Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/13997
Tipo do documento: Dissertação
Título: O belo e o grotesco em personagens femininas de Memórias póstumas de Brás Cubas
Autor: Azevedo, Patrícia Aparecida de
Primeiro orientador: Bridi, Marlise Vaz
Primeiro membro da banca: Peixoto, Maria Helena Fioravante
Segundo membro da banca: Oliveira, Ana Maria Domingues de
Resumo: Esta dissertação tem como objetivo apresentar uma análise interpretativa das personagens femininas que compõem o universo de Memórias póstumas de Brás Cubas, de Machado de Assis, sob as perspectivas teóricas das personagens e das imagens grotescas, com enfoque no par de personagens Virgília e Eugênia, estabelecendo um paradigma com as demais personagens femininas presentes neste romance. Para tecer a diversidade utilizada por Machado de Assis na constituição dessas personagens femininas, apresentamos, no capítulo teórico, os subsídios referentes não só à construção da personagem, como também ao grotesco. Na construção das personagens e do grotesco na literatura, utilizamos as teorias apresentadas por Foster, Bakhtin, Rosenfeld, Antonio Cândido e Kayser, entre outros escritores. Partimos do pressuposto de que as personagens femininas machadianas têm forte personalidade. Algumas delas estão sempre no comando da situação em que vivem; outras, embora com menor expressividade, também deixam suas marcas significativas por onde passam. As personagens femininas Virgília e Eugênia, bem como as outras por nós analisadas, presentes no romance, nem sequer são as protagonistas da história, mas são tão marcantes que sobressaem mais do que o próprio Brás Cubas, pela maneira como se comportam, pela posição que ocupam na sociedade e pelo poder das decisões que tomam perante as circunstâncias que a vida lhes impõe. A análise das personagens femininas mostra que Machado é o primeiro autor a inovar na constituição dessas mulheres, principalmente em termos de autonomia. Por isso o romance em pauta, mesmo tendo sido escrito nos fins do século XIX, a cada leitura surpreende seu leitor de maneira apaixonante.
Abstract: This dissertation aims at presenting an interpretative analysis of female characters in Memórias póstumas de Brás Cubas, by Machado de Assis, by examining the theoretical perspectives of those characters and of the grotesque images especially focusing Virgília and Eugênia establishing a paradigm with the remaining female characters in the novel. In order to weave Machado de Assis diversity while composing these characters, we present the subsidies pertaining not only to character composition, but also to the grotesque per se. This can be found in the first chapter of this dissertation. To discuss the grotesque and the characters in literature, we used theories such as those presented by Foster, Bakhtin, Rosenfeld, Antonio Candido and Kayser, among other authors. Our assumption is that the female characters in Machado de Assis are strong-minded. Some are always in the command of the situations that they live; others, though presenting less selfexpression, also make a stand wherever they go. Virgília and Eugênia, the female characters studied here, as well as others in Machado de Assis s work and here analyzed are not the main characters in the plot, but to such extent are they strongly portrayed in the novel, that they stand out even more than Brás Cubas himself. This occurs due to their behavior, their social position and the extent of the decision they make under the conditions they are forced to face. The analysis carried out here shows that Machado is the first author to innovate in the composition of female characters, especially in terms of autonomy provision. For this reason, though written in the late nineteenth century, the novel investigated passionately surprises its reader at every new perusal.
Palavras-chave: personagem feminina;  grotesco;  comportamento;  poder de decisão;  female character;  grotesque;  behavior;  power of decision
Área(s) do CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Letras
Programa: Letras
Citação: AZEVEDO, Patrícia Aparecida de. O belo e o grotesco em personagens femininas de Memórias póstumas de Brás Cubas. 2006. 123 f. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2006.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/2286
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/13997
Data de defesa: 26-Mai-2006
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/2286/1/Patricia%20Azevedo.pdf
Aparece nas coleções:Letras - Dissertações - CCL Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.