Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/14691
Tipo do documento: Dissertação
Título: Teste de nomeação automática rápida : evidências de validade para amostra de crianças brasileiras
Autor: Silva, Patricia Botelho da
Primeiro orientador: Macedo, Elizeu Coutinho de
Primeiro membro da banca: Seabra, Alessandra Gotuzo
Segundo membro da banca: Mecca, Tatiana Pontrelli
Resumo: O aprendizado da leitura depende de habilidades precursoras como a nomeação automática rápida. As provas de nomeação rápida predizem aspectos ligados à fluência de leitura. Os objetivos do estudo são: verificar evidências de validade baseadas no critério externo a partir de tendências do desenvolvimento em função do critério idade do Teste de Nomeação Automática Rápida (NAR) em uma amostra de crianças pertencentes ao Ensino Infantil e ao Ensino Fundamental I; correlacionar o teste com tarefas de atenção, articulação bucofacial, consciência fonológica e leitura e escrita em português; verificar o efeito preditivo da NAR; e verificar aspectos de precisão do teste através de analise teste-reteste. Participaram do estudo 494 crianças de 3 a 9 anos de idade dos Estados de São Paulo e Maranhão. Para verificar evidências de validade do instrumento, foram conduzidas análises de variância tendo idade, gênero e tipo de escola como variáveis independentes. Não houve diferença de gênero. Anova multivariada revelou que NAR se desenvolve com a idade, sendo tanto velocidade quanto número de erros diminui conforme a idade. Além disso, Anova de medidas repetidas revelou que nomeação de cores e objetos apresenta velocidade de nomeação maior do que nomeação de letras e números. Esse dado mostra que o conjunto semântico depende de maior tempo de nomeação do que o conjunto fonológico. Além disso, foram realizadas correlações entre os testes e NAR correlacionou-se com todos os testes aplicados. Análises de Regressão Linear mostrou que NAR apresenta capacidade preditiva tanto para pré-escolares quanto para o ensino fundamental I. Além disso, foi encontrado efeito preditivo maior de NAR em relação aos dados de acurácia e precisão em leitura e escrita, do que em relação à velocidade. Além disso, o teste NAR mostrou-se fidedigno.
Abstract: The reading learning depends on precursor skills such as phonological awareness and rapid automatized naming. Rapid automatic naming of evidence are tied to reading fluency. The aim of the study were to verify evidence of validity based on external criteria from the development trends based on the age criterion of the Rapid Automatic Naming Test (RAN) in a sample of children from the school elementary; correlating the test with attention tasks, bucofacial articulation, phonological awareness and reading and writing in Portuguese; verify the predictive effect of NAR and analysis test precision aspects through test-retest analysis. The study included 494 children 3-9 years of age in the states of São Paulo and Maranhão. Reading and writing test were applied; phonological awareness; articulatory precision; attention and intelligence. To check evidence of instrument validity, variance analyzes were conducted with age, gender and type of school as independent variables. There was no gender difference. Multivariate ANOVA revealed that RAN develops with age, with both speed and number of errors decreases with age. In addition, ANOVA repeated measures revealed that naming colors and objects presents naming speed greater than naming letters and numbers. This data shows that the semantic set depends on longer appointment than the phonological set. Also, correlations between the tests and NAR correlated with all tests were performed. Linear regression analysis showed that NAR has predictive power for both preschool and for the elementary school I also found higher predictive effect of NAR with regard to accuracy of data and precision in reading and writing than in relation to speed. Furthermore, the NAR test was reliable.
Palavras-chave: leitura;  nomeação rápida automática;  capacidade preditiva
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA::PSICOLOGIA COGNITIVA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS)
Programa: Distúrbios do Desenvolvimento
Citação: SILVA, Patricia Botelho da. Teste de nomeação automática rápida : evidências de validade para amostra de crianças brasileiras. 2015. 88 f. Dissertação( Distúrbios do Desenvolvimento) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/2880
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/14691
Data de defesa: 10-Dez-2015
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/2880/5/Patricia%20Botelho%20da%20Silva.pdf
Aparece nas coleções:Distúrbios do Desenvolvimento - Dissertações - CCBS Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.