Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/18126
Tipo do documento: Dissertação
Título: Relações diálogicas entre Alberto Caeiro e Manoel de Barros
Autor: Marques, Luis Paulo Fiúza
Primeiro orientador: Alvarez, Aurora Gedra Ruiz
Primeiro membro da banca: Bridi, Marlise Vaz
Segundo membro da banca: Ignatti, Angela Sivalli
Resumo: Propomos por meio deste trabalho analisar a convergência e a divergência entre a poesia de Alberto Caeiro no exame do livro O guardador de rebanhos e a de Manoel de Barros em O livro das ignorãças, sob o enfoque da Filosofia da linguagem especialmente do conceito de dialogismo, da Literatura comparada e da Teoria literária. Examinar-se-á como essas áreas do conhecimento auxiliam para a análise e interpretação das obras e para compreensão do diálogo entre os textos poéticos em exame. A metodologia de trabalho consistiu em uma leitura minuciosa e crítica da Poesia completa, de Manoel de Barros. Desta, selecionamos o livro lançado em 1993, O livro das ignorãças, por acreditar que essa obra estabelece um diálogo relevante com a de Alberto Caeiro e que o estudo comparativo entre os dois textos amplia e muito contribui para o conhecimento do modo como O guardador de rebanhos se inscreve como interdiscurso na poesia do escritor brasileiro. Após a escolha dos livros, o trabalho de seleção deu-se para definir os objetivos do estudo a partir dos poemas, considerando neles a filosofia do ver, a negação do pensar, a natureza e a percepção de Deus ou de religiosidade. Justifica-se a escolha dos poemas V e o poema XLVI de Alberto Caeiro e o poema “Uma didática da invenção” como textos centrais, mas não únicos, porque eles mantêm estreita relação intertextual no tocante ao tema do conhecimento do mundo apresentado pelos poetas. Como fundamentações teóricas para esta dissertação foram eleitas as formulações teóricas do círculo de Mikhail Bakhtin, Leyla Perrone-Moisés, Wolfgang Kayser, Antonio Candido e Sandra Nitrini. Os resultados alcançados por meio desta pesquisa apontam possíveis influências que a poesia de Manoel de Barros sofreu perante o posicionamento de Alberto Caeiro em face à existência.
Abstract: This dissertation aims at analyzing the convergence and divergence between Alberto Caeiro’s poetry, through the book O guardador de rebanhos, and Manoel de Barros’s poetry, through the book O livro das ignorãças, and through the lens of some concepts belonging to the philosophy of language, specially dialogism, comparative literature, and literary theory. We seek to comprehend how these areas of knowledge contribute to the analysis and interpretation of the aforementioned works, and also to the understanding of the dialog between these poetic texts. The adopted methodology consisted of a thorough and critical reading of Manoel de Barros’s Poesia completa, from which we have selected O livro das ignorãças, published in 1993. We strongly believe that this work establishes a relevant dialog with the poetry of Alberto Caeiro, and that the comparative study between both texts not only contributes but also enlarges the knowledge on how O guardador de rebanhos defines itself as interdiscourse in the Brazilian writer’s poetry. Having chosen the books, the next step was to define our objectives according to each poem, taking into consideration the topics of philosophy of visible, negation of thinking, and the nature and perception of God or religiosity. Alberto Caeiro’s poem V and poem XLVI, and the poem Uma didática da invenção have been selected as key but not exclusive texts in their close intertextual relation with the idea of world experience presented by the poets. Regarding the theoretical basis guiding this dissertation, we have selected the theories proposed by Mikhail Bakhtin, Leyla Perrone-Moisés, Wolfgang Kayser, Antonio Candido and Sandra Nitrini. The results obtained by this research show possible influences of Alberto Caeiro’s positioning towards existence in Manoel de Barros’s poerty.
Palavras-chave: O guardador de rebanhos;  O livro das ignorãças;  poesia dos sentidos
Área(s) do CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS::LINGUAS ESTRANGEIRAS MODERNAS
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Centro de Comunicação e Letras (CCL)
Programa: Letras
Citação: MARQUES, Luis Paulo Fiúza. Relações diálogicas entre Alberto Caeiro e Manoel de Barros. 2014. 98 f. Dissertação (Letras) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/3025
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/18126
Data de defesa: 5-Dez-2014
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/3025/5/Luis%20Paulo%20Fi%C3%BAza%20Marques.pdf
Aparece nas coleções:Letras - Dissertações - CCL Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.