Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/18156
Tipo do documento: Tese
Título: Discurso Pedagógico versus Identidade Cultural: Estudo Comparado entre Brasil e Angola
Autor: Moura, Vagner Aparecido de
Primeiro orientador: Bastos, Neusa Maria Oliveira Barbosa
Primeiro membro da banca: Vasconcelos, Maria Lucia Marcondes Carvalho
Segundo membro da banca: Pinto, Elisa Guimarães
Terceiro membro da banca: Hanna, Vera Lucia Harabagi
Quarto membro da banca: Casagrande, Nancy dos Santos
Resumo: O debate acerca das implicações de uma herança cultural comum emoldurada em uma perspectiva multiculturalista, impeliu-me a abordar, ao longo desta pesquisa, o entrecruzamento entre a língua portuguesa e a identidade cultural dos alunos no Brasil e em Angola. Essa abordagem foi construída tanto por meio de uma escuta polifônica e dialógica (com o intuito de dar vozes aos membros da CPLP), quanto por uma observação atenta a um cenário - Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, repleto de descontinuidades, porosidades e conflitos. No decorrer deste estudo, um dos objetivos essenciais foi compreender o processo de configuração da imagem do afro-brasileiro e do angolano ao longo da história nos livros didáticos de História no período de 1945-2014 e também verificar a influência do discurso pedagógico e o papel da instituição escolar no processo de individuação dos atores sociais- brasileiros e angolanos. Para lograr êxito nesse processo investigativo, foi adotada a seguinte metodologia: a) revisão de literatura do contexto histórico no Brasil e em Angola, por intermédio de um método histórico descritivo-comparado; b) análise do discurso pedagógico dos livros didáticos de História, por meio do aporte teórico dos Estudos Culturais, da História, da Semiolinguística e da Psicanálise e c) trabalho de campo etnológico que dará ênfase, por intermédio da proposta de modelo de análise de discurso (abordado no capítulo IV subitem 4.2), a interação contínua entre os dispositivos de investigação de campo, da descrição, do processo interpretativo dos fenômenos socioculturais, com o intuito de compreender o discente do primeiro e do segundo ano do ensino médio como sujeito histórico em sua prática diária. O percurso epistemológico proposto possibilitará aos leitores a compreender as imbricações entre língua, conhecimento e poder no cenário lusófono. Este cenário é marcado por descontinuidades e porosidades, visto que abarca questões ideológica, política e econômica que se entrecruzam e fornecem-nos um cenário mais denso e complexo ao termo lusofonia e sua respectiva comunidade.
Abstract: The discussion on implications of ordinary cultural heritage framed in a multiculturalist perspective, leads me to approach, over this research, the intersection between portuguese language and cultural identity from brazilian and angolan students. This approach has been built both by polyphonic and dialoguic listening (in order to give voices to CPLP members), as by close observation in scenario – Community of Portuguese Language Countries, full of discontinuities, porosities and conflicts. During this research, one of the essential goals have been understood the image setting’s brazilian and angolan over the history in the History textbook in the period from 1945 to 2014 and to verify the influence of pedagogic discourse and the institutional role in the process of individuation of social actors: brazilians and angolans. In order to get outcome in this investigation process, it was adopted the following methodology: a) literature review of History context in Brazil and Angola, through descriptive and compared historical method; b) pedagogical discourse analysis of the textbooks of History, through the theoretical framework of Cultural Studies, History, Semiolinguistics and Psychoanalysis and c) ethnological fieldwork that will emphasize, through the proposal of discourse analysis model (discussed in Chapter IV subsection 4.2), the continuous interaction between field research devices, the description, the interpretive process of socio-cultural phenomena, with order to understand the student`s first and second year of high school as historical subject in their daily practice. The proposed epistemological journey enables readers to understand the overlaps among language, knowledge and power in the lusophone scenario. This scenario is marked by discontinuities and porosities, because encompasses ideological, political and economic issues that interlace and provide us a scenario more dense and complex to the lusophone term and its respective community.
Palavras-chave: discurso pedagógico;  identidade cultural;  angolano;  brasileiro;  livro didático
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO
CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::ANTROPOLOGIA
CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAO
CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA
CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Centro de Comunicação e Letras (CCL)
Programa: Letras
Citação: MOURA, Vagner Aparecido de. Discurso Pedagógico versus Identidade Cultural: Estudo Comparado entre Brasil e Angola. 2016. 328 f. Tese (Letras) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/3026
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/18156
Data de defesa: 25-Fev-2016
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/3026/5/Vagner%20Aparecido%20de%20Moura.pdf
Aparece nas coleções:Letras - Teses - CCL Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.