Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/14036
Tipo do documento: Dissertação
Título: A mitologia grega na obra do minotauro de Monteiro Lobato
Autor: Bratsiotis, Ericka Sophie
Primeiro orientador: Borges, Maria Zélia
Primeiro membro da banca: Pinto, Elisa Guimarães
Segundo membro da banca: Morais, Osvando José de
Resumo: As histórias da mitologia tentam expressar uma verdade que não pode ser captada de outra maneira. Os mitos são a busca dessa verdade. Monteiro Lobato, ao contar histórias, buscava a verdade levando seus personagens em viagens através dos tempos. A presente dissertação tem por objetivo contrastar, à luz da intertextualidade, o texto de Monteiro Lobato em sua obra O Minotauro com textos da mitologia grega escritos por outros autores, ressaltando a maneira como a história é narrada e o conhecimento transmitido ao leitor. Para que isso seja possível, este trabalho alicerçará seus estudos em Monteiro Lobato, A. S. Franchini, André Gide, Carmen Seganfredo, Joseph Campbell, Junito Brandão, Odile Gandon, Thomas Bulfinch e Viktor D. Salis. Para a análise da intertextualidade, tomou-se como referência os autores Barros e Fiorin, Bakhtin, Kristeva, Koch e Travaglia. Lobato, em seu texto, utiliza-se de uma linguagem simples para contar a história da Grécia Antiga e, ao longo da narrativa, dá definições de vocábulos e deixa claro o quanto este país foi importante para o desenvolvimento da arte, da ciência e, a influência que a língua grega tem na língua portuguesa.
Abstract: The stories related to the myths try to express a truth, which cannot be captured in any other way. The myths are the search for this truth. In his stories, Monteiro Lobato searched for the truth taking his characters in trips through the times. Based on the intertextuality, the present dissertation has the aim to contrast the text The Minotaur from Monteiro Lobato to other texts written by other authors, focusing on the way that the story is told and the knowledge transmitted to the reader. To make this possible, this work will found its studies on Monteiro Lobato, A. S. Franchini, André Gide, Carmen Seganfredo, Joseph Campbell, Junito Brandão, Odile Gandon, Thomas Bulfinch and Viktor D. Salis. For the intertextuality analysis, the authors Barros and Fiorin, Bakhtin, Kristeva, Koch and Travaglia were taken as a reference. Lobato, on his text, used a very simple language to tell stories about Ancient Greece and, as the story goes around, he gives a lot of word definitions and makes it clear how important Greece was to the development of arts, science and, the influence of the Greek language on the Portuguese.
Palavras-chave: minotauro;  mitologia;  Monteiro Lobato;  minotaur, mythology, Monteiro Lobato
Área(s) do CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Letras
Programa: Letras
Citação: BRATSIOTIS, Ericka Sophie. A mitologia grega na obra do minotauro de Monteiro Lobato. 2006. 52 f. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2006.
Tipo de acesso: Acesso Embargado
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/2776
Data de defesa: 29-Mai-2006
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/2776/13/Divulga%C3%A7%C3%A3o%20n%C3%A3o%20autorizada%20pelo%20autor.docx
Aparece nas coleções:Letras - Dissertações - CCL Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.