Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/18219
Tipo do documento: Dissertação
Título: As concepções de linguagem: um olhar sobre materiais do programa Bolsa Alfabetização
Autor: Costa, Claudiane de Cassia
Primeiro orientador: Andrade, Maria de Fátima Ramos de
Primeiro membro da banca: Ambrogi, Ingrid Hötte
Segundo membro da banca: Aparício, Ana Sílvia Moço
Resumo: O presente trabalho tem por objetivo identificar as concepções de linguagem no processo de alfabetização presentes no material didático do Programa Ler e Escrever. O Programa Bolsa Alfabetização constitui-se como uma das principais ações do Programa Ler e Escrever. Trata-se de uma política pública, que apresenta um conjunto de linhas de ação articuladas, com vistas a promover a melhoria do ensino em toda a rede estadual do Estado de São Paulo. No primeiro capítulo, a partir de uma visão histórica, tecemos considerações sobre a formação do professor – a formação inicial e continuada, apresentando uma síntese evolutiva na perspectiva do estado e das políticas públicas implantadas pela Secretaria de Estado da Educação de São Paulo, particularmente, o Programa Bolsa Alfabetização. No segundo capítulo, expomos uma breve história da alfabetização, ressaltando os métodos de alfabetização no Brasil. Na sequência, apresentamos as concepções de linguagem, estabelecendo relações com a história da alfabetização. Por último, discutimos o conceito de alfabetização que o programa defende, procurando destacar a produção escrita como uma das atividades desse processo. No terceiro capítulo, apresentamos o material didático proposto no programa, identificando a concepção de linguagem e, por sua vez, de alfabetização, presente nos materiais didáticos utilizados pelos professores e alunos participantes do programa Bolsa Alfabetização na rede estadual de ensino. Procuramos identificar em que medida essa concepção está presente nas atividades de escrita, propostas nos livros didáticos. A pesquisa mostrou que a linguagem é assumida explicitamente pelo documento, embora nas orientações metodológicas não totalmente como um sistema discursivo que se organiza como forma de interação, no uso e para o uso, escrito e falado, sempre de maneira contextualizada e a alfabetização compreendida como a aprendizagem do sistema de escrita e da linguagem escrita em seus diversos usos sociais e de forma simultânea. Do ponto de vista teórico, a pesquisa se fundamenta em (CAGLIARI, 2006; CALKINS, 1989; FERREIRO E TEBEROSKY, 1999; GATTI E BARRETO, 2009; MARCELO GARCÍA, 1999; MORTATTI, 1999, 2000, 2006, 2007, 2008, 2012; PIMENTA, 2012; SAVIANI, 2009; SMOLKA,1989; SOARES, 1988, 2004; TARDIF, 2014; GERALDI, 2011).
Abstract: This study aims to identify the concepts of language in the literacy process present in didactic materials used by teachers and students at Ler e Escrever (Reading and Writing) Program. Bolsa Alfabetização Program is constituted as one of the main actions of the Program Ler e Escrever (Reading and Writing). This is a public policy which is a shown as a set of coordinated lines of action in order to promote the improvement of education across the state of São Paulo network. In the first chapter we trace considerations about teacher training from a historical perspective - initial and continuing education, with an evolutionary synthesis in the perspective of the state and public policies implemented by the Secretariat of Education of São Paulo, particularly, the Bolsa Alfabetização Program. In the second chapter we expose a brief history of literacy, emphasizing literacy methods in Brazil. Following, we present the language concepts, establishing relations with the history of literacy. At last, we discussed the concept of literacy that the program advocates, seeking to highlight the writing production as one of the activities in this process. In the third chapter we present the educational material proposed at the program, identifying the design language and, in turn, present in the teaching materials used by teachers and students participating at the Bolsa Alfabetização Program inside the state network program of education and to what extent this conception is present in and writing activities proposed in textbooks. Research has shown that language is explicitly assumed by the document although the methodological guidelines not quite as a discursive system that is organized as a means of interaction in use and for use, written and spoken, always in context. Alphabetization understood as the learning of the writing system, and written language in its various social uses and simultaneously. From a theoretical point of view, the research is based at the work of these authors (CAGLIARI, 2006; CALKINS, 1989; FERREIRO E TEBEROSKY, 1999; GATTI E BARRETO, 2009; MARCELO GARCÍA, 1999; MORTATTI, 1999, 2000, 2006, 2007, 2008, 2012; PIMENTA, 2012; SAVIANI, 2009; SMOLKA,1989; SOARES, 1988, 2004; TARDIF, 2014; GERALDI, 2011).
Palavras-chave: programa bolsa alfabetização;  alfabetização;  material didático;  concepções de linguagem;  políticas públicas
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Centro de Educação, Filosofia e Teologia (CEFT)
Programa: Educação, Arte e História da Cultura
Citação: COSTA, Claudiane de Cassia. As concepções de linguagem: um olhar sobre materiais do programa Bolsa Alfabetização. 2016. 155 f. Dissertação( Educação, Arte e História da Cultura) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/2955
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/18219
Data de defesa: 11-Ago-2016
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/2955/5/Claudiane%20de%20Cassia%20Costa.pdf
Aparece nas coleções:Educação, Arte e História da Cultura - Dissertação - CEFT Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.