Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/18110
Tipo do documento: Tese
Título: Construção coletiva da identidade no setor de coleta seletiva de resíduos sólidos de equipamentos elétricos e eletrônicos: uma análise a partir do processo de categorização
Autor: Braga, Ana Carolina Simões
Primeiro orientador: Meirelles, Dimaria Silva e
Primeiro membro da banca: Domenico, Silvia Márcia Russi
Segundo membro da banca: Bulgacov, Sérgio
Terceiro membro da banca: Thomaz, José Carlos
Quarto membro da banca: Cardosos, Onéssimo de Oliveira
Resumo: Teve-se como objetivo central, neste estudo, descrever o processo evolutivo da identidade no nível organizacional a partir da categorização dos elementos de ordem simbólica e formal definidos pelos membros organizacionais e agentes externos da audiência de uma cooperativa de coleta seletiva de resíduos de equipamentos elétricos e eletrônicos. Para auferir esse objetivo, foram revisados os conceitos identidade no nível organizacional, audiência, atores da cadeia reversa e categorização. Para os conceitos identidade no nível organizacional e categorização, houve uma preocupação de adequação à perspectiva de processos. Ancorado nesses conceitos, foi desenvolvido um modelo conceitual e, consequentemente, o operacional servindo, a princípio, como um guia para o desenvolvimento do estudo de caso Coopermiti, o qual tecido em forma de narrativa possibilitou descrever em ordem cronológica o processo de construção coletiva da identidade da Coopermiti, ao longo do tempo, constituída por eventos e seus promotores. Os dados são longitudinais, abrangendo um período de coleta de dados primários de 29 (vinte e nove) meses, iniciando em novembro de 2012 e finalizando em abril de 2015. Foram realizadas no total 11 (onze) entrevistas entre membros organizacionais e agentes externos da audiência da Coopermiti, sendo complementadas com informações advindas da observação não participativa e dados secundários. Como resultado, observaram-se os papéis exercidos, ora pelos membros organizacionais, ora pelos agentes externos, no processo de inclusão, exclusão e alteração de elementos de ordem formal e simbólica componentes da identidade no nível organizacional, ao longo do processo de construção. O período que compreende desde o seu nascimento no final de 2008 até o momento atual identificou uma evolução na identidade da Coopermiti, apresentando uma sequência de sete identidades ao longo tempo, evidenciando que, embora o seu propósito de ser permaneça o mesmo, a identidade do passado e do presente se diferem gradativamente, conforme houve a inclusão, exclusão e alteração de elementos de ordem formal e simbólica que a constituem. Como contribuição teórica, destaca-se que adotar a abordagem de processos permite visualizar a identidade em uma perspectiva evolutiva; quanto à contribuição empírica, constatou que a Coopermiti é um caso de sucesso no Brasil de cooperativas de coleta seletiva de resíduos sólidos, visto que foram identificados elementos que comprovam sua evolução e desenvolvimento organizacional e que a coparticipação dos membros organizacionais e agentes externos da audiência direcionam para a obtenção da legitimidade social.
Abstract: This study aimed to describe the evolutive process of the identity in the organizational level from the categorization of the elements of the symbolic and formal order defined by the organizational members and external agents of the audience of the a cooperatives of the selective collection of the waste of electronics and electrical equipment. To obtain this objective, were reviewed the concepts: identity in the organizational level, audience, actors of the reverse chain and categorization. For the concepts identity in the organizational level and categorization, there was a preoccupation of the adequacy to the perspective of the processes. Anchored in these concepts, was developed a conceptual model, and, consequently, the operational that served, at first, as a guide for the development of case study Coopermiti, which tissue in narrative form made it possible to describe in chronological order the process of the collective construction of the Coopermiti identity, over time, constituted by events and their promoters. The data are longitudinal, encompassing a period of the gathering primary data of the 29 (twenty nine) months, starting in November 2012 and ending in April 2015. Were realized in total 11 (eleven) interviews between organizational members and external agents of the audience of the Coopermiti, being complemented with information arising from the non-participatory observation and secondary data. As a result, were observed the roles performed, either by organizational members, either by external agents, in the process of the inclusion, exclusion and alteration of the elements of the formal and symbolic order components of the identity in the organizational level, along the construction process. The period which comprise since the your birth at the end 2008 until the present time identified a evolution in the identity of Coopermiti, presenting a sequence of the seven identities over time, showing that, although its purpose of being remains the same, the identity of past and of present differ gradually, as was the inclusion, exclusion and alteration of the elements of the formal and symbolic order that constitute it. As theoretical contribution, highlights that adopt a process approach allows to view the identity in an evolutive perspective; as the empirical contribution, found that Coopermiti is a success story in Brazil of the cooperatives of selective collection of solid waste, were identified elements that prove its evolution and organizational development and the co-participation of organizational members and external agents of the audience for obtaining the social legitimacy.
Palavras-chave: audiência;  identidade no nível organizacional;  categorização;  abordagem de processos
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO::ADMINISTRACAO DE EMPRESAS
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Centro de Ciências Sociais e Aplicadas (CCSA)
Programa: Administração de Empresas
Citação: BRAGA, Ana Carolina Simões. Construção coletiva da identidade no setor de coleta seletiva de resíduos sólidos de equipamentos elétricos e eletrônicos : uma análise a partir do processo de categorização. 2015. 256 f. Tese (Administração de Empresas) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/3150
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/18110
Data de defesa: 27-Out-2015
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/3150/5/Ana%20Carolina%20Sim%C3%B5es%20Braga.pdf
Aparece nas coleções:Administração de Empresas - Teses - CCSA Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.