Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/18159
Tipo do documento: Tese
Título: A percepção de lusofonia entre alunos do ensino médio de realidades sociais diferentes
Autor: Fiamoncine, Leila Maria Mansini
Primeiro orientador: Brito, Regina Helena Pires de
Primeiro membro da banca: Bastos, Neusa Maria Oliveira Barbosa
Segundo membro da banca: Vasconcelos, Maria Lucia Marcondes Carvalho
Terceiro membro da banca: Casagrande, Nancy dos Santos
Quarto membro da banca: Pinto, Elisa Guimarães
Resumo: Este estudo se propõe a verificar e refletir acerca da percepção da identidade linguística entre estudantes do Ensino Médio, de duas escolas de realidades distintas: uma particular e outra pública. A base para a análise se dá por meio da observação do conhecimento/desconhecimento do termo Lusofonia, se percebem o percurso histórico e a expansão geográfica da língua portuguesa, bem como o que ela representa na construção de suas identidades e também dos espaços onde o português é língua oficial. Para as reflexões sobre identidade e identidade na pós-modernidade, esta tese baseia-se, essencialmente, nos estudos de Bauman (2005) e Stuart Hall (2006). Para o conceito de Lusofonia e de identidade lusófona, recorre-se, especialmente, aos estudos de Brito (2010, 2013a e 2013b); Brito e Bastos (2006) e Brito e Martins (2004), Lourenço (2001) e Martins (2004 e 2006). Para verificar e fazer o cotejo das percepções de Língua e Lusofonia, em sua amplitude sócio-geográfica, propusemos aos 02 grupos, como motivação, primeiramente assistir ao documentário Língua – Vidas em Português (realização de 2001, lançada no Brasil em 2004, dirigida pelo moçambicano Víctor Lopes), que mostra falantes e especificidades da língua em cada continente e em que medida influências socioculturais e geográficas atuam e determinam no processo de construção de identidade. Após assistir ao documentário os alunos, de ambos os grupos, cada um em seu espaço escolar, comentaram e discutiram entre si e com o professor diferentes questões abordadas no documentário. Em seguida, responderam a um questionário abordando aspectos sociais, geográficos e identitários e algumas questões pontuais tratadas no filme, para se traçar o perfil dos alunos envolvidos na pesquisa. Além disso, com esta pesquisa, pretendeu-se sugerir uma possibilidade de prática didático-pedagógica aos professores do Ensino Médio, para se trabalhar, atendendo à Legislacão, questões da cultura afro-brasileira e fomentar o debate acerca das variedades linguísticas do português.
Abstract: This study aims to think the linguistic identity in the high school students universe, from schools with different realities: a private and a public one. The basis for the analysis is through observation of knowledge / ignorance of Lusophone term perceive the historical background and geographical expansion of the Portuguese language and what it represents in the construction of their identities and also the spaces where Portuguese is official language. For reflections on the identity in postmodernity will be highlighted the studies by Bauman (2005) and Stuart Hall (2006). In order to think about the concept of Lusophone the researchers conducted by Brito (2010, 2013a e 2013b); Brito e Bastos (2006) e Brito e Martins (2004), Lourenço (2001) e Martins (2004 e 2006). Therefore, to check and make the comparison of language and Lusophone perceptions in its socio-geographic scope, we proposed to the 02 groups, as motivation, first to watch the documentary Língua – Vidas em Portuguese, (realization 2001, launched in Brazil in 2004, led by Mozambican Victor Lopes) which shows speakers and language specificities in each continent and to what extent socio-cultural and geographical influences act and determine the identity building process.After watching the documentary students of both groups, each one in their school environment, commented and discussed with one another and with the teacher various issues addressed in the documentary. Then answered a questionnaire about social, geographical and identity and some specific issues mentioned in the film. Besides, with this research, it was intended to suggest a possibility of didactic and pedagogical practice for high school teachers, to work in view of the legislation, issues of African -Brazilian culture and stimulating debate about the linguistic varieties of Portuguese.
Palavras-chave: lusofonia;  identidades;  ensino de língua portuguesa;  variedades linguisticas do português
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::ENSINO-APRENDIZAGEM::METODOS E TECNICAS DE ENSINO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Centro de Comunicação e Letras (CCL)
Programa: Letras
Citação: FIAMONCINE, Leila Maria Mansini. A percepção de lusofonia entre alunos do ensino médio de realidades sociais diferentes. 2015. 147 f. Tese( Letras) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/2975
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/18159
Data de defesa: 5-Ago-2015
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/2975/5/Leila%20Maria%20Mansini%20Fiamoncine.pdf
Aparece nas coleções:Letras - Teses - CCL Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.