Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/14025
Tipo do documento: Dissertação
Título: Lolita de Ramsdale x Lolitas de Hollywood: uma análise do romance de Vladimir Nabokov e das adaptações fílmicas de Stanley Kubrick e Adrian Lyne
Autor: Batista, Fernanda Cristina Araújo
Primeiro orientador: Atik, Maria Luiza Guarnieri
Primeiro membro da banca: Barros, Diana Luz Pessoa de
Segundo membro da banca: Ribeiro, Raquel de Sousa
Resumo: Esta dissertação analisará a relação entre o romance Lolita (1955), de Vladimir Nabokov, e as adaptações fílmicas, de Stanley Kubrick, de 1962, e de Adrian Lyne, de 1997. Tendo por base a teoria da semiótica de linha francesa, também conhecida como semiótica greimasiana, para tratar dos efeitos de sentido gerados pelos diferentes papéis actanciais que o narrador Humbert Humbert assume no romance e das estratégias utilizadas no discurso fílmico a fim de criar os mesmos efeitos e reverenciar a obra de base em determinadas sequências ou, pelo contrário, com o objetivo de criar efeitos diferentes como forma de revisar o texto de origem em alguns aspectos, adequando-o ao público-alvo da produção fílmica, cujo perfil é diferente devido à época em que viveram e às expectativas que tinham a respeito do modo como os filmes tratariam o tema polêmico do romance.
Abstract: This paper aims at analyzing the relation between Vladimir Nabokov s novel Lolita (1955) and Stanley Kubrick s and Adrian Lyne s film adaptations of the novel, the former released in 1962 and the latter in 1997. We will base our study on French semiotics, also known as greimasian semiotics, to analyze the effects of meaning created by the different actantial roles played by the narrator, Humbert Humbert, in the novel and the strategies used in the filmic discourses to create the same effects in certain sequences in order to honor the original work or, on the contrary, to create different effects in order to revise it in some aspects, adapting it to their target audience, which was different from the one which had only had contact with the book because they lived in a different time and had expectations of how the movies would treat controversial subject matters that had been raised in the novel.
Palavras-chave: Lolita;  romance;  adaptações fílmicas;  semiótica greimasiana;  linguagem cinematográfica;  Lolita;  novel;  film adaptations;  greimasian semiotics;  film language
Área(s) do CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Letras
Programa: Letras
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/2318
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/14025
Data de defesa: 12-Ago-2010
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/2318/1/Fernanda%20Cristina%20Araujo%20Batista.pdf
Aparece nas coleções:Letras - Dissertações - CCL Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.