Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/18009
Tipo do documento: Dissertação
Título: As cozinhas dos apartamentos urbanos da cidade de São Paulo de 2000 a 2015. Espaços mínimos e integrados.
Autor: Silveira, Sandra Regina Escridelli da
Primeiro orientador: Abascal, Eunice Helena Sguizzardi
Primeiro membro da banca: Lima, Ana Gabriela Godinho
Segundo membro da banca: Anitelli, Felipe
Resumo: Esta dissertação tem por finalidade uma abordagem exploratória a fim de compreender as características espaciais e o uso das cozinhas dos apartamentos paulistanos, em especial as denominadas cozinhas abertas, no recorte de 2000 a 2015. O estudo tem como enfoque a organização dos espaços mínimos das cozinhas nos apartamentos contemporâneos, e a integração das cozinhas abertas ao espaço social da sala de estar em projetos de apartamentos residenciais urbanos, com dois e três dormitórios, lançados pelo mercado imobiliário, no recorte considerado. A pesquisa comporta três partes: primeiramente apresentamos um breve histórico da indústria de eletrodomésticos, a oferta de modernidade, atributos e vantagens que esses produtos oferecem ao consumidor e seu impacto na composição das cozinhas ao agregar design, utilidades, dimensões, capacidade, cores e acabamentos atraentes. A segunda parte aborda a trajetória da cozinha nos projetos de apartamentos, desde o momento de maior verticalização da cidade de São Paulo (anos 1950) até os dias atuais. Finalizando, a terceira parte contempla a análise de projetos de apartamentos residenciais projetados no período de 2000 a 2015, destacando-se as áreas destinadas às suas cozinhas lineares fechadas ou integradas quanto à legislação e normas da construção civil. Nesta parte analisamse também os resultados de um questionário aplicado a moradores em apartamentos paulistanos, procurando investigar as razões da escolha do tipo de cozinha, vantagens e desvantagens da tipologia cozinha aberta ou fechada, e hábitos e costumes culinários envolvidos no uso dessas cozinhas.
Abstract: This dissertation aims at an exploratory approach in order to understand the spatial characteristics and the use of the apartments ' kitchens, in particular, the so-called open kitchens, in 2000 to 2015 clipping. Has as focus the Organization of minimum spaces of contemporary apartments, kitchens, and integration of open kitchens living room social space in the design of urban residential apartments with two and three bedrooms, released by the real estate market, in the cutout. The research consists of three parts: a brief history of the household appliance industry, the supply of modernity, attributes and advantages that these products offer the consumer and their impact in the composition of the aggregate design, utilities, dimensions, capacity, attractive colors and finishes. The second part addresses the trajectory of the kitchen in the apartment projects, from the moment of greater verticalization of São Paulo (years of 1950) to the present day and, finally, the third part includes the analysis of projects of residential apartments designed in the period from 2000 to 2015, highlighting the areas for their kitchens closed or integrated linear as to the legislation and standards of construction. In this part also analyzed the results of a questionnaire applied to residents in apartments of São Paulo, seeking to investigate the reasons for the choice of the type of cuisine, advantages and disadvantages of open or closed kitchen typology, culinary habits and customs involved in the use of these kitchens.
Palavras-chave: apartamentos;  cozinhas;  eletrodomésticos;  programa arquitetônico;  design
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ARQUITETURA E URBANISMO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU)
Programa: Arquitetura e Urbanismo
Citação: SILVEIRA, Sandra Regina Escridelli da. As cozinhas dos apartamentos urbanos da cidade de São Paulo de 2000 a 2015. Espaços mínimos e integrados.. 2017. 199 f. Dissertação( Arquitetura e Urbanismo) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/3256
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/18009
Data de defesa: 16-Mar-2017
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/3256/5/Sandra%20Regina%20Escridelli%20da%20Silveira.pdf
Aparece nas coleções:Arquitetura e Urbanismo - Dissertação – FAU Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.