Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/18020
Tipo do documento: Dissertação
Título: Tradução e adaptação cultural para a língua portuguesa do Brasil do Sensory Perception Quotient (SPQ)
Autor: Defelippe, Raisa Coppola
Primeiro orientador: Schwartzman, José Salomão
Primeiro coorientador: Cysneiros, Roberta Monterazzo
Primeiro membro da banca: D'Antino, Maria Eloisa Famá
Segundo membro da banca: Braido, Mariana Luisa Garcia
Resumo: Considerando-se o fato de que aproximadamente 90% dos indivíduos com TEA mostram algum déficit na percepção sensorial junto ao fato da inclusão do critério sensorial atípico no Manual de Diagnóstico e Estatística dos Transtornos Mentais 5.ª edição (DSM-5) para diagnóstico de TEA, há necessidade de se ter instrumentos que possam acessar esses constructos possibilitando mais pesquisas. Muitos instrumentos existentes são questionários para pais, e a maioria se volta para crianças, assim pouco se sabe sobre a percepção sensorial em adultos. Diante da falta de instrumentos brasileiros para avaliar a habilidade de processamento sensorial e questionários que possam acessar a experiência daquele que vive diretamente essa realidade, este estudo objetivou traduzir para o português do Brasil e adaptar culturalmente o Sensory Perception Quotient, um instrumento de auto relato que acessa a reatividade sensorial em adultos, avaliando as cinco modalidades básicas, podendo ser hipo ou hiper-reativo, evitando julgamento de valores. O presente estudo se encaixa no modelo de pesquisa não experimental, transversal, descritiva, contendo os seguintes passos: tradução, retrotradução, revisão por um comitê de especialistas, avaliação das pontuações e verificação da consistência interna do instrumento. A amostra foi constituída de 87 participantes, com idades entre 18 a 52 anos. Os resultados obtidos através da aplicação do questionário total traduzido e adaptado, já com mudanças em 53 perguntas em relação à versão original, permitiram observar que ele é compreensível e apresenta consistência interna pouco abaixo do desejável, apenas com a versão reduzida (short) possuindo consistência interna adequada. Essas observações indicam que a busca de evidências de validade do instrumento da versão reduzida, realizada através de novas pesquisas, com outras aplicações da versão traduzida e adaptada neste estudo poderá tornar possível sua utilização no Brasil. Recomenda-se cautela maior com o questionário total na discussão do trabalho.
Abstract: Considering that approximatelly 90% of individuals with ASD show some deficit in sensory perception and the adition of atypical sensory criteria in Diagnostic and Statistical Manual of Mental Disorder, the fifith edition (DSM-5) for diagnosis of ASD, there is a need to have instruments that can access this constructs enabiling more research. Many exiting instruments are questionnaires for parents, and most of them focus on children, therefore little is known about sensory perception in adults. Given the lack of brazilian intruments to evaluate the hability of sensory processing and questionnaires that can access the real experience of who lives this reality, this study aims to translate to brazilian portuguese and culturally adapt the Sensory Perception Quotient, an instrument of self report that can access sensory reactivity in adults, evaluating five basic modalities, that can be hypo or hyper –reactive, avoiding value judgment. The purpose of this study, therefore, is to translate to brazilian portuguese and adapt culturally to the brazilian culture of the Sensory Perception Quotient, conducting a study within a scope of a non-experimental non-longitudinal descriptive research, and the following steps: translation, back-translation, revision by a specialist comittee on analysis, evaluation of he scoring and the verification of the instrument’s internal consistency. Sample was constituied of 87 participants, ages 18 to 52 years. The results obtained by the application of total questionnaire translated and adapted, already modified in 53 questions in relation to it’s original version, aloud to notice that it is understandable and shows intern consistency little under of desirable, having only the short version with desirable intern consistency. These observations indicate that the search for evidence of validy of the short version of the instrument, realized through new researches, with other applications of the translated version and adapted in this study, will make it possible to applicate in Brazil. Is recommened caution with full questionnaire in the disscution part of this study.
Palavras-chave: transtorno do espectro do autismo;  questionário sensorial;  sensory perception quotient
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA::PSICOLOGIA DO DESENVOLVIMENTO HUMANO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS)
Programa: Distúrbios do Desenvolvimento
Citação: DEFELIPPE, Raisa Coppola. Tradução e adaptação cultural para a língua portuguesa do Brasil do Sensory Perception Quotient (SPQ). 2016. 93 f. Dissertação( Distúrbios do Desenvolvimento) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/2961
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/18020
Data de defesa: 2-Ago-2016
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/2961/5/Raisa%20Coppola%20Defelippe.pdf
Aparece nas coleções:Distúrbios do Desenvolvimento - Dissertações - CCBS Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.