Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/18225
Tipo do documento: Dissertação
Título: Libras no curso de pedagogia : a construção de representações sobre alunos com surdez
Autor: Souza, Andreia Cristina Leite
Primeiro orientador: Martins, Mirian Celeste Ferreira Dias
Primeiro membro da banca: Ambrogi, Ingrid Hötte
Segundo membro da banca: Rios, Terezinha Azerêdo
Resumo: Os surdos pertencem a uma minoria linguística que utiliza como forma de comunicação a língua de sinais, de modalidade visuo-gestual. Podemos compará-los a estrangeiros, ou seja, uma pessoa que possui uma concepção de mundo diferente da maioria e uma cultura singular. Neste sentido, a formação inicial do professor em cursos de Pedagogia tendo em vista uma ação inclusiva é condição indispensável para uma educação de qualidade voltada aos surdos e impulsiona as perguntas que cercam esta pesquisa, a saber, a disciplina de Libras no curso de Pedagogia que tipo de conceito de surdez está em cena?; quais as representações que alunos da Pedagogia, que irão atuar na educação básica, criam sobre alunos com surdez na classe regular? Para respondê-las, a presente pesquisa traz uma visão contemporânea sobre a linguagem e a cultura surda a partir de teóricos como: Sacks (2010), Strobel (2009), Skliar (2010), Perlin (2010), Lulkin (2010), Ribas (2011), Gesser (2009), Lacerda & Santos (2013), Laraia (2001), Cassirer (1977), Quadros (1997). A partir da análise dos planos de ensino das disciplinas de Libras e dos questionários respondidos pelos alunos dos cursos de Pedagogia da Universidade Nove de Julho e da Universidade Presbiteriana Mackenzie, ambas na cidade de São Paulo, foi possível perceber a formação do pedagogo no que se refere às contribuições e aos desafios da disciplina de Libras e nos cursos de licenciatura. Dos estudos e das análises emergem novos desafios para os professores universitários que ministram essa disciplina e conceitos fundamentais para a formação de pedagogos, futuros professores e gestores da educação básica
Abstract: Deaf people belong to a linguistic minority, that uses gestural language to communicate. We can compare them to a foreigner, in other words, a person who has a different worldview from most of the people and also has a unique culture. Therefore, the initial formation of the Professor of courses related to Pedagogy, taking into consideration actions for inclusion, is a requisite for a good education focused on the deafs, and this drives questions that surround this research. During the Brazilian Sign Language Course (LIBRAS) in Pedagogy, what kind of concept of deafness is in scene? What are representations that the future pedagogues, who will work in basic education, create about deaf students in the regular class? To answer these questions, this research was initiated through a contemporary view of deaf culture and language, from authors, such as Sacks (2010), Strobel (2009), Skliar (2010), Perlin (2010), Lulkin (2010) Ribas (2011), Gesser (2009), Lacerda & Santos (2013), Laraia (2001), Cassirer (1977), Quadros (1997). From the analysis of teaching plans of the Brazilian Sign Language (LIBRAS) and the questionnaires answered by students of Pedagogy of Universidade Nove de Julho and Universidade Presbiteriana Mackenzie, both in São Paulo, it was possible to observe the formation of pedagogues, when it comes to contributions of the Brazilian Sign Language course. From these studies and analysis, new challenges emerge to professors who teach this course and essencial concepts for the formation of pedagogues, future teachers and managers of basic education.
Palavras-chave: surdo;  cultura surda;  formação de professores;  libras
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Centro de Educação, Filosofia e Teologia (CEFT)
Programa: Educação, Arte e História da Cultura
Citação: SOUZA, Andreia Cristina Leite. Libras no curso de pedagogia : a construção de representações sobre alunos com surdez. 2016. 126 f. Dissertação( Educação, Arte e História da Cultura) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/2962
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/18225
Data de defesa: 18-Fev-2016
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/2962/5/Andr%C3%A9ia%20Cristina%20Leite%20Souza.pdf
Aparece nas coleções:Educação, Arte e História da Cultura - Dissertação - CEFT Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.