Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/18102
Tipo do documento: Tese
Título: A relação entre a resolução de conflitos e a capacidade relacional em alianças estratégicas contratuais: um estudo no setor farmacêutico humano no Brasil
Autor: Dias , Fabrício da Costa
Primeiro orientador: Bataglia, Walter
Primeiro membro da banca: Perez, Gilberto
Segundo membro da banca: Galina, Simone Vasconcelos Ribeiro
Terceiro membro da banca: Zilber, Moises Ari
Quarto membro da banca: Hoffman, Valmir Emil
Resumo: Este estudo tem como objetivo avaliar a relação entre a resolução de conflitos, a capacidade relacional e o desempenho de alianças estratégicas contratuais. O universo da pesquisa são as empresas farmacêuticas humanas brasileiras. A população de empresas foi definida a partir de laboratórios farmacêuticos, empresas farmacoquímicas, empresas de biotecnologia e redes de farmácias. Foi elaborado um modelo estrutural e de mensuração composto por relações causais entre esses construtos baseadas na teoria existente. A partir do modelo, definiram-se variáveis latentes de primeira e segunda ordem e indicadores mensuráveis. Foram coletados dados primários em 159 empresas por meio de entrevistas com gestores responsáveis por alianças. Estudou-se uma aliança em cada empresa. Para testar os dados coletados relativos ao modelo de mensuração procedeu-se à análise de equações estruturais pelo método Partial Least Squares. Os resultados alcançados mostram que existe coerência entre a base teórica utilizada no trabalho e os dados empíricos obtidos. Destaca-se que a capacidade relacional e a resolução de conflitos em alianças estratégicas influenciam positivamente o desempenho das alianças a partir de contribuição maior do que seus custos. Conclui-se que a abordagem da economia organizacional pode se beneficiar do estudo das capacidades organizacionais com a capacidade relacional para explicar a diferença de desempenho das organizações. E que as abordagens de capacitações podem ganhar com a aproximação da economia organizacional para explicar a origem das capacidades organizacionais.
Abstract: This study aims to evaluate the relationship between conflict resolution, relational capacity and performance of contractual strategic alliances. The research universe are Brazilian human pharmaceutical companies. The population of companies was set to from pharmaceutical companies, manufacturers together companies, biotechnology companies and pharmacy chains. a structural model was prepared and measurement composed of causal relationships between these constructs based on existing theory. From the model, they defined latent variables of first and second order and measurable indicators. We collected primary data on 159 companies through interviews with managers responsible for alliances. He studied an alliance to each company. To test the data collected for the measurement model proceeded to the analysis of structural equations by Partial Least Squares method. The achieved results show that there is consistency between the theoretical basis used in the work and the empirical data. It is noteworthy that the relational capacity and resolution of conflicts in strategic alliances positively influence the performance of alliances from greater contribution than its costs. organizational economics approach to conclude that can benefit from the study of organizational capabilities with relational capacity to explain the difference in performance of organizations. And that training approaches can gain with the approach of organizational economics to explain the origin of organizational capabilities.
Palavras-chave: desempenho de aliança estratégica contratual;  capacidade relacional;  resolução de conflitos;  custo de transação;  setor farmacêutico brasileiro
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO::ADMINISTRACAO DE EMPRESAS
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Centro de Ciências Sociais e Aplicadas (CCSA)
Programa: Administração de Empresas
Citação: DIAS, Fabrício da Costa. A relação entre a resolução de conflitos e a capacidade relacional em alianças estratégicas contratuais: um estudo no setor farmacêutico humano no Brasil. 2016. 108 f. Tese (Administração de Empresas) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/3142
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/18102
Data de defesa: 1-Dez-2016
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/3142/5/Fabr%C3%ADcio%20da%20Costa%20Dias.pdf
Aparece nas coleções:Administração de Empresas - Teses - CCSA Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.