Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/18069
Tipo do documento: Tese
Título: Evidencias de validade do instrumento de motivação (Task and Ego Orientation in Sport Questionnaire – TEOSQ) para para-atletas brasileiros
Autor: Hirota, Vinicius Barroso
Primeiro orientador: Paula, Cristiane Silvestre de
Primeiro coorientador: Seabra, Alessandra Gotuzo
Primeiro membro da banca: Assis, Silvana Maria Blascovi de
Segundo membro da banca: Marco, Ademir De
Terceiro membro da banca: Caperuto, Érico Chagas
Quarto membro da banca: Bernardes, Nathalia
Resumo: Atualmente o universo do esporte adaptado tem despontado para-atletas buscando uma constante superação no contexto esportivo, mas os mesmos devem estar motivados para a prática esportiva, para as competições e sobretudo para a superação frente às derrotas ou na manutenção da vitória. Nesta perspectiva, o atual estudo teve como objetivo principal validar o instrumento de motivação Task and Ego Orientation in Sport Questionnaire (TEOSQ) para a população brasileira de para-atletas, deficientes físicos, testando as propriedades psicométricas (validade, fidedignidade e reprodutibilidade), estabelecendo escore referente ao instrumento estudado, possibilitando assim descrever o nível de motivação (orientação para tarefa e para ego). Através de uma abordagem quantitativa descritiva avaliamos uma amostra de 771 para-atletas maiores de 18 anos de idade (média de 29,51±9,65 anos) de ambos os gêneros, escolhidos aleatoriamente. O projeto contou com três etapas: estudo piloto, estudo completo e teste-reteste, na qual foram coletados dados segundo três instrumentos estruturados e autoaplicáveis: (1) questionário de identificação, (2) TEOSQ, e (3) instrumento que avalia a auto percepção de sucesso, intitulado Perception of Success Questionnaire (POSQp). Após a aprovação Comitê de Ética em Pesquisa, iniciou-se o contato com os para-atletas via Comitê Paralímpico Brasileiro e pessoalmente em competições regionais, nacionais e internacionais. Posteriormente realizou-se o estudo piloto com 47 para-atletas de idade média de 29,42 (±9,00), onde foram identificados resultados positivos do TEOSQ em relação à consistência interna e correlação com o POSQp. A partir desses resultados, passamos ao estudo completo que contou com a participação de 771 para-atletas de diferentes Estados brasileiros, seguindo os mesmos passos do estudo piloto. Os resultados apontaram para alta consistência do TEOSQ em relação à orientação para tarefa e para ego (Alfa de tarefa de 0.82 e de ego de 0.77). A única exceção aconteceu em relação à questão 6 (Os outros bagunçam e eu não), especificamente na orientação para o ego, pois as modelagens estatísticas de consistência interna e análise fatorial exploratória (AFE) revelou que essa questão estava dissociada do fator ego, revelando um terceiro fator. Na testagem teste-reteste, os resultados comprovaram a estabilidade interna do instrumento, e os fatores explorados se associaram com valores latentes nas orientações, com exceção da questão 6, na qual o modelo de AFE sugeriu um 3º fator latente. Os resultados desta pesquisa permitem concluir que o TEOSQ possui adequadas propriedades psicométricas para avaliação de motivação entre para-atletas brasileiros, segundo diferentes estratégias de validação. Ao mesmo tempo, os modelos analíticos realizados na pesquisa indicam a retirada da questão de número 6, pois levaria ao aprimoramento do instrumento. Outra conclusão do estudo foi que os para-atletas têm tendências motivacionais do tipo orientação para tarefa, revelando sua preocupação em aprender, em se desenvolver e em cooperar com os parceiros de equipe, julgando que seus resultados de sucesso são decorrentes de seu esforço/treinamento e conquistas pessoais, e não ao acaso.
Abstract: Nowadays, the universe of adapted sport has emerged for athletes seeking a constant overcoming in the sporting context, but they must be motivated for sports practice, for competitions and above all for overcoming defeats or maintaining victory. In this perspective, the present study had as main objective validate the Task and Ego Orientation in Sport Questionnaire (TEOSQ) for the Brazilian population of paraathletes, physically disabled, testing the psychometric properties (validity, reliability and reproducibility), Establishing a score related to the instrument studied, thus enabling a description of the level of motivation (task orientation and ego). Through a descriptive quantitative approach we evaluated a sample of 771 para-athletes over 18 years of age (mean of 29.51 years [± 9.65]) of both genders, randomly selected. After the approval of the Research Ethics Committee, the contact with para-athletes was initiated via the Brazilian Paralympic Committee and personally in regional, national and international competitions. Subsequently, the pilot study was carried out with 47 para-athletes with a mean age of 29.42 (± 9.00), which positive results of TEOSQ were identified in relation to internal consistency and correlation with POSQp. From these results, we proceeded to the complete study that counted on the participation of 771 para-athletes from different Brazilian States, following the same steps of the pilot study. The results pointed to the high consistency of TEOSQ in relation to task orientation and to ego (task alpha of 0.82 and ego of 0.77). The only exception was in relation to question 6 (The others mess up and I do not), specifically in ego orientation, since the statistical modeling of internal consistency and exploratory factorial analysis (AFE) revealed that this question was dissociated from the ego factor, revealing A third factor. In the test-retest test, the results confirmed the internal stability of the instrument, and the explored factors were associated with latent values in the guidelines, except for question 6, where the AFE model suggested a latent third factor. The results pointed to the high consistency of TEOSQ in relation to task orientation and to ego (task alpha of 0.82 and ego of 0.77). The only exception was in relation to question 6 (The others mess up and I do not), specifically in ego orientation, since the statistical modeling of internal consistency and exploratory factorial analysis (AFE) revealed that this question was dissociated from the ego factor, revealing A third factor. In the test-retest test, the results confirmed the internal stability of the instrument, and the explored factors were associated with latent values in the guidelines, except for question 6, where the AFE model suggested a latent third factor. The results of this research allow us to conclude that TEOSQ has adequate psychometric properties to evaluate motivation among Brazilian para-athletes, according to different validation strategies. At the same time, the analytical models performed in the research indicate the withdrawal of the issue of number 6, since it would lead to the improvement of the instrument. Another finding of the study was that para-athletes have motivational tendencies of the task-oriented type, revealing their concern to learn, develop, and cooperate with team partners, believing that their success results from their effort/ training and personal achievement, not randomness.
Palavras-chave: motivação;  validação;  avaliação;  esporte;  para-atletas
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::EDUCACAO FISICA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS)
Programa: Distúrbios do Desenvolvimento
Citação: HIROTA, Vinicius Barroso. Evidencias de validade do instrumento de motivação (Task and Ego Orientation in Sport Questionnaire – TEOSQ) para para-atletas brasileiros. 2017. 133 f. Tese( Distúrbios do Desenvolvimento) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/3239
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/18069
Data de defesa: 14-Fev-2017
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/3239/5/Vinicius%20Barroso%20Hirota.pdf
Aparece nas coleções:Distúrbios do Desenvolvimento - Teses - CCBS Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.