formation. In addition to the search for an understanding of the reflex of rural samba in the urban samba, paulista samba is compared to the carioca samba. It should be emphasized that the focus of this study is the rural samba of São Paulo. The methodology used in this academic research was the bibliographical, being this fundamental for the accomplishment of this historiographic study, sought to use the comparative anthropological method. Using the reading of the classics of Brazilian literature, which relate the course of national identity, we find more elements for a better interpretation of this organization. Works by the following authors were used: José Ramos Tinhorão, one of the main Brazilian popular music scholars of the 19th and 20th centuries, Mário de Andrade and his contribution that proposes a parallel between samba and the modernization of Brazilian culture. Magno Bissoli Siqueira, with the subject of the whitening of the samba, through the appropriation of this one by the government of Getúlio Vargas. Florencia Garramuño, with a comparative analysis of the importance of tango and samba; The tango for Argentina, as well as the samba for Brazil, deals with the concept "modern primitivism". The two rhythms with fundamental roles, as they became national symbols in the first decades of the 20th century. It is concluded in this study that there is an inherent peculiarity of samba from São Paulo, and this occurs through the Pirapora samba bass drum , this one migrating to the capital of São Paulo and bringing with it rural characteristics, with Geraldo Filme, Toniquinho Batuqueiro and other names. In urban space, the rhythm reaches the streets with strings, blocks until the carnival. And contemporaneously, there is a movement to rescue this rural samba from São Paulo, a movement of cultural resistance through groups such as Kolombolo, Samba Authentic and Samba da Vela.
Palavras-chave: identidade nacional;  cultura brasileira;  samba paulista;  projeto nacional
Área(s) do CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::ARTES
CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::ANTROPOLOGIA::ANTROPOLOGIA DAS POPULACOES AFRO-BRASILEIRAS
CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::ANTROPOLOGIA::ANTROPOLOGIA URBANA
CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::SOCIOLOGIA::FUNDAMENTOS DA SOCIOLOGIA::TEORIA SOCIOLOGICA
CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::SOCIOLOGIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Centro de Educação, Filosofia e Teologia (CEFT)
Programa: Educação, Arte e História da Cultura
Citação: NAVARRO, Maria José de Oliveira. O samba paulista e sua relação com a formação da identidade nacional: o samba paulista: do rural as rodas de samba da Capital. 2017. 115 f. Dissertação( Educação, Arte e História da Cultura) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/3184
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/18248
Data de defesa: 24-Fev-2017
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/3184/5/Maria%20Jos%C3%A9%20de%20Oliveira%20Navarro.pdf
Aparece nas coleções:Educação, Arte e História da Cultura - Dissertação - CEFT Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.