Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/17998
Tipo do documento: Dissertação
Título: Mairiporã: o impacto do crescimento da cidade na sustentabilidade hídrica local
Autor: Ruis, Jorge Antonio Gutier
Primeiro orientador: Bruna, Gilda Collet
Primeiro membro da banca: Meirelles, Célia Regina Moretti
Segundo membro da banca: Monteiro, Leonardo Marques
Resumo: O conceito de Sustentabilidade como capacidade de suprir as necessidades atuais, garantindo a capacidade das futuras gerações fazerem o mesmo, é presente nas relações de capital econômico e natural. O desenvolvimento sustentável deve ser galgado no equilíbrio do tripé social, econômico e ambiental que alimenta essa economia. O Sistema Cantareira envolve duas Bacias hidrográficas e responde pelo abastecimento de 9 milhões de pessoas na RMSP. O município de Mairiporã se situa na intersecção entre as duas bacias do sistema, e 80% de seu território está em área de proteção de manancial. Conhecer o processo de urbanização e crescimento da cidade, assim como sua dinâmica socioeconômica e seu perfil ambiental, é o ponto de partida para se efetivar um relatório de indicadores sustentáveis. Monitorar os recursos ambientais da cidade, equilibrando-os com o desenvolvimento, é crucial para a sobrevivência dos ecossistemas locais e para a qualidade de vida dos habitantes. Os indicadores mostram o estado do ambiente, as pressões que geram efeitos sobre esse estado, o impacto que afeta a qualidade de vida e a tentativa de reverter o quadro danoso através das respostas. Contudo, o processo de avaliação só terá relevância se gerar ações da sociedade e dos gestores públicos, não podendo ser considerado um fim em si mesmo, já que de nada servirá sem a efetividade das ações. Esta pesquisa mostra o resultado da relação entre o crescimento populacional e o impacto local. Através dos infográficos criados, é possível identificar os pontos mais importantes, que colocam a cidade em um índice geral intermediário de sustentabilidade hídrica e que devem ser as prioridades de ações públicas e sociais.
Abstract: The concept of Sustainability as the ability to meet current needs, to ensure the ability of future generations to do the same, is present in the relations of economic and natural capital. Sustainable development must be based on the balance of social, economic and environmental aspects that feed this economy. The Cantareira system involves two hydrographic basins, and is responsible for the supply of 9 million people in São Paulo metropolitan area (SPMA). The city of Mairiporã is located at the intersection between the two basins, and 80% of its territory is in watershed protection area. Knowing the process of urbanization and urban growth, as well as its socio-economic dynamics and its environmental profile, is the starting point to carry out sustainable indexes reports. To monitor the environmental resources, balancing them with the city development, is crucial to the survival of local ecosystems and to the life quality of the inhabitants. The indicators show the state of the environment, as well as the pressures that generate effects on this state, the impact affecting the life quality and the attempt to reverse the harmful framework. However, the evaluation process is relevant only when it generates action of company’s shares and public managers. It cannot be considered an end in itself, since it has no use unless it provokes effective actions. This research shows, therefore, the result of the relationship between population growth and local impact. Thanks to the created infographic, it is possible identify the most important points which put the city in a general index of intermediate water sustainability, and that should be the priorities of public and social actions.
Palavras-chave: crescimento urbano;  impacto ambiental;  Mairiporã;  sustentabilidade hídrica
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ARQUITETURA E URBANISMO::PROJETO DE ARQUITETUTA E URBANISMO::PLANEJAMENTO E PROJETOS DA EDIFICACAO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU)
Programa: Arquitetura e Urbanismo
Citação: RUIS, Jorge Antonio Gutier. Mairiporã: o impacto do crescimento da cidade na sustentabilidade hídrica local. 2016. 228 f. Dissertação (Arquitetura e Urbanismo) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/3068
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/17998
Data de defesa: 26-Out-2016
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/3068/2/Jorge%20Antonio%20Gutier%20Ruis.pdf
Aparece nas coleções:Arquitetura e Urbanismo - Dissertação – FAU Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.