Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/18085
Tipo do documento: Dissertação
Título: Controles gerenciais e flexibilidade: um estudo qualitativo com gerentes do e-commerce
Autor: CALIXTO, ANDERSON LUIZ BEZERRA
Primeiro orientador: Oyadomari, José Carlos Tiomatsu
Primeiro membro da banca: Lima, Ronaldo Gomes Dultra de
Segundo membro da banca: Yen-Tsang, Chen
Terceiro membro da banca: Mendonça Neto, Octavio Ribeiro de
Quarto membro da banca: Aguiar, Andson Braga
Resumo: A sociedade moderna encontrou uma nova forma de fazer negócio chamada e-commerce. Com a expansão da internet essa modalidade de compras vem crescendo constantemente e a forma de gerir este novo canal de vendas é pouco explorada. A maioria dos colaboradores, que compõem essa nova modalidade de negócio vêm de outros ramos de atividades. A flexibilidade do comércio eletrônico propicia maior agressividade (tanto no preço, como no produto e na comunicação ou distribuição). Portanto, o mercado necessita de profissionais especializados em e-business. Internamente, converter o click de compras de um site em pedido entregue na casa do cliente exige várias etapas (Ciclo do Pedido), que são bem diferentes das etapas do varejo físico, e os controles cibernéticos e culturais são uma adaptação do atacado. O e-commerce é cercado de incertezas estratégicas, que geram necessidade de destreza para o negócio, que necessita ser controlado de forma diferenciada, pois exige flexibilidade: de mão de obra, tanto em formação quanto em quantidade e de capacidade de ocupação de carros de transportes, ou seja, preço dinâmico, competitivo e online. Como o mercado é concorrente, as lojas (websites) devem ser simples e complexas simultaneamente, pois, cada cliente deve enxergar um layout diferente. Volta a ideia de flexibilidade, agora nos produtos apresentados e na comunicação individualizada da 1ª página. Procurando comparar a literatura com a prática e a viabilizar soluções para esse mercado de crescimento célere, este trabalho traz ao âmbito acadêmico os gaps que foram identificados por meio de entrevistas com renomados profissionais das maiores empresas do e-commerce, de acordo com o e-bit. De natureza exploratória e método qualitativo utilizou-se para a coleta de dados: entrevistas em profundidade com 8 (oito) profissionais de diferentes áreas. Os dados coletados sofreram análise de conteúdo pelo software NVIVO. Este trabalho objetivou investigar a percepção dos profissionais de e-business quanto ao grau de flexibilidade do ecommerce comparado às suas áreas de ações anteriores; quais são os principais indicadores utilizados por esses gestores e quais as mudanças de cenário que os fazem flexibilizar suas decisões. Como principais resultados identificaram-se as incertezas estratégicas que flexibilizam as decisões, os indicadores usados no e-commerce que balizam suas ações, metodologia de trabalho, procedimentos (Ciclo do Pedido) e as propostas de melhorias na prática. Ainda, verificou-se que as empresas são carentes em tecnologia nas informações e nos processos, faltando: integração das áreas, suporte, indicadores monetários (até para áreas estratégicas) e metodologia científica para precificar, justificando os prejuízos dos principais e-commerces do Brasil. Ao final do trabalho ficou evidenciado que existe uma crise de identidade cultural entre empresa digital e o varejo físico, e que o Sistema de Informação exige, porém, não é inteiramente funcional. Nas empresas que exercem os controles de comparação por pares, o sistema de crenças é mais latente. De uma empresa para outra as informações divergem em diversos aspectos, porém todos convergem na percepção que o comércio eletrônico é o canal de venda do futuro e que o marketplace é a principal ferramenta para flexibilizar ainda mais este tipo de organização.
Abstract: Our society has found a new way of doing business. It is called e-commerce. With the expansion of the internet this form of shopping has been growing constantly and ways of managing this new sales channel is underexplored. Most employees in this new business model come from different fields of work. The flexibility of e-commerce allows for more aggressiveness, (in price, product, Communication and on distribution). Bringing about a need for specialized professionals in e -business. The internal process of turning the buying click on the website into an order delivered to the door of the buyer requires several steps (the Order Cycle); all of them quite different from the steps taken in physical retail, and cyber controls and cultural controls are an adaptation of the wholesale. E-commerce is surrounded by strategic uncertainties, which generates a demand for dexterity in the business, and this business has to be controlled in a different way, because it requires flexibility: in labor, both in training and in quantity and on the capacity of transport, i.e. pricing, competitive and online. Seeing as the market is competitive, stores should be simple and complex at the same time, since each client should see a different layout. Again the idea of flexibility, now referring to products displayed and individualized communication on the first page of the website. Seeking to compare theory to practice and to find solutions for this fast-growing market this paper brings to academic the gaps that were identified during interviews with renowned professionals from the largest e-commerce companies, according to E-bit. The research was exploratory, using the qualitative method that was as a methodology for data collection interviews with eight professionals from different companies. The collected data was processed through content analysis using the NVIVO software. The objective of this research was to investigate the perception of E-business professionals on the degree of flexibility of e-commerce compared to their previous experiences and fields; which are the main indicators used by these managers and which changes in scenario have made them more flexible in their decisions. The main results identified strategic uncertainties that made decision-making more flexible, indicators used in e-commerce that guide their actions, work methodology, procedures (the Order Cycle) and practical proposals for improvement . Still, it was found that companies are lacking in technology of the information and processes, integration of areas, support, monetary indexes (even for strategic areas) and scientific methodology for pricing, justifying the losses of the main e-commerce in Brazil. The research showed that is a cultural identity crisis between digital companies and the physical retail, and that there is a System of Information although not fully functional. In business that exerts peer-monitoring controls, the belief system is more latent. From one company to another the information differs in several respects, but they all converge when it comes on the perception that the electronic commerce is the future of sales and that marketplace is the main tool for further flexibility in this type of organization.
Palavras-chave: contabilidade gerencial;  e-commerce;  e-business;  marketplace;  tomada de decisão
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO::CIENCIAS CONTABEIS
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Centro de Ciências Sociais e Aplicadas (CCSA)
Programa: Controladoria Empresarial
Citação: CALIXTO, Anderson Luiz Bezerra. Controles gerenciais e flexibilidade: um estudo qualitativo com gerentes do e-commerce. 2016. 90 f. Dissertação (Controladoria Empresarial) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo .
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/3168
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/18085
Data de defesa: 18-Ago-2016
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/3168/5/ANDERSON%20LUIZ%20BEZERRA%20CALIXTO.pdf
Aparece nas coleções:Profissional em Controladoria Empresarial - Dissertações - CCSA Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.