Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/14024
Tipo do documento: Dissertação
Título: O discurso das capas da revista Elle portuguesa e brasileira: aspectos ideológicos e identitários
Autor: Fiorin, Rosalia Perrucci
Primeiro orientador: Brito, Regina Helena Pires de
Primeiro membro da banca: Carpigiani, Berenice
Segundo membro da banca: Casagrande, Nancy dos Santos
Resumo: A revista de moda Elle incorporou-se ao cenário português e brasileiro em 1988, com o intuito de proporcionar novidades sobre o mundo da moda, entretenimento, dicas de beleza e saúde às leitoras dessas duas nacionalidades. Embora a Elle portuguesa e a Elle brasileira sejam revistas que possuem um ideário comum e se valham do mesmo código linguístico (a língua portuguesa), elas se deparam com públicos distintos, com questões culturais próprias. Partindo dessa perspectiva, este estudo, alicerçado, principalmente, nos fundamentos teóricos da Análise do Discurso de linha francesa e no estudo reflexivo em torno da lusofonia, busca analisar três capas da revista Elle portuguesa e três capas da revista Elle brasileira, veiculadas em 2008 (ano em que ambas as revistas completaram 20 anos) e selecionadas por uma convenção temática. As capas portuguesas e brasileiras, por sua vez, serão repensadas como discursos que cogitam leituras de visões de mundo ímpares, ou seja, com características identitárias e ideológicas singulares. Com efeito, por meio da análise de cada capa é possível desvendar as armadilhas de dois ethé implícitos que se desnudam a partir de discursos específicos, capazes de atender às expectativas de seus respectivos públicos-alvo e de transformar cada exemplar em um objeto desejado por leitoras portuguesas e brasileiras que carregam consigo histórias, mitos, costumes e valores particulares, representantes de suas identidades nacionais.
Abstract: The fashion magazine Elle, launched in Portugal and in Brazil in 1988, has brought news about fashion, entertainment, beauty and health to readers of these two nations. Although the Brazilian and Portuguese editions of Elle have the same ideal and use the same linguistic code (the Portuguese language), they deal with distinct publics who have their own cultural issues. From this perspective, the present paper, based mainly on the theory of Discourse Analysis and on the lusophone studies, intends to analyze three covers of Portuguese Elle magazine and three covers of Brazilian Elle magazine, published in 2008 (year these magazines celebrated their 20th anniversary) and chose by a thematic selection. The Brazilian and Portuguese covers will be rethought as discourses which bring different world views, that is to say, discourses with specific identities and ideologies. Therefore, through the analysis of each cover, it is possible to discover the traps of two implicit ethe who reveal themselves by specific discourses which are able to comply with the expectation of their target audience, as well as to convert each edition in an object of desire for Portuguese and Brazilian readers who have different stories, myths, customs and values, in other words, readers who have different national identities.
Palavras-chave: lusofonia;  análise do discurso;  ethos;  identidade;  ideologia;  lusophone;  discourse analysis;  ethos;  identity;  ideology
Área(s) do CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Letras
Programa: Letras
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/2317
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/14024
Data de defesa: 5-Mar-2010
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/2317/1/Rosalia%20Perrucci%20Fiorin.pdf
Aparece nas coleções:Letras - Dissertações - CCL Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.