Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/14694
Tipo do documento: Dissertação
Título: Jogos e narrativas : entre a ficção e a história
Autor: Marino, Heloisa Antoniolli
Primeiro orientador: Trevisan, Ana Lúcia
Primeiro membro da banca: Corrêa, Lilian Cristina
Segundo membro da banca: Furlin, Marcelo
Resumo: O presente trabalho tem como finalidade explorar a construção das narrativas e a visão do leitor/jogador no jogo e o romance de Assassin’s Creed II e Assassin’s Creed: Renascença. A análise se fundamenta a partir das relações entre os discursos históricos e as construções ficcionais do romance e do jogo e o modo como dialogam para formar o enredo. Além disso, estuda-se a forma como a narrativa do jogo é construída em comparação ao romance e a perspectiva do jogador frente à narrativa do jogo eletrônico. Assim, foram utilizados como embasamento teórico textos de autores como Umberto Eco, E.M. Forster, Linda Hutcheon, Hayden White e Wolfgang Iser para ilustrar como as narrativas se formam e a maneira como a extração histórica se faz presente nelas. Ademais, para compor o contexto histórico, que facilita a identificação dos fatos históricos citados ao longo da análise, foram utilizados textos de historiadores como Rafael Sabatini, Michael White, e, Will Durrant. Dessa forma, procura-se mostrar a versatilidade dos jogos eletrônicos da franquia Assassin’s Creed na composição de enredos que mesclam a ficção com a história, bem como a sua universalidade ao estender a sua narrativa para a forma de romance.
Abstract: The present study aims at exploring the narrative constructions of the novel Assassin's Creed: Renaissance and the game Assassin's Creed II as well as the view of their readers and players. The analysis is based on the relations between the historical discourses and fictional creations from the novel and the game, and the method used to form the plot. Then, this study presents how the game narrative is formed comparing to the novel’s, and the gamer’s perspective before the electronic game’s narrative. Thereby the texts of authors as Umberto Eco, E.M. Forster, Linda Hutcheon, Hayden White and Wolfgang Iser have been used as theoretical bases to illustrate the narrative formation and how it comprehends the historical extractions. Furthermore, the texts from the historians such as Rafael Sabatini, Will Durrat and Micheal White were used to set the historic context. Therefore, the dissertation attempts to demonstrate Assassin's Creed franchise's games versatility when it comes to the development of plots which blend History with fiction, besides its universality to extend its narrative to novels.
Palavras-chave: romance;  assassin’s creed;  jogos eletrônicos;  leitor;  leitura;  jogador
Área(s) do CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Centro de Comunicação e Letras (CCL)
Programa: Letras
Citação: MARINO, Heloisa Antoniolli. Jogos e narrativas : entre a ficção e a história. 2015. 103 f. Dissertação( Letras) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/2879
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/14694
Data de defesa: 4-Ago-2015
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/2879/5/Heloisa%20Antoniolli%20Marino.pdf
Aparece nas coleções:Educação, Arte e História da Cultura - Dissertação - CEFT Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.