Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/14699
Tipo do documento: Tese
Título: Predição de leitura, escrita e matemática no ensino fundamental por funções executivas, na linguagem oral e habilidades iniciais de linguagem escrita na educação infantil
Autor: Pazeto, Talita de Cassia Batista
Primeiro orientador: Seabra, Alessandra Gotuzo
Primeiro membro da banca: Gomes, Cristiano Mauro Assis
Segundo membro da banca: Dias, Natália Martins
Terceiro membro da banca: Osório, Ana Alexandra Caldas
Quarto membro da banca: Macedo, Elizeu Coutinho de
Resumo: A avaliação de habilidades cognitivas na pré-escola e nos primeiros anos do Ensino Fundamental tem auxiliado na compreensão e identificação de quais habilidades estão envolvidas na aprendizagem. Dentre estas, funções executivas, linguagem oral e conhecimentos iniciais sobre linguagem escrita têm sido relatadas como preditoras do desempenho escolar posterior em leitura, escrita e matemática. A presente pesquisa teve como objetivo geral verificar se funções executivas, linguagem oral, habilidades preliminares de leitura e escrita, variáveis socioeconômicas, biológicas e visão do professor, avaliadas em idade pré-escolar, predizem desempenho no Ensino Fundamental em leitura, escrita e matemática. Participaram 71 crianças, de ambos os sexos, com idades entre 4 e 6 anos, das séries Jardim I, Jardim II e 1º ano, de uma escola particular de São Paulo. Os instrumentos utilizados para a avaliação das funções executivas foram Teste de Atenção por Cancelamento, Teste de Stroop semântico e Teste de Trilhas para Pré-escolares. Para avaliar linguagem oral, Prova de Consciência Fonológica por produção Oral, Teste de Vocabulário por Imagens Peabody e Teste de Repetição de Palavras e Pseudopalavras. Na avaliação das habilidades iniciais de leitura e escrita, Tarefa de Conhecimento das Letras e dos Sons e Teste de Leitura e Escrita. Para avaliar o desempenho escolar: Teste de Competência de Leitura de Palavras e Pseudopalavras, Teste de escrita sob Ditado e Prova de Aritmética. Aos pais foi enviado um questionário de identificação contendo questões sobre o desenvolvimento da criança e estrutura familiar e, aos professores, um questionário sobre dificuldades dos alunos. A pesquisa teve caráter longitudinal e acompanhou essas crianças por meio de avaliações anuais durante 3 anos. Foi realizada a análise de imputação, que tem como objetivo preparar a amostra para as análises estatísticas seguintes. O teste de Friedman revelou efeito de série significativo em todas as habilidades avaliadas. A análise de regressão em árvore derivou modelos da importância de cada variável para a predição da variável desfecho, e a análise Boruta determinou quais variáveis foram as mais importantes para cada modelo. Dessa forma, conforme a análise de regressão em árvore, consciência fonológica, conhecimento de letras e de sons, leitura e escrita preliminares e vocabulário foram as habilidades preditoras para desempenho posterior em leitura. O conhecimento de letras, dificuldade apontada pelo professor, leitura e escrita preliminares, consciência fonológica, vocabulário, idade do pai, renda familiar, controle inibitório e flexibilidade cognitiva foram as habilidades preditoras para desempenho posterior em escrita. Consciência fonológica, conhecimento de letras, leitura e escrita preliminares, vocabulário e dificuldade apontada pelo professor foram as habilidades preditoras para desempenho posterior em matemática. Diante dos achados encontrados foi possível responder a todos os objetivos. Esses resultados possuem relevância social ao permitir refletir sobre a ampliação de possibilidades de identificação precoce em problemas nessas habilidades e de intervenções preventivas, além de contribuir ao trazer áreas relevantes a serem desenvolvidas na educação infantil
Abstract: The assessment of cognitive skills in preschool and the first years of elementary school has helped to understand and identify what skills are involved in learning. Among these, executive functions, oral language and early knowledge of written language have been reported as predictors of later school performance in reading, writing and mathematics. This research aimed to verify that: executive functions, verbal language, preliminary reading and writing skills, socioeconomic, biological and teacher vision -valued at preschool age- predict performance in elementary education in reading, writing and mathematics. A total of 71 children, of both genders, aged 4 and 6 years, from kindergarten 1 to the first year of a private school in São Paulo. The instruments used for the assessment of executive functions were Attention Test for Cancellation, semantic Stroop Test and Trail Making Test for Preschoolers. To evaluate oral language: Phonological Awareness Test for Oral production, Peabody’s image vocabulary test and words repetition test and Pseudoword. In assessing the initial skills of reading and writing: Task knowledge of letters and sounds and Reading and Writing Test. To evaluate school performance: Word Reading Competence Test and Pseudoword, written test under Dictation and Proof of Arithmetic. To parents was sent a file with questions about child development and family structure. To and teachers, a questionnaire on students' difficulties. The study has a longitudinal character and accompanied these children through annual assessments over three years. Imputation analysis was performed, which aims to prepare the sample for following statistics analysis. The Friedman test showed a significant number of effect on all evaluated skills. The regression tree analysis derived models of the importance of each variable for predicting the outcome variable, and Boruta analysis determined which variables were the most important for each model. Thus, according to the regression tree, phonological awareness, letter knowledge and sounds, preliminary reading and writing and vocabulary skills were predictors for later reading performance. Knowledge of letters, difficulty pointed out by the teacher, reading and preliminary writing, phonological awareness, vocabulary, the father's age, family income, inhibitory control and cognitive flexibility were the predictive skills for later writing performance. Phonological awareness, letter knowledge, reading and preliminary writing, vocabulary and difficulty pointed out by the teacher were the predictive skills for later performance in mathematics. In the face of the findings, it was possible to respond to all objectives. These results have social relevance by allowing reflect on the expansion of early identification of potential problems in these skills and preventive interventions and contribute to bringing relevant areas to be developed in early childhood education
Palavras-chave: avaliação;  pré-escolares;  predição;  desempenho acadêmico
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Centro de Educação, Filosofia e Teologia (CEFT)
Programa: Distúrbios do Desenvolvimento
Citação: Pazeto, Talita de Cassia Batista. Predição de leitura, escrita e matemática no ensino fundamental por funções executivas, na linguagem oral e habilidades iniciais de linguagem escrita na educação infantil. 2016. [152 f.]. Tese (Doutorado em Distúrbios do Desenvolvimento) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, [São Paulo] .
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/2899
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/14699
Data de defesa: 11-Fev-2016
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/2899/5/Talita%20de%20Cassia%20Batista%20Pazeto%20-%20P.pdf
Aparece nas coleções:Letras - Teses - CCL Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.