Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/14632
Tipo do documento: Dissertação
Título: Arquitetura + música como processo de projeto para a composição arquitetônica
Autor: Del Comune, Agnes Costa
Primeiro orientador: Perrone, Rafael Antonio Cunha
Primeiro membro da banca: Lima, Ana Gabriela Godinho
Segundo membro da banca: Silva, Marcos Virgílio
Resumo: Sob o tema ‘arquitetura + música’, esta pesquisa de mestrado propõe uma reflexão a respeito do papel da música para a arquitetura, analisando como esta poderia ser empregada pelo arquiteto ao longo do seu processo de projeto, como possível ferramenta para a definição de elementos arquitetônicos. Para tal, o trabalho foi organizado em três partes. Primeiramente, são discutidas algumas possíveis relações entre as duas disciplinas com o objetivo de identificar os modos pelos quais a música concretamente poderia contribuir para a arquitetura, como veículo para o desenvolvimento de formas e elementos em um projeto. Aqui vemos, sob o ponto de vista de Rabelo (2007), que a relação entre as duas disciplinas é uma preocupação que existe desde a antiguidade clássica e que atualmente continua a ser o foco de estudos acadêmicos, como os indicados por Martin (1994) e Kanekar (2015), uma vez que são várias as aproximações que podemos observar entre a arquitetura e a música, entre elas, as que estabelecem relações matemáticas, formais, teóricas, metafóricas e até mesmo de processos criativos. Em um segundo momento são propostas definições para os termos ‘composição’ e ‘elementos’, com base em Perrone (1993), Rocha Junior (2014), Unwin (2012) e Copland (1974), para então discutirmos as prováveis similaridades que envolvem os processos criativos nas duas áreas. Por fim, a união da arquitetura com a música é explorada por meio das análises de três estudos de caso, nos quais seus arquitetos indicam o emprego de uma peça musical no projeto, como conceito e/ou para definição formal dos elementos na arquitetura. De acordo com os conceitos em Martin (1994), Bandur (2001) e Brown (2006), foi possível a definição de alguns ‘modos compositivos vinculados à música para a arquitetura’ para a posterior classificação dos projetos escolhidos.
Abstract: Regarding the theme ‘Architecture + Music’, this masters' research proposes a reflection about the role of music to architecture, analyzing how the former could be applied by the architect throughout his design process, possibly as a tool for the formal definition of architectural elements. Hence, this work was organized in three parts. First, it discusses some of the possible relations between both disciplines with the goal of identifying the ways with which music could concretely contribute for architecture, as a vehicle for developing forms and elements in a project. It is possible to see, under Rabelo's (2007) point of view, that the relation between these two disciplines is an existing concern since the classical period and that it still continues to be a target of academic studies, such as the ones indicated by Martin (1994) and Kanekar (2015), given that there are many possible observable approximations between architecture and music, among them, the ones which establish mathematical relations, formal, theoretical, metaphorical and even related to the creative process. Secondly, this work presents definitions for the terms ‘composition’ and ‘elements’, with basis on Perrone (1993), Rocha Junior (2014), Unwin (2012) and Copland (1974), so we can then discuss the potential similarities which involve the creative processes in the two areas. Lastly, the union between architecture and music is explored through the analyses of three case studies, in which their respective architects indicate the application of a musical piece in the project, as a concept and/or for the formal definition of the architectural elements. According to the concepts in Martin (1994), Bandur (2001) and Brown (2006), it was possible to define a few ‘compositional modes tied towards music for architecture’ and the posterior classification of the chosen projects.
Palavras-chave: arquitetura;  música;  processo de projeto;  análise projetual
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ARQUITETURA E URBANISMO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU)
Programa: Arquitetura e Urbanismo
Citação: DEL COMUNE, Agnes Costa. Arquitetura + música como processo de projeto para a composição arquitetônica. 2016. 194 f.. Dissertação( Arquitetura e Urbanismo) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo .
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/2870
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/14632
Data de defesa: 3-Jun-2016
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/2870/5/Agnes%20Costa%20Del%20Comune.pdf
Aparece nas coleções:Arquitetura e Urbanismo - Dissertação – FAU Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.