Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/13959
Tipo do documento: Dissertação
Título: O poder da linguagem nas sociedades gracilianas
Autor: Santos, Vania Rodrigues dos
Primeiro orientador: Lajolo, Marisa Philbert
Primeiro membro da banca: Pereira, Helena Bonito Couto
Segundo membro da banca: Brait, Elisabeth
Resumo: Graciliano Ramos, em suas obras literárias, sempre realizou uma pesquisa da alma humana , nos dizeres de Antonio Cândido. Tal pesquisa é realizada através das perspectivas psicológicas e sociais com o suporte da linguagem literária. Contudo, a linguagem usada pelo escritor alagoano se diferencia: ele legitima a linguagem nordestina, mostrando ao leitor o que o povo deste lugar poderia dizer, pensar e refletir em diversas situações. Dentre a produção literária de Graciliano Ramos, procuramos abordar temas análogos nos quatro primeiros livros editados: em Caetés (1933), São Bernardo (1934), Angústia (1936) e Vidas Secas (1938), podemos encontrar o parentesco estilístico entre o autor e suas personagens; a autocrítica severa da persona literária de Graciliano; a análise do homem em seu meio; os conflitos ideológicos; e, o poder da linguagem nas sociedades gracilianas. O último tema, porém, é analisado com ênfase nas duas últimas obras por haver, em nossa leitura, uma maior abordagem e focalização do autor em relação ao arranjo da linguagem e o meio social em que o homem se insere. Assim, procuraremos auxiliar na investigação dos estudos sobre as obras gracilianas, ampliando o conhecimento da literatura nordestina no Brasil.
Abstract: Graciliano Ramos, in his literary works, always did a search into human s soul , as Antonio Cândido said. Such searching is done through psychological and social views, with the support of the literary language. However, the language used by the northern writer is distinguished: he legitimates the northern language, showing to the reader what the peoples from this place could say, think and ponder in many situations. Among Graciliano s literary works, we intend to tell about some analogous topics on the first four published books: Caetes (1933), Saint Bernard (1934), Anguish (1936) and Barren Lives (1938) are books we can find literary connection between the author and the characters; the Graciliano s severe self-criticism; the analysis about humane and their social local; the ideological conflict; and the language s power. However, the last subject is analyzed with emphasis on the two last books because, in our reading, the writer focuses the combination between the language and human beings in their social place. In this way, we are going to try helping the studies about Graciliano s literary works for extending the knowledge about northern literature in Brazil.
Palavras-chave: literatura brasileira;  literatura regional;  Graciliano Ramos;  linguagem;  brazilian literature;  northern literature;  Gracilianos Ramos;  language
Área(s) do CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS::LITERATURA BRASILEIRA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Letras
Programa: Letras
Citação: SANTOS, Vania Rodrigues dos. O poder da linguagem nas sociedades gracilianas. 2008. 98 f. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2008.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/2242
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/13959
Data de defesa: 11-Fev-2008
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/2242/1/Vania%20Rodrigues%20dos%20Santos.pdf
Aparece nas coleções:Letras - Dissertações - CCL Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.