Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/18155
Tipo do documento: Tese
Título: A cor púrpura : desvendando o processo de adaptação cinematográfica do romance epistolar
Autor: Dimitrov, Luciana Duenha
Primeiro orientador: Pereira, Helena Bonito Couto
Primeiro membro da banca: Alvarez, Aurora Gedra Ruiz
Segundo membro da banca: Corrêa, Lilian Cristina
Terceiro membro da banca: Junqueira, Maria Aparecida
Quarto membro da banca: Morais, Osvando José de
Resumo: A adaptação da literatura ao cinema tem sido estudada vigorosamente desde que a Sétima Arte se tornou parte integrante da cultura ocidental. No entanto, adaptar implica escolhas que podem desestabilizar os alicerces sob os quais o romance se estrutura. O simples fato de ter que reduzir um romance a uma quantidade delimitada de minutos já denota decisões que muitas vezes descontentam público e crítica que esperam, na narrativa fílmica, uma reprodução fidedigna da narrativa literária. Tendo essa perspectiva em mente, objetiva-se, aqui, estudar a adaptação de A Cor Púrpura (The Color Purple). Estruturado como um romance epistolar, o best seller de Alice Walker foi publicado em 1982 e adaptado por Steven Spielberg em 1985.Partindo da análise desse corpora, objetiva-se, neste trabalho, desvendar os mecanismos adaptativos que foram empregados no processo de transformação do romance ao filme. Para o estudo da adaptação, teóricos como George Bluestone, Linda Hutcheon, Siobhan O’Flynn, Cristian Metz, Sarah Kozloff são de suma importância Já Elizabeth H. Cook, Amanda Gilroy, W.M. Verhoeven, Linda Kauffman, Mary Favret revelam-se essenciais à compreensão da estrutura do romance epistolar.
Abstract: Adapting literature to movies has been constantly studied since the Seventh Art became a forming part of the Western Culture. However, adapting implies choices that may encumber the structures upon which the novel is established. The simple fact that the novel has to be shorten to a limited quantity of minutes presents, on its own, decisions that, most of the times, dissatisfies both audience and critics that await for, while at the film mode, an authentic reproduction of the literary piece. Deeply criticized, the adaptation of The Color Purple is to be studied at this work. Constructed as an epistolary novel, Alice Walker’s best seller was published in 1982 and adapted by Steven Spielberg in 1985. By analyzing these corpora, the main goal here is to unveil the adaptation mechanisms that were used in the transformation process from the book to the movie. In order to study the adaptation, theorists like George Bluestone, Linda Hutcheon, Siobhan O’Flynn, Cristian Metz, Sarah Kozloff are of urgent importance. Elizabeth H. Cook, Amanda Gilroy, W.M. Verhoeven, Linda Kauffman, Mary Favret are taken as essential names in order to comprehend the structure of the epistolary novel.
Palavras-chave: A Cor Púrpura;  adaptação;  romance epistolar;  voz-over
Área(s) do CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS::LITERATURAS ESTRANGEIRAS MODERNAS
CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS::LITERATURA COMPARADA
CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Centro de Comunicação e Letras (CCL)
Programa: Letras
Citação: DIMITROV, Luciana Duenha. A cor púrpura : desvendando o processo de adaptação cinematográfica do romance epistolar. 2015. 277 f. Tese( Letras) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/3019
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/18155
Data de defesa: 9-Dez-2015
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/3019/5/Luciana%20Duenha%20Dimitrov.pdf
Aparece nas coleções:Letras - Teses - CCL Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.