Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/18158
Tipo do documento: Tese
Título: A contradição como fundamento para realização do discurso político brasileiro
Autor: Caniza, Rodrigo Villalba
Primeiro orientador: Bastos, Neusa Maria Oliveira Barbosa
Primeiro membro da banca: Brito, Regina Helena Pires de
Segundo membro da banca: Bridi, Marlise Vaz
Terceiro membro da banca: Brait, Elisabeth
Quarto membro da banca: Campos, Norma Discini de
Resumo: O objetivo da tese é analisar as contradições presentes no discurso político brasileiro e sua relação com a atividade política de formulação de leis, entendidas como a ordenação institucional e burocrática que condiciona o comportamento humano em sociedade. Em particular, o trabalho procura mostrar as ocorrências de uma variedade de contradições nos enunciados dos candidatos às eleições presidenciais de 2014, a relação dessas contradições com as características de gênero do discurso político realizado dentro do campo social da democracia brasileira contemporânea e a possibilidade de reconhecer, nessas ocorrências enunciativas, padrões de contradições que se desdobram também nas dimensões ideológica e estrutural não como uma exceção ou um efeito colateral, mas como uma condição para a própria realização política. Para tanto, é realizada uma revisão bibliográfica da história da filosofia política, da história da formação do pensamento político brasileiro e, para a análise do corpus, são consideradas as propostas teóricas formuladas pela Análise do Discurso Francesa e por autores como Jean-Jacques Courtine, Pierre Bourdieu e Patrick Charaudeau. No corpo do trabalho, as principais ideias defendidas pelos pensadores políticos são associadas ao processo historiográfico de registro dos fatos relativos ao exercício do poder e, a partir dessa associação, torna-se possível observar em que medida os processos de construção do discurso político fundamentam e constituem o exercício do poder estatal por meio da autoridade estabelecida no direito de ordenar e legislar a partir das orientações de um ethos que, em púbico, procura atender expectativas e regras do espetáculo televisivo do debate, mas que, no interior do campo político, procura atender às regras internas que garantem sua participação e o aumento de seu poder simbólico. Os resultados da análise do corpus permitem identificar quatro modelos de contradições estruturais, ideológicas, discursivas e enunciativas que se retroalimentam e constituem alguns dos principais instrumentos culturais para a manutenção de uma ordem que garante a existência do campo político no Brasil e que é a consequência direta da formação do pensamento político brasileiro. Assim, uma vez exposto o caráter essencialmente contraditório do discurso político brasileiro, bem como as dificuldades que ele impõe ao ideal de justiça e participação política, passa-se a questionar quais seriam as alternativas a esse modelo, bem como sua viabilidade, o que é feito a partir de reflexão baseada nas considerações de autores como Robert Dahl, Robert Nozick e Slavoj Zizek.
Abstract: The aim of the thesis is to analyze the contradictions present in the Brazilian political discourse and its relation to political activity formulation of laws, understood as the institutional and bureaucratic order that determines human behavior in society. In particular, the work tries to show the occurrences of a variety of contradictions in the statements of candidates for presidential elections in 2014, the relationship between these contradictions and the gender characteristics of political discourse conducted within the social field of contemporary Brazilian democracy and the possibility of recognizing in such enunciative events, contradictions patterns that also unfold in the ideological and structural dimensions not as an exception or a side effect, but as a condition for the political realization. Therefore, a literature review of the history of political philosophy and the history of the formation of the Brazilian political thought is held and for the analysis of the corpus, are considered the theoretical proposals made by the French Discourse Analysis and by authors such as Jean-Jacques Courtine, Pierre Bourdieu and Patrick Charaudeau. In the document, the main ideas advocated by political thinkers are also associated with the historiographical process of register facts concerning the exercise of power and, from this association, it becomes possible to observe how the political discourse becomes constitutive of the exercise of state power by established authority by giving the right to organize and legislate from the guidance of an ethos that publicly seeks to meet expectations and rules of the TV debate show, but that within the political field, demands to matches internal rules to ensure their participation and increasing their symbolic power. The corpus of analysis allows the identification of four models of structural, ideological, discursive and enunciative contradictions that provide feedback to each other and are some of the main cultural instruments for maintaining an order that ensures the existence of the political field in Brazil, which is the direct consequence of the Brazilian political thought formation. Thus, once exposed the essentially contradictory character of the Brazilian political discourse as well as the difficulties it imposes on the ideal of justice and political participation, the reflection focuses on what are the alternatives to this model as well as its viability, which is made from reflection based on the works of authors such as Robert Dahl, Robert Nozick and Slavoj Zizek.
Palavras-chave: discurso político;  política brasileira;  contradições;  análise do discurso
Área(s) do CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA
CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS
CNPQ::CIENCIAS HUMANAS
CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Centro de Comunicação e Letras (CCL)
Programa: Letras
Citação: CANIZA, Rodrigo Villalba. A contradição como fundamento para realização do discurso político brasileiro. 2015. 358 f. Tese (Letras) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/3059
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/18158
Data de defesa: 12-Jun-2015
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/3059/5/Rodrigo%20Villalba%20Caniza.pdf
Aparece nas coleções:Letras - Teses - CCL Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.