Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/15467
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorAlmeida, Filipe Jorge Ribeiro de; Universidade de Coimbra-
dc.creatorSobral, Filipe João Bera de Azevedo; Fundação Getulio Vargas-
dc.date2009-07-23-
dc.date.accessioned2016-12-02T21:56:14Z-
dc.date.available2016-12-02T21:56:14Z-
dc.identifierhttp://editorarevistas.mackenzie.br/index.php/RAM/article/view/1068-
dc.identifier.urihttp://dspace.mackenzie.br/handle/10899/15467-
dc.descriptionThe human values of managers and their implications in corporate performance have increasingly became a subject of interest for social scientists all over the world, much due to the recent contributions from psychology which provided reasoning and practical solutions for understanding and studying values. In this context, Schwartz’s motivational theory is one of the most representative contributions. This paper aims at studying the human values system of Brazilian managers through the application of a revised version of the PVQ scale originally proposed by Schwartz. Results confirm the validity of this new adapted version of the PVQ for studying higher order values in Brazilian context, although it seems less robust  for studying motivational type values. Brazilian managers seem to attribute higher value to individual autonomy as motivator for volunteer cooperation and pursuit of social well-being, valuing freedom and igualitarism over hierarchy and formality in social interactions.en-US
dc.descriptionO sistema de valores humanos dos administradores e suas implicações na prática gerencial têm se tornado objeto de um interesse crescente por parte de especialistas em ciências sociais de todo o mundo, facilitado pelas contribuições recentes da psicologia para a compreensão do tema e operacionalização dos conceitos. Nesse âmbito, destaca-se a teoria motivacional de Schwartz. O objetivo desta pesquisa é estudar o sistema de valores dos administradores brasileiros por meio da aplicação de uma versão adaptada da nova escala PVQ proposta e revista por Schwartz. Os resultados confirmam a validade dessa versão adaptada da escala para estudar os valores de ordem superior no contexto brasileiro, embora se apresente menos robusta para estudar os tipos motivacionais de valores. Os administradores brasileiros revelam um sistema de valores centrados na autonomia individual como motivador da cooperação voluntária e da busca do bem-estar social, sobrepondo-se a valores baseados na hierarquia e na formalidade.pt-BR
dc.formatapplication/pdf-
dc.languagepor-
dc.publisherEditora Mackenziept-BR
dc.relationhttp://editorarevistas.mackenzie.br/index.php/RAM/article/view/1068/784-
dc.rightsDireitos autorais 2015 Revista de Administração Mackenziept-BR
dc.sourceRevista de Administração Mackenzie; v. 10, n. 3 (2009): Edição Especial Temática de Valoresen-US
dc.sourceRevista de Administração Mackenzie; v. 10, n. 3 (2009): Edição Especial Temática de Valoreses-ES
dc.sourceRevista de Administração Mackenzie; v. 10, n. 3 (2009): Edição Especial Temática de Valorespt-BR
dc.source1678-6971-
dc.source1518-6776-
dc.subjectHuman values; PVQ scale; Schwartz; Managers; Brazil.en-US
dc.titleTHE HUMAN VALUES SYSTEM OF BRAZILIAN EXECUTIVES: ADAPTATION OF THE PVQ SCALE FOR STUDYING PERSONAL VALUES IN BRAZILen-US
dc.titleO sistema de valores humanos de administradores brasileiros: adaptação da escala PVQ para o estudo de valores no Brasilpt-BR
dc.typeinfo:eu-repo/semantics/article-
dc.typeinfo:eu-repo/semantics/publishedVersion-
Aparece nas coleções:Revista de Administração Mackenzie

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.