Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/14008
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorSantos, Roberto Clemente dospt_BR
dc.date.accessioned2016-03-15T19:46:54Z-
dc.date.accessioned2016-07-19T23:08:03Z-
dc.date.available2010-01-28pt_BR
dc.date.available2016-07-19T23:08:03Z-
dc.date.issued2009-12-02pt_BR
dc.identifier.urihttp://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/2300-
dc.identifier.urihttp://dspace.mackenzie.br/handle/10899/14008-
dc.description.abstractThis paper, the result of questioning pertaining to the images constructed in political discourse, has as corpus the inaugural discourse address of President Luiz Inácio Lula da Silva in 2003. This discourse was delivered by a poor citizen, northeastern and without a college degree who arrived in São Paulo, a steelworker, union president, but who rose to political positions to the presidency. The goal is not only to analyze the ethos of this enunciating subject, but also its constitution in the inauguration discourse, noting that this discourse is not defined as a information transmitter, but as effect of meaning between speakers. Moreover, the objective is to realize how the enunciating is constituted subject through the image construction that is evident to the enunciatee. We clarify that this paper joins the line of letters postgraduate research, discursive process and textual production of UPM considering as theoretical assunptions Brandão (2004), Charaudeau (2006) and Osakabe (1999), in Maingueneau line refering to speech. It is noteworthy that the image of this subject depends on how it interacts with the enunciatee, showing that who says it is worthy of credibility. The enunciating subject ethos builds itself on the speech, however, this construction is not something definite, and has thus, in several subjects in the course of it. The enunciating subject uses the discourse to show himself worthy to occupy the position for which he was elected.eng
dc.description.sponsorshipUniversidade Presbiteriana Mackenziept_BR
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Presbiteriana Mackenziepor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectdiscursopor
dc.subjectdiscurso políticopor
dc.subjectsujeitopor
dc.subjectpolifoniapor
dc.subjectethospor
dc.subjectdiscourseeng
dc.subjectpolitical discourseeng
dc.subjectsubjecteng
dc.subjectpolyphonyeng
dc.subjectethoseng
dc.titleA construção do ethos do sujeito enunciador no discurso políticopor
dc.typeDissertaçãopor
dc.publisher.departmentLetraspor
dc.publisher.programLetraspor
dc.publisher.initialsUPMpor
dc.publisher.countryBRpor
dc.subject.cnpqCNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRASpor
dc.description.resumoA presente dissertação, fruto do questionamento referente às imagens construídas no discurso político, tem como corpus o discurso de posse do presidente Luiz Inácio Lula da Silva no ano de 2003. Esse discurso foi proferido por um cidadão pobre, nordestino e sem curso superior que chegou a São Paulo, foi metalúrgico, presidente do sindicato, mas que galgou posições políticas até a Presidência da República. Tem-se por objetivo analisar não só o ethos desse sujeito enunciador, mas também sua constituição no discurso de posse, observando que esse discurso não é definido como transmissor de informação, mas como efeito de sentido entre locutores. Além disso, objetiva-se perceber como o enunciador constitui-se sujeito por meio da construção da imagem que se evidencia para o enunciatário. Esclarecemos que esta dissertação filia-se à linha de pesquisa de pós-graduação em letras, processo discursivo e produção textual da UPM tendo como pressupostos teóricos Brandão (2004), Charaudeau (2006), Osakabe (1999), na linha de Maingueneau referente ao discurso. Destaca-se que a imagem desse sujeito depende da maneira como ele interage com o enunciatário, demonstrando que o que profere é digno de credibilidade. O ethos do sujeito enunciador constrói-se no discurso, no entanto, essa construção não é algo definido, configurando-se assim, em diversos sujeitos no decorrer dele. O sujeito enunciador utiliza-se do discurso para mostrar-se digno para ocupar o cargo para que fora eleito.por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/2667408049529774por
dc.contributor.advisor1Bastos, Neusa Maria Oliveira Barbosapt_BR
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/6767627111553241por
dc.contributor.referee1Faccina, Rosemeire Leão da Silvapt_BR
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/7764188151603056por
dc.contributor.referee2Carvalho, Maria Teresa Nastri dept_BR
dc.contributor.referee2Latteshttp://lattes.cnpq.br/0548020506725585por
dc.thumbnail.urlhttp://tede.mackenzie.br/jspui/retrieve/4544/Roberto%20Clemente%20dos%20Santos.pdf.jpg*
dc.bitstream.urlhttp://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/2300/1/Roberto%20Clemente%20dos%20Santos.pdf
Aparece nas coleções:Letras - Dissertações - CCL Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.